O Dia Mundial do Teatro foi Fera em Pelotas

O Dia Mundial do Teatro foi comemorado com as crianças na Bibliotheca Pública Pelotense. A companhia Você Sabe Quem, contou para um público animado de alunos da escola Castro Alves a história, A Fera Solitária.

Com olhar de curiosidade, interagindo com a encenação e gargalhando do desembaraço dos atores, as crianças aproveitaram a magia do teatro na tarde do dia 27 de março.

A peça é baseada num livro selecionado no acervo infantil da biblioteca, escrito pelo autor inglês Chris Judge. Em que uma fera determinada em superar a solidão, se aventura em uma busca arriscada e perigosa para encontrar outras feras iguais a ela. “A peça apresenta o personagem de maneira natural, apesar do seu estado de monstro. Diferente, mas com os sentimentos iguais a todos”, disse a atriz Evelin Suchard, que interpretou em conjunto com o ator Caio Porciuncula.

Atores Evelin Suchard e Caio Porciuncula encenando a peça A Fera Solitária. Imagem: Lucian Brum

Você Sabe Quem Cia de Teatro é o grupo de arte cênica mais atuante da cidade. Organiza conotação de histórias, espetáculos em escolas, peças com bilheteria e cursos de linguagens teatrais. Além de participarem de festivais em diversas cidades do estado. Sobre o dia mundial do teatro a atriz afirma que, “O grupo sempre tenta fazer alguma coisa nessa data para não deixar passar em branco, e mostrar que em Pelotas se está fazendo teatro”.

Boas novas sobre o  Sete
Na quinta-feira, 28 de março, na edição do Diário Oficial da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), foi publicado o edital de licitação para as obras que darão continuidade à restauração do Theatro Sete de Abril.

A empresa vencedora ficará responsável por recuperar toda a estrutura do prédio, etapa orçada em R$ 7,8 milhões, recurso do Ministério da Cidadania, por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas.

Está também programada uma nova licitação, destinada à compra de mobiliário e equipamentos: poltronas, cortinas, iluminação, climatização, sistema de som, cujo valor aproxima-se da casa dos R$ 7,2 milhões. Os dois estágios, juntos, demandam investimento de R$ 15 milhões e têm um prazo de execução previsto de 18 meses, após o processo licitatório.

Por Lucian Brum
Originalmente publicado no Em Pauta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *