Exposição ‘O Silêncio que Grita’ inspirada em JK chega a Bagé em fevereiro

Exposição O Silêncio que Grita #03 - cred Fundação Brasil Meu Amor (FBMA)

A Fundação Brasil Meu Amor (FBMA) e a Prefeitura Municipal de Bagé trazem à cidade a exposição “O Silêncio que Grita”, em cartaz a partir do dia 3 de fevereiro (quarta), na Casa de Cultura Pedro Wayne (R. Gen. Neto, 16 – Centro).

Cred.: Fundação Brasil Meu Amor (FBMA)

A exposição é composta de imagens, vídeos e sons que apresentam uma visão de Brasil livre, defendida pelo ex-presidente Juscelino Kubitschek e tantos outros. A atração permanece até 15 de março e pode ser visitada de segunda a sexta, das 8h às 18h. A entrada é franca.

Trechos do livro “O Silêncio Que Grita”, de Jean Obry, idealizador, fundador e presidente da FBMA, servem de fio condutor da exposição. Segundo o autor, o texto serve de amálgama à verdadeira essência do brasileiro e desperta um profundo sentimento de amor ao Brasil. Os 18 painéis da instalação reúnem povos, grandes sonhadores e líderes do passado e do presente, apagando a linha imaginária do tempo: “Uma verdadeira injeção de brasilidade, que oferece um resgate da história de nosso país”, explica Obry.

A exposição é um dos projetos da Fundação Brasil Meu Amor, juntamente com o espetáculo “JK, Um Reencontro com o Brasil” em turnê pelo Brasil desde 2017, que juntos já atraíram a atenção de mais de um milhão de pessoas, entre outras ações.

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Sobre a Fundação Brasil Meu Amor (FBMA)

Cred.: Fundação Brasil Meu Amor (FBMA)

Há quatro anos, 135 brasileiros que representam a diversidade de nossa sociedade, junto com seu Fundador, Jean Obry, criaram a Fundação Brasil Meu Amor (FBMA).

Com projetos culturais, educacionais, artísticos e de tecnologia de ponta, a Fundação colabora na construção de um Brasil unido, onde os brasileiros tenham um denominador comum que os reúna em torno de um mesmo objetivo e, assim, sejam capazes de reconhecer a grandeza de seu passado, se desenvolver no presente e conquistar um futuro próspero.

A Fundação acredita que juntos podemos recriar a realidade, fazer um novo começo, cuidar do Brasil e dos brasileiros. Como na frase de Juscelino Kubitschek: “Temos que somar e não dividir. Porque da soma de opiniões e tendências é que se forma, na conciliação das contradições, inspiradas no amor ao Brasil, o patrimônio nacional da originalidade brasileira”.

Exposição “O Silêncio que Grita” em Bagé (RS)
Local: Casa de Cultura Pedro Wayne (R. Gen. Neto, 16 – Centro)
Data: 3 de fevereiro (qua) até 15 de março (seg)
Dias e Horários: De segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
Entrada franca

Exposição O Silêncio que Grita #02 – cred Fundação Brasil Meu Amor (FBMA)

Ficha Técnica Geral

Direção Geral e Assessoria:
Jean Obry – Presidente da FBMA e Diretor Geral do Espetáculo
Glaucia Nasser – Assessoria da Presidência
Elis Nasser – Assessoria da Presidência

Direção: Artística Júlio Cesarini

Design: Rodrigo Gava

Conteúdo: Livro “O Silêncio que Grita” de Jean Obry

Direção de Produção: Amanda Leones (Versa Cultural)

Direção administrativa:
Felipe Holzhackerb – Diretoria Executiva da FBMA
Mariana Olmedo – Diretoria Financeira da FBMA
Lea Vidgal – Diretoria Jurídica da FBMA

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Fonte: Isidoro B. Guggiana

Sobre Deco Rodrigues 6588 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*