Prédios públicos são humanizados através da arte em Arroio Grande

Arquivo Prefeitura de Arroio Grande

A Prefeitura de Arroio Grande, por intermédio da Secretaria Municipal de Cultura deu início nesta semana a uma série de exposições a céu aberto que percorrerão os bairros da cidade.

“Acreditamos na arte como forma de humanização dos espaços públicos, sendo função da elite cultural da sociedade, propiciar meios de viabilizar essa oportunidade. A convivência com arte para aqueles que dela têm pouca notícia capacita e desenvolve pessoalmente, principalmente se estiver localizada nas periferias da cidade”, ressalta a Secretária de Cultura Anelize Carriconde.

Arquivo Prefeitura de Arroio Grande

Atualmente a Pinacoteca Municipal Paulo Peres possui um acervo de mais de 30 obras – majoritariamente de artistas locais – adquiridas através de salões de artes plásticas, editais de aquisição de bens culturais e doações.

O projeto consiste em replicar algumas dessas obras em forma de painéis (em compensado marítimo revestido com lona) e afixar em paredes de prédios públicos.

O primeiro lugar a receber a exposição foi a Escola Maria da Silva Soares (Escola Rotary), localizada no bairro São José, para a qual teve a imediata aceitação do Diretor Carlos Alberto Pereira da Silva.

Na manhã desta quarta-feira, a Secretária esteve no local juntamente com o Diretor Paulista, o representante do Rotary Clube Hilário Sória, as representantes dos artistas autores das obras Judite Aspir e Caroline Coelho, ex-vereador e também artista Sidney Bretanha e a ex-secretária de Cultura Madelaine Mendes, para tornar oficialmente aberta a exposição.

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Sobre Deco Rodrigues 6588 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*