Homens: Vamos conversar sobre Machismo, Empoderamento e Respeito

0
3447

Mantenedores

Este texto é um papo de homem pra homem e sim é necessário e urgente conversarmos sobre machismo.

Antes gostaria der deixar três coisas bem claras:

  1. Não, não vamos falar sobre feminismo! Não gosta e quer acabar com o Feminismo? Então primeiro ajude a acabar com o Machismo, que está ai pelo mundo há muito mais tempo.
  2. Não vamos falar aqui sobre Empoderamento das Mulheres, que sobre esse importante tema já tem excelentes textos pela internet e escritos por suas próprias protagonistas.
  3. Se você não acredita em Machismo, então será uma leitura extremamente difícil, mas espero que tenhas o mínimo de esforço e que aconteça uma reflexão pós leitura.

O machismo é extremamente nocivo e não permite uma sociedade mais igualitária. Claro que prejudicadas diretamente são as mulheres com a opressão pelo fato de nascerem mulheres e a comunidade glbt pelo preconceito e intolerância. Num conceito mais amplo, vários homens héteros também são marginalizados numa sociedade machista e a intenção deste texto gerar reflexão a todos.

Qualquer homem hétero que demonstre o mínimo de respeito pelas mulheres, que mostre desconforto quanto a já institucionalizada caça predatória as mulheres comumente realizada por outros homens, provavelmente será hostilizado num grupo formado por outros homens héteros. E não precisamos ir muito longe, basta um homem assumir uma identidade própria não convencional ao que o senso comum da sociedade, para que ele seja tachado provavelmente de afeminado, ou algo parecido, no intuito de diminui-lo.

E você homem hétero não afeminado do tipo padrão básico queridinho da família tradicional… Qual homem não mentiu na adolescência, dizendo que não era mais virgem, naquela roda de amigos homens? Qual não mentiu que pegou aquela menina, que na verdade nunca nos deu assunto, só para ficar bem entre os “brothers”?

Quantas mentiras você contou só para agradar outros homens, para não se sentir envergonhado? E essa pequena pressão que passamos, principalmente na adolescência e no início da vida adulta, essa pequena pressão é infinitamente menor que a opressão que qualquer mulher passa durante uma vida inteira, menor que a opressão que a qualquer membro glbt também passa em nossa atual sociedade.

Então reflita, cultive o exercício da empatia e pratique o respeito a diversidade.

Se adversidade é algo desfavorável, que tenhamos o respeito e a diversidade como lema de uma nova sociedade.

Na sequência temos um vídeo, via Amor Abusado, que me inspirou a escrever este texto e que fala sobre empoderar-se, e não importa se o autor é hétero, homossexual, bissexual, assexual, ou qualquer outro termo. O importante é que ele está em busca do auto conhecer-se, num processo de aceitar-se, seja você mesmo.

“Sabe que por muito tempo eu me calei. Vivia com medo de ser quem realmente eu era. Passei tempos me moldando para agradar aos outros, quase nunca a mim. Mas as coisas mudaram, peguei minha voz de volta e estou me desconstruindo a cada dia…”
Guilherme Pintto

Vejas as definições encontradas no site significados.com.br:

Empoderamento

Empoderamento é a ação social coletiva de participar de debates que visam potencializar a conscientização civil sobre os direitos sociais e civis.

Esta consciência possibilita a aquisição da emancipação individual e também da consciência coletiva necessária para a superação da dependência social e dominação política.

O empoderamento devolve poder e dignidade a quem desejar o estatuto de cidadania, e principalmente a liberdade de decidir e controlar seu próprio destino, com responsabilidade e respeito ao outro.

Empoderamento feminino

É um conceito que também é conhecido como “empoderamento das mulheres”. Consiste na concepção do poder das mulheres como forma de exigir equidade de gênero nos variados tipos de atividades sociais, de modo democrático e responsável.

O empoderamento feminino é também um desafio às relações patriarcais, em relação ao poder dominante do homem e a manutenção dos seus privilégios de gênero.

Este conceito luta por uma mudança na dominação tradicional dos homens sobre as mulheres, garantindo-lhes a autonomia no que se refere ao controle dos seus corpos, da sua sexualidade, da sua liberdade e etc.

Saiba mais sobre o significado do empoderamento feminino.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA