Simpósio sobre Gênero, Arte e Memória.

gam

O II Simpósio Internacional sobre Gênero, Arte e Memória: todos os dons de Pandora – realizado pelo IAD-UFPel – objetiva propiciar a discussão sobre a produção artístico-cultural vinculada às questões de gênero.

Com enfoque inter e transdisciplinar, o encontro volta-se a pesquisadores, estudantes e profissionais das áreas de Arte, Música, História, Filosofia, Educação, Comunicação, Literatura, bem como demais campos que abordem as reflexões sobre Gênero, Arte e Memória, nas suas diversas relações que tratem de representações e categorias emergentes na contemporaneidade.

O quê: II Simpósio Internacional sobre Gênero, Arte e Memória: Todos os dons de Pandora.
Quando: Do dia 02 ao dia 04 de dezembro
Onde:
Antigo Fórum (Rua 7 de Setembro)
Informações:
(53) 3284-5512

Fonte: Universidade Federal de Pelotas

“Noite Branca”, em Pelotas.

”  Tudo acontece na Noite Branca – culturalmente acontece de tudo na noite de Pelotas”

Um evento de proporções que extrapolam a cidade e dialogam com a arte do estado, do país e do mundo, noite a dentro! A partir das 18 horas até bem depois da meia noite – Uma noite de cultura, arte, música e literatura em Pelotas.

Confiram a Programação da Noite Branca!

Todas as mostras ocorrem de 05 a 27 de dezembro.

Fotografia de Gilberto Perin
Fotografia de Gilberto Perin

18h – Abertura da mostra Conexões Infinitas – Fotografias de Gilberto Perin.

A notável exposição do fotógrafo e cineasta que gerou a maior visitação de uma mostra de fotografias em Porto Alegre em 2009. Exposição que gerou convite para o fotógrafo participar de importante mostra em Paris, em novembro de 2009, durante o mês da fotografia na capital francesa.

Onde: Mezzanino do Hotel Jacques Georges Tower (Rua Almirante Barroso, 2069)

19hAbertura das mostras:

Apenas Pintura – Pinturas de Alfredo Aquino;

Uma grande exposição de pintura contemporânea de Alfredo Aquino – óleos sobre tela em grande formato, do artista com individuais realizadas no MASP, MARGS, SESC São Paulo e em museus e centros culturais na França.

Seminal – Esculturas de Gonzaga;

Mostra-recorte da exposição que Pierre Restany (o mais importante crítico de arte contemporânea da Franca no século XX) considerou ser o escultor contemporâneo mais importante do sul do Brasil. O artista ganhou o prêmio de Escultor do Ano com essa mostra, em Porto Alegre.

Aula de Gravura

Gravuras de Angela Pohlmann, Emanoel Araújo, Francis Bacon, Isolde Bosak, Maria Inês Rodrigues, Míriam Tolpolar, Pierre Alechinsky e Karel Appel.
Gravuras selecionadas para a recente mostra que apresenta com as várias técnicas desenvolvidas por artistas célebres nos universo das artes plásticas internacionais e alguns dos mais importantes gravadores do Estado na atualidade. Mostra inédita.

Onde: MALG – Museu de Arte Leopoldo Gotuzzo (Rua Gal. Osório, 725)

Já no Instituto Simões Lopes Neto… (Rua Dom Pedro II, 810)

Fotografia de Leopoldo Plentz
Fotografia de Leopoldo Plentz

20h – Abertura da mostra Fronteira Sul – Fotografias de Leopoldo Plentz.
Mostra de fotografias em itinerância FNAC (Porto Alegre / São Paulo / Paris) revelando a trajetória do fotógrafo Leopoldo Plentz, pela franja da fronteira … do Brasil com o Uruguai e com a Argentina. Pelotas, Melo, Rio Branco, Tacuarembó e outras cidades são as protagonistas das lentes do fotógrafo-viajante. Projeto premiado com bolsa da Fundação Vitae.

21h– Apresentação e lançamento do livro Os limites do impossível, de Aldyr Garcia Schlee, livro considerado por Sergius Gonzaga (Secretário da Cultura de Porto Alegre – editor, escritor e professor de literatura brasileira) como “o melhor romance de literaagstura brasileira escrito nas duas últimas décadas”.“A partir da idéia estarrecedora de que o nascimento de Carlos Gardel ocorreu em Tacuarembó, no Uruguai, fruto de incesto e estupro, os contos deste livro transitam por algumas versões do espantoso acontecimento. Aqui se imagina e se inventa como tudo terá acontecido – de forma a alcançar uma realidade ficcional que se proponha verdadeira à percepção do leitor. Assim, qualquer semelhança entre os fatos narrados e algo que tenha realmente ocorrido ou deixado de ocorrer não será apenas mera coincidência: será a prova de que a realidade muitas vezes vai além dos recursos da ficção, alimentando-se do improvável e do inacreditável para chegar ao impossível – que nossa fantasia, geralmente, não consegue alcançar ou frequentar.
Haverá coquetel e apresentação de tangos, pelo Prof. José Luis Marasco Cavalheiro Leite – Noite de autógrafos pelo autor.

23h – Apresentação de cinema em DVDs – Gaúchos Canarinhos, direção de Renê Goya Filho (Produção Estação Elétrica) – Realização RBS TV ; e A Ferro e Fogo – Tempo de Solidão, direção de Gilberto Perin, da obra de Josué Guimarães – Realização RBS TV.
Cinema em DVD, premiados e com enorme sucesso junto ao público telespectador gaúcho e nacional. Produções do Núcleo de Especiais da RBS TV.

“Tudo acontece na Noite Branca – culturalmente acontece de tudo na noite de Pelotas”

Igor Simões: 8138-0430
Noite Branca – Produção: ATO Produção Cultural / Realização: ARdoTEmpo

(53) 3227-7399 / (53) 9167-3181
(51) 3315-0183 / (51) 9724-8091


“Una Noche en México”, de Gahuer Carrasco, no Sete.

53129_1221748142O Violonista e Cantor Gahuer Carrasco, possui grande virtuosismo e expressão que tem conquistado o Mundo, com sua música e seu repertório diferenciado.
Aos catorze anos iniciou com seu tio Baltazar Pereyra um aprendizado, que culminou com a conclusão do Curso Superior de Música, bacharelado em violão, obtendo o 1º lugar, com Menção Honrosa.

Gahuer, tem se destacado no cenário musical nacional e   internacional, realizando turnês em várias cidades do Brasil e do  exterior. Uma de suas apresentações ocorreu no México, ocasião esta, que foi recebido com uma cerimônia diplomática, pelo Governador do estado de Hidalgo, Ilmo. Sr. Manuel Angel Nuñes Soto.
Como reconhecimento de seu talento, recebeu o convite para retornar ao país, para interpretar um concerto como solista da Orquestra Sinfônica del Estado de Hidalgo – México.
No Uruguai, apresentou-se no Cabildo de Montevidéu, antigo Palácio do Governo, onde participou do programa de televisão “Guitarristas y sus Interpretes”.
Em São Paulo, a maior cidade da América do Sul, apresentou-se em diversos teatros, e salas de concerto, obtendo um extraordinário reconhecimento por parte de críticos, músicos, e ouvintes.

Gahuer desempenhou atividades como Jurado, Concertista e Ministrante de Masterclass de cartaz_02_12_2009_orkutalguns Festivais: XXII Concurso Latino Americano “Rosa Mística”, PR, Brasil; “III Concurso de Interpretação Instrumental, Franscisco Beltrão, Brasil; Festival Ramón Noble na cidade de Pachuca, México; I Festival de Guitarra ” Guitarra de Dos Mundos”, nas cidades de Pachuca, Mixquilpan, Actopan, Ixmiquilpan, no México ;Festival em Homenagem a Agustín Barrios, no Paraguay, obtendo um extraordinário reconhecimento do público e dos músicos.

Em 2006 participou de vários concertos na Espanha, nas cidades Valladolid, Pamplona e Madri; obtendo uma vez mais um imenso reconhecimento, de todo o público espanhol.
No ano de 2007 concretizou seu novo Espetáculo ” Gahuer Carrasco – Tango & Flamenco”, onde começou sua carreira também como Cantor; onde interpretou Boleros, Tangos e Musica Romântica, junto com sua Orquestra de Cordas e Metais, e seu grupo (piano, bandoneon, percusão e violão), resultando um fantástico reconhecimento de seu público.
Gahuer, lança em 2007 seu primeiro CD “Expressão em Cordas”, com grande êxito.

Para os anos posteriores, já tem concertos agendados, no Brasil, Uruguay, Paraguay, México, Espanha, Portugal, Alemanha, Grécia, Bulgária, Áustria, Inglaterra e França.
O quê: Show “Una Noche en México”, de Gahuer Carrasco.
Quando: Dia 02 de dezembro às 21h.
Onde:
Theatro Sete de Abril
Quanto:
R$ 30,00
Ingressos antecipados no local.

Fonte: Theatro Sete de Abril
Fotos: Divulgação

Teatro: Cirandas do Imaginário!

cartaz-cirandas-ii

Ocorre sexta-feira, dia 27 de novembro, o 2ª Cirandas do Imaginário, que tem como tema O teatro como experimento em si“. Promovido pelo Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Imaginário, Educação e Memória (GEPIEM), o evento propõe-se a promover uma roda de discussão sobre as possibilidades de convergências entre Imaginário, Educação e Teatro.

Coordenação: Professora Lúcia Maria Vaz Peres, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Pelotas.

O quê: 2ª Cirandas do Imaginário – O teatro como experimento em si.
Quando: dia 27 de novembro (sexta-feira), às 19h.
Onde:
Centro de Integração do Mercosul

Isis Araújo – Equipe e-Cult

Theatro Sete de Abril: 176 anos de Arte!

tp

Um dos símbolos culturais do município completa neste próximo mês de dezembro, mais um ano de vida: trata-se do Theatro Sete de Abril, um dos mais antigos do país em funcionamento e o primeiro teatro a ser construído no Rio Grande do Sul. O Theatro recebeu este nome para prestar uma homenagem à data em que o imperador Dom Pedro I abdicou do trono em favor de seu filho, Pedro II, fato histórico considerado como uma segunda independência do Brasil. A inauguração se deu em 2 de dezembro de 1833, data em que Dom Pedro II, fazia aniversário.
Em justo reconhecimento à importância do prédio e ao significado do Theatro para o mundo artístico e cultural do município, em 1972 o Theatro recebeu o tombamento por parte do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), em 1979, foi municipalizado.

Ao longo dos anos, o Theatro Sete de Abril firmou-se definitivamente como o espaço público que busca incentivar e fomentar todos os tipos de manifestações artísticas e culturais do município. Neste sentido desenvolve uma série de projetos próprios ou em parcerias, onde busca dar visibilidade ao que é produzido aqui. Este é o caso dos Projetos Sete ao Entardecer, Sete Imagens e Cena Literária, onde a comunidade pode apreciar, a custo zero, os mais diferentes matizes da cultura local. O mais tradicional dos palcos pelotenses já abrigou grandes nomes do cenário artístico nacional e internacional, por intermédio de apresentações memoráveis.

Para este início de dezembro, a direção do Sete de Abril preparou uma intensa programação alusiva aos 176 anos de existência e de fomento às artes.

Confira a programação de aniversário:

1º/12 – Abertura da Exposição denominada “Arte no Sete”, tendo por local o Memorial Theatro Sete de Abril, ás 20h.

2/12 – Espetáculo “Uma Noche em México”, do artista Gauer Carrasco, ás 21h;

03/12 – Espetáculo teatral infantil denominado “Filhote de Cruz Credo”, ás 15h;

03/12 – Apresentação do espetáculo teatral “Dez (quase) Amores”;

04/12 – Encerramento e premiação do 1º Festival Manuel Padeiro de Cinema e Animação;

05/12 – Apresentação do Espetáculo “Projeto carinho: Doze anos de oportunidades e realizações”, onde participam grupos de dança das Escolas Autonomia do Ser, Louis Braille , Alfredo Dub e Apae/Pelotas.

Fonte: Prefeitura Municipal de Pelotas
Foto: Rafael Amaral

Alfa Romeu no Fox Pub

A banda Alfa Romeo é uma banda de Pelotas-RS, formada por quatro integrantes: Augusto da Rosa (Bateria), Fernando Tag (guitarra), Henrique Mirenda (baixo) e Kaue Nunes (vocal). É formada desde o inicio do ano de 2009 e permanece ainda com sua formação clássica, mostrando grande entrosamento em seus ensaios, que são 4 horas semanais. Desde o inicio, sempre foi o sonho de todos, entrar no cenário do rock, e fazer shows por tudo que é lugar. Mostrando competencia, vem se destacando por cada lugar que passa. Com um repertório influenciado por Oasis, Kings of leon, The Beatles, Cachorro Grande e afins a o grupo faz um show com pegada e alegre, ao mesmo tempo dançante… Tem tocado geralmente em festas e eventos fazendo com que a experiencia de palco tome conta dos rapazes. A vontade com que os integrantes estão para tornar o sonho realidade é algo impressionante

O quê: Show da Banda Alfa Romeualfa
Quando: Dia 28 de novembro, às 23h.
Onde: Fox Pub
Quanto:
R$6,00

Acessoria do Fox Pub

Alex Vaz
(53) 9971-7481

canivetejeansproducoes@yahoo.com.br

Frederico Viana canta no EL FUELLE

frederico2

Todas as músicas da região Sul com forte sotaque do que se convenciona chamar de música latino-americana é o que apresentará o cantor e compositor mergulhão Frederico Viana (violão e voz), nesta sexta 27/11, acompanhado do violão de Jéferson Devens no Espacio Cultural EL FUELLE a partir das 22h. “Cantor de los boliches” como ele se denomina, apresentará músicas própias e do cancionero latino-amaricano. frederico4

O quê: Frederico Viana (violão e voz),acompanhado do violão de Jéferson Devens
Quando: Dia 27 de novembro (sexta-feira), a partir das 22h.
Onde: Espacio Cultural EL FUELLE (Anchieta n° 2305 esquina Cassiano)
Reservas de mesa no fone 30253425

Eunice Freitas
Reg.Prof.MTb 5540

MARA BRAGA – Assessoria de Imprensa-Produções Culturais
(53) 33056295 – 84110122
marabragabermudez@gmail.com

eunicefreitas@ig.com.br

Lula compromete-se a conseguir apoio ao grupo Tholl

2925_index

Na noite de abertura oficial do Fórum Mundial de Educação Tecnológica em Brasília, os integrantes do grupo Tholl – que emocionaram as 15 mil pessoas que lotaram o ginásio Nilson Nelson para o evento – foram apresentados ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que assumiu o compromisso de conseguir apoio à trupe.
Lula recebeu das mãos do deputado Fernando Marroni material sobre o grupo, suas atividades e projetos, que foram entregues a Ubirajara José Augusto, da Secretaria Geral da Presidência da República, nomeado para dar andamento e acompanhamento ao projeto do Tholl.
“O presidente se mostrou disposto a ajudar a viabilizar o projeto do grupo, que pretende realizar apresentações em escolas públicas do país e já tem aprovação da Lei Rouanet”, disse Marroni.

Isis Araújo – Equipe e-Cult

Meigos, Vulgos & Malvados no NY Irish Pub

dsc05944-copyDomingo, dia 29, a partir das 21h no Nova York Irish Pub, acontecerá a primeira apresentação da banda “Meigos, Vulgos & Malvados” ao vivo. A canção “Doeu pra Mim” foi a mais ouvida no Festival Universia, no qual ficaram entre os dez finalistas em todo o Brasil. Completando o show com músicas inéditas; A Vingança do Jabaculeiro, Pedrinhas, Ópio, Gira Você, A Espera, Na Calada da Balada, Fuck the Fashion e Cantalop.

Meigos, Vulgos & Malvados são: Cibeli na voz, Gus no baixo,  DJ Franco Malvado na percurssão e beat’s, Leo na guitarra, e Brumm na bateria. Leo e Brum são ex-integrantes da “Procurado Vulgo”.

Vale à pena conferir, os integrantes têm uma proposta sólida em composições próprias e prometem hipnotizar o público numa performance energética e intensa.

Visite: meigosvulgosemalvados.com.br

O quê: Estreia da Banda “Meigos, Vulgos & Malvados”
Quando: 29 de novembro (Domingo)
Onde:
Nova York Irish Pub
Ingressos: Antecipados limitados na Studio Cd´s!

Deco Rodrigues
Equipe e-Cult

news

Festival de Música Contemporânea

O Núcleo de Música Contemporânea da Universidade Federalflauta de Pelotas (NuMC) traz, pela primeira vez à Pelotas, o 6º Festival de Música Contemporânea, que teve início em Porto Alegre e encerrará em Pelotas.

A proposta do núcleo é fomentar a música contemporânea e promover um intercâmbio entre compositores e instrumentistas. O 6º Festival promove ainda palestras hoje e amanhã, no anexo do Conservatório, a rua General Neto, 691, sala seis. Os concertos seguem até quinta-feira com apresentações no Conservatório e no Instituto João Simões Lopes Neto. Ambas as atividades têm entrada franca.

Palestras

Terça
16h – Josemir Valverde: Aspectos da composição Murlidhar
17h – Gérman Grass: Microvariações – Conceito, estética e prática

Apresentaçõesraul

Terça
20h – Thales Silva e Joana Holanda – Flauta e piano, no Conservatório de Música. Obras de Josemir Valverde, German Grás, Rogério Vasconcelos, Bruno Ruviaro, Marcílio Onofre, Rogério Constante e Henry Dutilleux.

Quarta
20h – Música de Câmara I, no Conservatório de Música: Joana Holanda e Lúcia Cervini (pianos), André Mendes (flauta), José Mílton Vieira (trombone). Obras de Rogério Constante, André Jolivet, Iannis Xennakis, Tadeu Tafarello, Nicollò Castiglioni e Januibe Tejera.

Quinta
20h – Música de Câmara II, no Instituto João Simões Lopes Neto. Concerto de duo – flauta e violão e dois violões com Raul Costa d’Ávila (flauta), Thiago Colombo e Rogério Constante (violões). Obras de Flávio Oliveira, César Guerra-Peixe, Mário Ficarelli, Rodrigo Garcia, Raul do Valleholanda e Leo Brouwer
O quê: 6º Festival de Música Contemporânea
Quando: Até dia 26 de novembro (quinta-feira).
Onde:
Conservatório de Música – Salão Mílton de Lemos (Rua Félix da Cunha, n° 651) e Instituto Simões Lopes Neto (Rua Dom Pedro II, n° 810).
Entrada franca
Contatos: (53) 3027-1865 e 3222-2562

Isis Araújo – Equipe e-Cult