Precisamos falar de She’s Gotta Have It – Ela Quer Tudo

0
354

Mantenedores

Na minha timeline estava cheia de mulheres falando da ansiedade por essa série, já que era uma mulher negra como protagonista de uma série sobre poliamor. Difícil mesmo não ficar no mínimo entusiasmada. Mas confesso que estou muito frustrada com essa série.

A sinopse na NetFlix:
Nesta série baseada no primeiro sucesso de Spike Lee, Nola Darling corre atrás de seus sonhos enquanto faz verdadeiros malabarismos para conciliar seus três amantes.

Fonte: NetFlix
Fonte: NetFlix

A minha sinopse sincera:
Nola Darling é uma mulher egoísta que não tem nenhuma responsabilidade afetiva com suas parcerias sexuais/amorosas e amizades e usa a liberdade sexual feminina como álibi para sustentar suas atitudes escrotas.

A primeira coisa que temos que deixar claro aqui: É uma série de autoria de um HOMEM MONOGÂMICO. Isso é muito importante e faz toda a diferença.

E que comecem os Spoilers:
Nola tem relações sexuais quase nada afetivas com 3 homens. No meio da série aparece uma mulher, mas o foco da série são esses 3 homens.
Esses 3 tem tantas problemáticas que cabe aqui falar de cada um.

Mars Blackmon
Ex namorado de uma das melhores e mais antigas amiga dela. A amiga saiu bem machucada dessa relação porque o cara foi escroto com ela. E mesmo assim Nola cagou tanto para os sentimentos da amiga quanto pro fato dele ser um escroto.
É aquela coisa né migs, o fato do cara não ser escroto com você e sim com outras não significa que você é especial, mas que você será a próxima.

Jamie Overstreet
Um homem CASADO MONOGAMICANTE.Eu preciso repetir isso: Ele é um homem casado monogamicamente.
Sabe aquele esquerdomacho poeta? Então, é o Jamie Overstreet.
O cara faz poemas de amor e fala sobre alma gêmea.

Em um episódio a esposa dele pergunta se Nola era mais uma alma gêmea, se ele também fazia poemas para ela. Ou sejE, ele fazia isso com todas.
A série não problematiza isso, e sim romantiza a situação.

Semana passada ocorreu um debate em grupos poliamoristas no facebook sobre mulheres que saem com homens casados monogamicamente. A pergunta era: Um cara casado te chama para sair e você aceita, quem esta errado, quem aceita ou quem convidou?
O que choveu de relativações e mulheres responsabilizando APENAS o cara casado, não está no gibi. Eu fiquei muito chocada.

E um comentário fez meu coraçãozinho voltar a ter esperança:

“Eu sinceramente acredito que exatamente por ser não mono assumida, é necessário recusar uma proposta dessas. Não digo que seja fácil (no caso de vc gostar da pessoa), mas há uma militância a zelar. E para que a sociedade entenda que poli não é bagunça, é mais do que necessário haver esse senso de responsabilidade afetiva com o terceiro na prática, mesmo que este (ou esta) seja mono.” Cecilia R. Nóbrega
Acredito que esse comentário fala por si e toda a problemática sobre o tema.
Obrigada de novo Cecilia por esse comentário maravilhoso.

Greer Childs
Olha, esse cara… Eu sinceramente odeio esse personagem. Sério.
O cara é narcisista assumido.
Em um episódio que conta como eles se conheceram, ele fala que o que fez ele se interessar por Nola foi o fato dela não ter demonstrado interesse por ele.

Ai mano, na moral, eu não tenho mais paciência pra esse tipo de omi não, mandando a real aqui. Esse tipo de cara me cansa muitíssimo.

Confira o texto completo em: medium.com/pigmeialice, publicado originalmente em 30 de novembro de 2017.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA