Exotique no Teatro Sete de Abril

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Todos nós procuramos uma singularidade, por vezes tênue, às vezes quase louca, desorientada, por vezes chique, às vezes “over”!

Sejamos extravagantes, esquisitos… por que não?
Para muitos são estranhos, com atitudes excêntricas, mas totalmente verdadeiros!
Na busca dessa diferença nos sentimos criativos e encontramos dentro de nós uma
liberdade de expressão, de forma e jeito únicos… ímpares…
Nosso corpo fala palavras mudas e nossos olhos vislumbram cores e formas que detalham uma época, ou várias juntas.
Não encontramos isso em livros, somente na experiência.
O tempo… o tempo…marcando e direcionando várias histórias…tantas vidas.
Estamos em meio a muitas pessoas e nos sentimos um verdadeiro “estrangeiro”, um saltimbanco em novos costumes!
Cada um de nós leva consigo uma mala imaginária e nela carregamos nossos sonhos e desejos, tudo para buscar novas sensações e para atingí-las é preciso ter coragem!
Ousar… definir…aproveitar…responsabilizar-se… entregar-se!
A nave da felicidade esta acionada para todos nós decolarmos, viajarmos juntos em uma grande descoberta, aproveitando para olhar profundamente o mundo à nossa volta, detalhe por detalhe, e captar em nossa mente tudo aquilo que nos faz rir, ou chorar, mas nunca agirmos com indiferença ao nosso redor. Precisamos ter visão de que somos todos iguais e que, antes de tudo, temos que nos sentir extremamente vivos!
Exótico! Exotique!
Do latim, exoticu e do grego, exotikós.
Para nós, nada mais que um “estrangeiro das épocas”!

Esta é a leitura que o diretor geral do Grupo Tholl e criador dos espetáculos do Grupo, João Bachilli, faz de Exotique, espetáculo estreado em junho de 2008 como um pocket show (show de bolso), mas que tomou tamanha proporção que teve novas cenas inseridas, chegando agora a 70 minutos de duração.
Exotique é um espetáculo vibrante, marcante, onde o corpo trabalha a volúpia dos gestos. As surpresas para o público são muitas, do começo ao fim do espetáculo, enaltecendo a sensualidade da pantomima do clown.
São 14 artistas em cena, mostrando um figurino requintado, inspirado em países variados, peças deslumbrantes que ganham um toque mágico na atuação de cada um dos artistas. O repertório foi cuidadosamente escolhido e as coreografias possuem um estilo próprio caracterizado por métodos de dança diferenciados, que traz suavidade e delicadeza em passos bem alinhados demonstrando harmonia e presença de palco.

Local: Teatro Sete de Abril
Ingresso
: R$ 20,00 e 1 brinquedo novo
Período: 23/12/2009
Horário: 21 horas

Fonte: www.teatrosetedeabril.com.br

Secult lança novo Concurso Literário

280920091360
Foto: Norma Alves

Pelo terceiro ano consecutivo, a Secult, por intermédio de sua Diretoria de Livro e Leitura, promove Concurso Literário com foco na Praia do Laranjal. A exemplo dos Concursos anteriores “Laranjal, Praia dos Meus Sonhos” (2007) e “Histórias do Meu Laranjal” (2008), o novo certame é parte integrante da Programação de Verão da Prefeitura. Nesta 3ª edição, segundo o diretor de Livro e Leitura, Felipe Gertum, todas as obras deverão estar focadas e ter como o tema o “Trapiche”. “Precisamos resgatar a história desse belo cartão postal que a Praia do Laranjal nos oferece. Grande parte das pessoas que moram no centro e inclusive, as que moram no próprio Laranjal, desconhecem a história deste patrimônio, que data da década de 60”, salienta ele.

O diretor cita como exemplo, o fato de a maioria das pessoas desconhecer o nome do local, que é “Trapiche José Marcos Leite Magalhães”. Resgatar parte desta história é um dos objetivos do novo Certame Literário, denominado “Sobre as Ondas”.

Gertum informa, ainda, que neste momento estão sendo ultimados os dados que compõe o regulamento do novo concurso literário, que deverá abrir as inscrições no início de janeiro.

Fonte: pelotas.com.br

Foto: Norma Alves
Sobre a Foto*: Norma Alves fotografou no celular o trapiche do balneário Valverde, depois de sua interdição por motivos de segurança, dia 26 de agosto (veja a notícia no Diário Popular).
A imagem foi alterada em cor e luminosidade para remarcar (e confundir) o sentido da passagem do tempo. Em exposição na sala Antônio Caringi até 13 de novembro 2009.
*Texto publicad

Moviola Filmes será exibido no Curtas Gaúchos 2010

O curta-metragem Futebol Sociedade Anônima, da produtora Moviola Filmes (realizado em 2009 em co-produção com a Plug Produtora) encerra o ano com a confirmação de uma grande conquista para o cinema da cidade: o filme foi selecionado pela comissão do Núcleo de Especiais da RBS TV e será exibido no programa Curtas Gaúchos da emissora em fevereiro de 2010, em data ainda não definida.

fut4

Saiba mais sobre esta e outras produções no blog da Moviola.

Envolvendo mais de 40 pessoas, entre atores e equipe técnica, o filme já teve dez exibições para mais de mil espectadores, conforme informações da Moviola Filmes. Escrito por Rafael Andreazza e dirigido por ele e Cíntia Langie, foi gravado em duas etapas. A primeira no campo de futebol da antiga Estação Ferroviária do bairro Simões Lopes e a segunda em diversos locais da cidade. Tendo o futebol como fio condutor, o curta brinca com alguns temas próprios das relações humanas, como desejos e frustrações.

Fonte: pelotasmais.com.br

Cores no Corredor prenunciam o Natal

rostosAproximando-se o Natal, o Corredor Arte reuniu quadros de duas pintoras, Zulma e Alessandra Moura. Elas são mãe e filha, começaram a pintar juntas há quatro anos no ateliê Dekorart, e até hoje estudam ali.

Entre as ideias que aparecem das colegas de pintura no ateliê, elas aprenderam que as cores têm um efeito psicológico e fisiológico sobre as pessoas.

As cores influem sobre as emoções, seja estimulando ou acalmando. Essa noção se nota bem nestas 30 obras, várias das quais foram sendo compradas, já no momento da montagem, por funcionários e pacientes. Além das instigantes formas e cores, a fórmula parece ter sido fixar um preço acessível (abaixo de R$ 50).

Zulma prefere imagens semifigurativas, como os “Rostos” e um “Nu” curiosamente assexuado.

Alessandra trabalha mais com abstrações puras, como num “Abstrato” e numa alusão ao planeta Terra, necessitado de nossos cuidados.

“Esperamos que as pessoas que transitam pelo corredor tenham um pouco de alegria, pelo menos para os olhos, e se sintam em um ambiente agradável, que transmita alguma coisa boa”, explica Alessandra.

O Corredor Arte proporciona ao hospital um ambiente acolhedor e ao mesmo tempo em constante renovação e de grande diversidade de obras e artistas. As amostras estiveram mudando a cada quinze dias, desde o início do projeto no ano 2000, mas desde agora elas ficarão 3 semanas em exposição. Em fevereiro costuma haver uma pausa, quando são inscritas as 22 mostras do ano (desde 2010, serão em torno de 18).A presente série se encontra até hoje (16) no corredor principal do Hospital Escola, Rua Professor Araújo quase esquina General Neto.

Fonte: pelotascultural.blogspot.com

Diário Popular, Amigos de Pelotas e agora Pelotas Mais

jornalAté pouco tempo atrás, um ano e meio para ser exato, a única opção para quem procurava noticias de pelotas na internet era o antigo site do Diário Popular, que reproduzia as matérias mais importantes do impresso também na sua versão virtual.

Em abril de 2008, sob o comando do Jornalista Rubens Amador, nasceu o amigosdepelotas.com, blog que rapidamente se tornou febre entre os internautas e hoje é reconhecido pela população como um jornal virtual, lido diariamente por um número expressivo de visitantes.

Nesta última segunda-feira, 14 de dezembro, um novo site começou suas atividades na internet, para os mais antenados o pelotasmais.com.br não é novidade – o site do grupo RBS foi destacado na capa e com direito a uma página inteira na Zero Hora desta terça-feira passada; também foi matéria no Jornal do Almoço e comentado em diversos sites e blogs. Saiba mais nos links:

> Grupo RBS lança site para Pelotas
> Pelotas Mais, bem perto de você

> Diretoria da RBS visita Fetter e lança site focado em Pelotas

> Site hiperlocal está no ar com conteúdo colaborativo

> Brod prestigia lançamento do site Pelotas Mais

> Mais Bianca, mais Pelotas

> “Jornalismo cidadão” é uma boa?

Nossa cidade só tem a ganhar com está saudável concorrência na busca de informar nossos moradores. Abaixo minha sugestão de sites indispensáveis na lista de um pelotense atualizado.

www.diariopopular.com.br
www.amigosdepelotas.com
www.pelotasmais.com.br
www.ecult.com.br

Sucesso à todos que dedicam seu tempo para informar a população, em especial aqueles que procuram destacar as notícias culturais, como o Sr. Pablo Rodrigues (Diário Popular), Sr. Carlos Cogoy (Diário da Manhã), Sr. Rubens Filho (AmigosdePelotas), Bianca Zanella e Nauro Júnior (PelotasMais), Lú Albuqueruqe (3Milenio), Francisco Antônio Vidal (PelotasCultural), e a tantos outros que, à sua maneira, contribuem para a divulgação cultural de nossa cidade.

Deco Rodrigues
Equipe e-Cult

Tholl – Imagem e Sonho

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O Grupo Tholl vai presentear os pelotenses às vésperas do Natal, com duas montagens: o consagrado Tholl, Imagem e Sonho, dia 22, e Exotique, dia 23, ambos às 21h, no Theatro Sete de Abril, com apoio cultural da Universidade Católica de Pelotas. Estará presente o Papai Noel e sua caravana de NaTholl, para o sorteio de brindes após cada espetáculo.

Tholl é uma mistura de cor, emoção, acrobacia e fantasia. No espetáculo, com 75 minutos de duração, são utilizadas técnicas circenses como: tecido e arco aéreos, trapézio simples e triplo, equilibrismo, pernas de pau, contorcionismo, malabarismo, acrobacias de solo e arremesso, trampolim, corda acrobática, pirofagia, teatro e dança.

O espetáculo completou sete anos em cartaz dia 15 de novembro e está chegando à marca de um milhão de espectadores, ultrapassando 535 apresentações. Esteve em mais de uma centena de cidades situadas em nove estados brasileiros e no distrito federal. O elenco, formado agora por 22 artistas, usa perucas estilizadas e figurinos elizabetanos e venezianos de luxo, com toques de modernidade.

Exotique estreou em junho de 2008 como um pocket show (show de bolso), mas tomou tamanha proporção que teve novas cenas inseridas. É um espetáculo onde o corpo trabalha a volúpia dos gestos. As surpresas para o público são muitas, do começo ao fim do espetáculo, enaltecendo a sensualidade da pantomima do clown.

São 14 artistas em cena, mostrando um figurino requintado, inspirado em países variados, peças deslumbrantes que ganham um toque mágico na atuação de cada um dos artistas. O repertório foi cuidadosamente escolhido e as coreografias possuem um estilo próprio caracterizado por métodos de dança diferenciados, que traz suavidade e delicadeza em passos bem alinhados demonstrando harmonia e presença de palco.

Exotique alcançou sucesso nacionalmente em sua recente apresentação em Brasília (para mais de 15 mil pessoas), no mês de novembro, quando foi responsável pela abertura do Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica, oportunidade em que o presidente Lula disse ter ficado “encantado” com a trupe, fazendo questão de cumprimentar os artistas nos camarins.

Os ingressos estarão à venda a partir de terça-feira (15), na Central da Costura (Gal. Osório, 704), ao valor de R$ 20,00 mais um brinquedo novo (para posterior doação). Titulares da carteira UCPel, estudantes credenciados e maiores de 60 anos ganham 50% de desconto.

Local: Teatro Sete de Abril
Ingresso:
R$ 20,00 e 1 brinquedo novo
Período: 22/12/2009
Horário: 21 horas

Fonte: www.teatrosetedeabril.com.br

Pelotas: Praça atrai Centenas de Pessoas

2009-12-14praca_raNos últimos anos, a cena já é rotineira. Todas as noites, centenas de pessoas, na maioria das vezes famílias inteiras, deslocam-se para o interior da Praça Cel. Pedro Osório, que totalmente iluminada, proporciona um espaço de lazer diferenciado à comunidade. Além da beleza do ambiente e dos shows que acontecem diariamente, um dos pontos altos do local é a segurança, garantida pelo intenso e efetivo trabalho da Guarda Municipal.

Nesta época do ano, é comum encontrar pessoas fotografando a bela decoração natalina, crianças brincando pelas alamedas, sem esquecer, é claro, o ponto de encontro para o chimarrão com os amigos. Graças ao projeto do Sindilojas e Sesc, que conta com a parceria da Prefeitura Municipal, via Secult. a Praça se torna, efetivamente da comunidade, que aproveita o espaço, a beleza e o colorido do local para encontrar-se com o clima natalino. Desde os primeiros dias de dezembro, quando a decoração da Praça e de seu entorno foi inaugurada, por intermédio da Chegada do Papai Noel, o local passou a ser o ponto de encontro da comunidade, e um dos endereços do “Bom Velhinho”, que recebe crianças de todas as idades, a partir das 20h, na Casinha do Lago e durante a tarde, pode ser visto na Casa do Papai Noel, que funciona em pleno Calçadão. No ano passado, Pelotas foi escolhida por votação popular como a cidade que apresentou a mais bela decoração de natal, num concurso interativo promovido em nível estadual, pelo Grupo RBS.

Durante este mês, acontecem shows artísticos todas as noites, com espetáculos para todos os públicos. Já passaram pelo palco da Praça, as bandas D. Sinhá, Grupo Feito em casa, Auildo Munhoz, Natal Gaúcho em Família com Os Fagundes e outras atrações. Até o próximo dia 22, diversos talentos locais e regionais dividirão o palco montado no centro da praça.

Fonte: pelotas.com.br
Fotógrafo: Rafael Amaral

Yellow Submarino por Paula Battipaglia

imagem-conviteDia 17 deste mês, das 20h30min às 22h30min, no Espaço Arte do João Gilberto bar & Champanharia estará acontecendo a abertura da exposição individual – “YELLOW SUBMARINO” de Paula da Costa Battipaglia.

Paula da Costa Battipaglia é natural de Pelotas. Professora, formanda em Pedagogia e estudante de Psicopedagogia.

Desde pequenina, Paula tem habilidades artísticas. Já aos 5 anos de idade, sentada ao lado de sua avó, a artista Zilah Costa, ela desenhava bonequinhas, o que causava elogios, pois, suas carinhas já possuíam expressões de alegria e tristeza.

Seus primeiros passos nas artes foram dados sob orientação de sua avó. Após fez cursos de: Desenho com o Professor Julio dos Anjos na Escola de Desenho J.A., Desenhando com o Lado Direito de Cérebro, com a artista Alice Parode e Técnicas de Pintura com Maria Zilá Battipaglia, sua mãe.

paula-pintandoPaula já participou de algumas exposições  coletivas, sendo esta sua primeira individual.

Paula fala sobre esta exposição – Yellow Submarino: “Recebi de Protásio Junior, encomenda de uma tela para o estúdio Submarino Amarelo. Surgiu ai a idéia de montar  esta exposição com obras inspiradas em cenas do filme Yellow Submarino.”

SERVIÇO:

* YELLOW SUBMARINO*  – Exposição individual de Paula Battipaglia.

* João Gilberto bar & Champanharia – Rua Gonçalves Chaves, 430

* Abertura: 17/12 das 20h30min às 22h30min

* Visitação: de 18/12 a 13/01/2010 – de terça a sábado a partir das 15h.

Fonte: Lilia Costa
Jornal Folha das Artes / “Zilah Costa”/ MAPP
Fones: (53) 3225 2926 / 9116 6460
Pelotas/RS

Encantos do Brasil e Villa Amazônica

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Escola 1º Ato Tavane Viana -Núcleo de Ginástica e Dança, mais uma vez traz ao palco do Theatro Sete de Abril um espetáculo em dose dupla.

Na 1ª parte , ENCANTOS DO BRASIL , percorre as regiões do nosso país, dançando as belezas do nosso folclore mesclado com as formas e os estilos de dança que embalados pelas melodias e ritmos brasileiros alicerçados por músicas contemporâneas,fazem do espetáculo uma ode ao Brasil de hoje.

“Em cada canto que eu me encontro, eu canto: Brasil dos meus encantos, dos seus cantos e do meu pranto; do céu, do mar e da terra que em preces de amor eu te acalanto.”

A 2ª parte. VILLA AMAZÔNIA , apresentada pela Cia. de Dança Tavane Viana, pretende revelar em movimento e música, ritmo e expressão, uma composição coreográfica simples, mas sedimentada nas técnicas corporais de dança moderna, contemporânea, jazz e hip hop.

Em uma homenagem aos 50 anos da morte de Heitor Villa Lobos, a trilha sonora baseia-se em obras consagradas do compositor mescladas com músicas contemporâneas dando um toque moderno e sofisticado ao tema VILLA AMAZÔNIA.

A Amazônia tem sido decantada em diversos momentos da vida cotidiana do nosso país, desde a preservação ambiental até as controvérsias políticas sobre o seu patrimônio territorial.

VILLA AMAZÔNIA, através da dança e da expressão corporal, enfatiza uma realidade simbólica da fauna e da flora que esta floresta abriga, embelezando as formas de vida que nela habitam e que pelas mãos dos homens elas podem se tornar eternas , fortalecidas e preservadas, já que foram concebidas pelo toque indelével das mãos de Deus.

O Espetáculo realizar-se-á no dia 13 de dezembro de 2009 (domingo), às 21 horas , noTheatro Sete de Abril , com a presença de 80 bailarinos, entre 03 e 26 anos.

Ingresso: R$ 13,00
Período: 13/12/2009
Horário: 18h 30min
Fonte: www.teatrosetedeabril.com.br

XI Piano Class in Concert

O Grupo Piano Class convida para o XI Piano Class in Concert. Obras para piano e para violão interpretadas por nossos professores e alunos.
cartaz-xi-in-concert
Dia: 18/dez/2009 às 20h
Local: Fábrica Cultural (Rua Félix da Cunha, 952) Entrada franca.

Intérpretes:
ao piano Angela Maestrini, Carolina Piovesan, Fábio Toscani, Glauco Poetsch Martins, Letícia Cunha, Marco Maestrini, Renan Avila, Valentina Cairolli, Victor Gastaud e Wania Brauner com a participação dos professores Fernanda Castilho e Júlio Machado ao violão Fausto Gomes, Ítalo Silva e Rogério Rodrigues com a participação do professor Maurício Mendonça.

Obras dos compositores: Dennis Alexander, J.S.Bach, S. Prokofiev, Moriah Morgan, F. Mignone, Leo Brower, A. Katchaturian, F. Gomes, Baden Pawell, Dilermando Reis, E. Satie, Fernando Sor, H. Villa-Lobos, L. van Beethoven, F. Chopin, A. Piazzolla, Maximo Pujol e F. Poulenc.

Conheça: www.pianoclass.com

xi-pc-in-concert-adultosxi-pc-in-concert-diversos