Pelotas Parque Tecnológico divulga empresas que receberão bolsistas do IFSul

Foto Divulgação

Em projeto selecionado na chamada pública do Programa Parque Ativo, o Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul) disponibilizará dez bolsas de ensino, pesquisa e extensão para projetos de combate ao COVID-19 e suas consequências, para empresas do Pelotas Parque Tecnológico. As bolsas serão financiadas pelo IFSul e os bolsistas executarão trabalhos relacionados com os empreendimentos residentes ou vinculados ao Pelotas Parque nas áreas de tecnologia, inovação, empreendedorismo, produtividade e gestão.

Reverso Comunicação Integrada

O Parque informa as empresas que tiveram suas propostas selecionadas para receber os bolsistas: Fácil Consulta; Boxmaker; Unieloo; Jubatus; Dream Tech e Co.Place Coworking, contempladas com um bolsista cada e Vouconstruir.net e Indeorum, com dois bolsistas cada uma. Os bolsistas serão estudantes do IFSul e a execução do trabalho será no período de 01 de agosto de 2020 a 31 de janeiro de 2021.

Para o Diretor Técnico-Científico do Parque, Edgar Antônio Costa Mattarredona, todos têm a ganhar com esse modelo de parceria, empresas, estudantes, academia e a sociedade, que terá mentes empreendedoras que somam esforços pela busca de soluções para o combate ao COVID-19.

Rosani Ribeiro, Diretora Executiva do Parque, destaca o fortalecimento da parceria com o Instituto. “Ainda este ano o IFSul deverá iniciar a construção do seu Escritório Rede de Incubadoras, que irá proporcionar maior integração dos estudantes e docentes com o ambiente de inovação. Atualmente, vários alunos e ex-alunos já trabalham e empreendem junto às empresas do Parque”, conta ela.

O resultado está publicado na área de editais do site do Parque.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural.  O parque possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa.

Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multissetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Facebook
Instagram
LinkedIn

Fonte: Reverso Comunicação Integrada

Sobre Deco Rodrigues 6464 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*