Exposição de Cartas na Baronesa termina no final do mês

Foto: Rafa Marin

Encerra-se no dia 31 de agosto, o período para que a comunidade pelotense possa apreciar a mostra denominada “Quando te escrevo me parece estar conversando contigo” – Cartas e Memórias no Museu da Baronesa. O tema da mostra envolve o acervo de cartas que a baronesa Amélia trocou com a filha, Dona Sinhá, entre os anos de 1889 e 1918, e outras cartas da Família Antunes Maciel, num estudo sobre a cultura escrita e a escrita epistolar.

O Museu da Baronesa possui, em seu acervo, 304 conjuntos de cartas que ficaram na casa quando a família mudou-se do local e que foram enviadas dos mais diversos locais, como é o caso do Rio de Janeiro, Londres, Pelotas, Paris, Milão e Curitiba, entre os anos de 1885 a 1928.

Rica fonte de pesquisas, as cartas trocadas entre a baronesa e sua família, em especial com a filha, Dona Sinhá, retratam hábitos da época, formas de ver a vida e o cotidiano da família. Além das cartas, os visitantes podem apreciar ainda objetos de apoio à escrita, como é o caso de antigos carimbos, máquinas de escrever, bicos de pena e outros.

O Museu da Baronesa obedece ao seguinte horário de atendimento ao público: de terça a sexta-feira, das 13h às 18h e sábados e domingos, das 14h às 18h. Os ingressos que dão acesso ao acervo da instituição museológica custam R$ 2,00 por pessoa – crianças até 12 anos não pagam; estudantes e pessoas acima de 60 anos, com documento, pagam meia-entrada. Grupos compostos por mais de 10 pessoas precisam agendar previamente o atendimento por meio do telefone 53 3228-4606.

Fonte: pelotas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *