Projeto “Do canteiro ao prato” semeia sustentabilidade em Rio Grande

Produzir o próprio alimento criando hábitos saudáveis por si só já seria um grande aprendizado. O projeto “Do canteiro ao prato” vai além.

Ensina fundamentos e práticas sobre alimentação, agricultura e meio ambiente a alunos do Centro de Convívio Meninos do Mar (CCMar/Furg). A iniciativa é uma parceria entre Sagres, Yara Brasil e CCMar/FURG. Os trabalhos iniciados há um mês já resultaram em uma horta e os canteiros de verduras, hortaliças, temperos e frutas traduzem um antigo sonho do professor Lauro Barcellos. O coordenador de Responsabilidade Socioambiental da Sagres, Ernesto Martinez, explica que a ideia é produzir alimentos que possam abastecer o refeitório do CCMar e toda sua comunidade –  alunos, professores e funcionários.

Na dinâmica do projeto, jovens com idades entre 14 e 17 anos colocam a mão na terra. “O projeto prevê curso de formação sobre conceitos de agricultura urbana, com foco na relação entre alimentação saudável e harmônica com o meio ambiente”, explica. Para inserção neste universo os cursos trimestrais terão 170 horas/aula, tendo como tema “Fundamentos e Práticas sobre Agricultura e Meio Ambiente”. Para Ernesto, que é Engenheiro Agrônomo, a prática é um grande instrumento de transformação social através da educação agroambiental. A produção de alimentos em pequenos espaços urbanos une saúde, sustentabilidade e economia – tema atual em muitos países. “Produzindo alimento, preservamos o meio ambiente, melhoramos os hábitos alimentares, geramos formação e a capacitação de crianças e jovens, replicando isso para a comunidade”, resume.

O resultado deste primeiro passo poderá ser saboreado em breve, já que as hortaliças têm o ciclo de vida médio de 60 dias. A equipe do projeto é composta por um engenheiro agrônomo, um técnico em agropecuária, funcionários de campo – além dos alunos do curso que atuam nas práticas. Dentro de pouco tempo todos estarão na mesa do refeitório do CCMar, fechando mais um ciclo de aprendizado e cidadania coletiva.

Horta do projeto “Do canteiro ao prato”:
Verduras folhosas: alface, rúcula, couve, espinafre, brócolis, couve flor, repolhos
Raízes: rabanete, cenoura, nabo, beterraba.
Frutos: tomate, pimentão, abóboras, berinjela.
Temperos: salsa, cebolinha, manjericão, alecrim.
Legumes: feijão, vagem, ervilha, favas, pepino.
Frutas: melão, melancia.

Fonte: Satolep Press

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *