“Mestres da Música Clássica” edição Ernesto Frederico Scheffel em Novo Hamburgo

Falecido em julho, o artista plástico e músico completaria 88 anos no dia oito de outubro, data da apresentação.

Com uma obra considerada patrimônio cultural do Rio Grande do Sul, Ernesto Frederico Scheffel será homenageado pelo projeto “Mestres da Música Clássica”. O concerto acontece no casarão da Fundação Scheffel (Rua General Daltro Filho, 911), dia 08 de outubro (quinta), às 20h30. A iniciativa partiu de uma parceria entre a produção do projeto e a Secretaria de Cultura de Novo Hamburgo, com apoio da Fundação. A ideia surgiu pelo legado artístico de Scheffel e por sua admiração pela música de câmara, tendo obras gravadas pela OSPA. Aproveitando a circulação do Mestres da Música Clássica pelo Estado, surgiu essa oportunidade de adequar as datas para homenageá-lo.

Foto: André Serrano

O projeto já passou por São Leopoldo, Canoas, Caxias do Sul, Dois Irmãos, Montenegro e terá concertos em Gramado (5/12) e Porto Alegre (data a confirmar). O objetivo é divulgar e celebrar a obra de importantes autores do gênero, através de concertos gratuitos, proporcionando o acesso do público à música erudita. “Encontro com Rossini” é a primeira edição da série de concertos e apresenta a obra “Pequena Missa Solene”, de Gioachino Rossini (1792-1868). Essa é a última criação do autor, também considerada uma de suas obras primas. O compositor italiano escreveu 40 óperas entre 1810 e 1829, mas, em 1863, surgiu com sua obra prima, a Pequena Missa Solene, escrita sob encomenda para a consagração da capela privada da Condessa Louise Pillet-Will. Uma composição refinada e exótica que une piano e harmônio às vozes.

Para a execução da obra foram reunidos importantes nomes da cena erudita local, sob a regência e direção artística de João Paulo Sefrin. Participam os solistas Angela Diel (mezzo-soprano), Rosemari Oliveira (soprano), Maicon Cassânego (tenor) e Daniel Germano (baixo-barítono). O espetáculo conta também com o coral Madrigal Presto, Cristina Caparelli ao piano, e Alexandre Fritzen no harmônio.

O projeto ganhou circulação no Estado através do edital do Correios e tem apoio dos órgãos Bohn. Todos os concertos tem entrada franca e são abertos ao público.

Sobre os artistas que integram a série de concertos:

Angela Diel – mezzo-soprano
Atua como solista em óperas, oratórios, missas e cantatas com a Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Centro Musical da PUC/RS, Orquestra SESI/Fundarte, Orquestra da ULBRA, Orquestra do Theatro São Pedro, Orquestra UNISINOS e Orquestra Sinfônica da UCS. Anualmente apresenta-se na Bélgica, além de convites para outras apresentações no exterior.

Rosemari Oliveira – soprano
Premiada com o Açorianos de Música, em 2009, Rosemarie vem se destacando em concertos na capital e interior do estado do Rio Grande do Sul como solista convidada de orquestras como a OSPA, SESI/Fundarte, UNISINOS, Orquestra Sinfônica de Santa Maria e Orquestra do Theatro São Pedro. É bacharel em Canto pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), com mestrado em canto lírico realizado na Itália.

Maicon Cassânego – tenor
Natural de Caxias do Sul iniciou seus estudos de música aos 17 anos e integrou o Coro de Câmara Cant’arte, sob a regência da Maestrina Anita Campagnolo, por longo tempo. Bacharel em canto pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o cantor participou de masterclasses com Carla Maffioletti (Brasil), Carlo Colombara (Itália), William Dwight Colema (EUA) e Ana Maria Gonzalez (Espanha). Atuou como solista na Abertura do Natal Luz de Gramado de 2012 com a Orquestra Sinfônica de Gramado e também com a Orquestra de Sopros de Caxias do Sul.

Daniel Germano – baixo-barítono
Ao longo de sua carreira tem atuado em óperas, inclusive como solista, e sob a regência de renomados maestros do Brasil e do exterior, a exemplo de Isaac Karabtchevsky, Roberto Duarte, Amos Talmon, Giuseppe Marotta, Manfredo Schmiedt, Lutero Rodrigues, Evandro Matté, Sérgio Sisto, Ernani Aguiar, Túlio Belardi, Vilson Oliveira, Antônio Carlos Borges Cunha, Tiago Flores, Marcelo de Jesus e Frederico Gerling Jr. Atualmente atua nos espetáculos Nativitaten e Fantástica Fábrica de Natal (Papai Noel), duas das principais atrações do Natal Luz de Gramado.

Cristina Caparelli – piano
Pós doutorada em música pela University of Lowa, professora da Universidade Federal do RS (UFRGS), Caparelli apresenta-se regularmente com orquestras, grupos de câmara e em recitais de piano solo. Entre os discos gravados constam “E a vida continua…”; “Música Latino-americana para piano” e “The Brazilian Cello”, este último para o selo Meridian, da Inglaterra, com a violoncelista Tania Lisboa, e cujo lançamento oficial ocorreu em recital na Wigmore Hall em Londres. Recebeu o Prêmio Açorianos de melhor instrumentista pelo balé-concerto Mahavidyas, de Vagner Cunha, e melhor gravação de música erudita pelo álbum “E a vida continua…”.

Alexandre Fritzen – órgão
Mestre e doutorando em música pelo UFRGS, é professor, pianista, organista, arranjador e compositor. É pianista e arranjador do grupo Camerata Brasileira e pianista co-repetidor, ensaiador de naipe, instrumentista (teclado, piano, contrabaixo, percussão e escaleta) e coordenador do grupo instrumental das Meninas Cantoras de Nova Petrópolis. Atuou artisticamente também com Ensemblefantes; Renascentes; Mandrialis e Orquestra de Sopros de Nova Petrópolis.

Madrigal Presto – coro
Criado em outubro de 2008 para um concerto do Projeto MusiCâmara, que homenageou Martinho Lutero, o Madrigal veio com o objetivo de difundir a música erudita, buscando a excelência artístico-musical na interpretação de obras de destacado valor no repertório coral, escritas especificamente para essa formação. Desde então, tem se apresentado em eventos culturais, festivais de coros e junto a Camerata Presto e a Orquestra de Câmara FUNDARTE. A direção musical é de João Paulo Sefrin e a preparação vocal de Lúcia Passos.

Lucia Passos – preparadora vocal
Cantora e professora de técnica vocal com 26 anos de atuação na UNISINOS, Lúcia ministrou cursos para FUNARTE em todo o Brasil orientando regentes, cantores e professores da área. Realizou recitais em vários estados do Brasil e também na Áustria e Alemanha, apresentando repertório internacional e de compositores brasileiros. Atuou como solista da Orquestra Sinfônica Brasileira, Orquestra Sinfônica de Minas Gerais, Orquestra de Câmara da OSPA, Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro e Orquestra SESI/ Fundarte. Atualmente é diretora artística do projeto Musicâmara e do Madrigal Presto.

Paulo Sefrin – regente
Com larga experiência, Sefrin é regente e diretor musical do grupo Vocal Mandrialis desde 1995. Regeu a Orquestra Jovem da UFRGS, o Coral da Assembleia Legislativa do Estado do RS, o Coral Unisinos e a Orquestra Unisinos, além do Coral SESC-POA. No âmbito da música popular realizou concertos com artistas como Nei Lisboa, Guinga, Kleiton e Kledir, Alegre Correa, Hique Gomes, entre outros. Bacharel em música, com habilitação em regência, é formado pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Atualmente é diretor musical e regente do Madrigal Presto.

Programação completa:
Novo Hamburgo – dia 08 de outubro (quinta), às 20h30
Fundação Scheffel (Rua General Daltro Filho, 911)

Gramado – dia 5 de dezembro (sábado), às 21h
Igreja Matriz (Av. Borges de Medeiros, 2659 – Centro)

Porto Alegre – data a confirmar

SERVIÇO:
Mestres da Música Clássica
De 24 de julho a 05 de dezembro – circulação pelo Rio Grande do Sul
Entrada Franca

Fonte: Bebê Baumgarten / Ana Karla Severo/ BD Divulgação