Pelotas Parque Tecnológico divulga projetos aprovados em edital de combate à Covid-19

Foto Divulgação

Pelotas Parque Tecnológico aprovou oito projetos submetidos ao edital 01/2020 Prospecção de Soluções Científico-Tecnológicas para o combate à pandemia do Covid-19.

A chamada pública integra o Programa Parque Ativo, que busca fortalecer a conexão e a sustentabilidade dos residentes no empreendimento atuando com base em cinco eixos: Gestão e Legislação; Finanças e Crédito; Qualificação Técnica; Ação Social e Voluntariado; e Oportunidades e Mercado.

O Diretor Técnico-Científico do Parque, Edgar Antônio Costa Mattarredona, destaca que ficou muito satisfeito com as propostas pois contemplam todas as áreas de atuação do parque. “Temos projetos para estudantes, projetos de pesquisa, empresas, incubadas e instituições de educação. O elenco de previsão de participação foi todo atingido. É muito conteúdo para reforçar as linhas que atuamos”, disse.

Os projetos aprovados visam atender as necessidades prioritárias da sociedade neste momento de pandemia. Conheça as propostas aprovadas, que serão detalhadas de acordo com sua execução:

1 – Proponente: Unieloo
Projeto: Promover ações que auxiliem estudantes a ter o acesso mais facilitado e seguro aos serviços de saúde, oferecendo atendimentos de acolhimento psicológico gratuitos, opção de realização de atendimentos a distância para os profissionais da saúde, adicionando serviços de triagem dos sintomas do Covid-19.

2 – Proponente: João André Lara Leal Martins
Projeto: Combater a proliferação do SARS-Cov-2 e demais patologias infectocontagiosas no ambiente urbano pelotense.

3 – Proponente: Larissa Medianeira Bolzan – Professora do Curso de Engenharia de Produção da Universidade Federal de Pelotas – UFPel
Projeto: Chave Mestra é um Projeto Unificado com ênfase em Extensão, da UFPel, coordenado pela Professora Larissa com o objetivo de tornar-se uma Plataforma Digital de conhecimento capaz de fomentar o empreendedorismo e potencializar a inovação empresarial.

4 – Proponente: Rociele Prietsch – Dream Tech
Projeto: 
Prestar serviços no âmbito científico e tecnológico no intuito de verificar o cumprimento das estratégias governamentais estabelecidas à população a fim de promover o enfrentamento à disseminação da doença.

5 – Proponente: IFSUL
Projeto: 
Serão concedidas 10 bolsas de inovação, por meio da pesquisa aplicada ou extensão tecnológica a discentes do IFSul.

6 – Proponente: Co.place Coworking
Projeto: Assessoria de gestão para uso das plataformas e ferramentas disponíveis no mercado e que possibilitam que empresas estabeleçam relacionamento com seus clientes e gerem efetivamente venda de seus produtos e serviços

7 – Proponente: Jubatus
Projeto: Sistema de emissão de voucher pré-pago de serviços diversos como corte de cabelo, manicure, maquiagem, fotografia, dentre outros que os clientes possam adquirir para utilização em data posterior ou quando se sentirem confortáveis.

8 – Proponente: HUB-BoxMaker
Projeto: Desenvolver e implantar uma plataforma digital para promover ações de sustentabilidade multissetorial em tempos de enfrentamento aos efeitos da pandemia Covid-19.

O resultado também pode ser consultado no edital no site do parque.

Sobre o Pelotas Parque Tecnológico
O Parque, criado oficialmente em 2016, é gerido pela TECNOSUL – Parque Científico e Tecnológico, uma associação civil sem fins lucrativos de direito privado, caráter científico, tecnológico, educacional e cultural.  O parque possui um Conselho de Administração (Consad), eleito a cada três anos, e atua em três grandes áreas nas quais o município já se destaca como polo: tecnologia da informação e comunicação; tecnologia em saúde e indústria criativa.

Atualmente, 63 empresas atuam no Pelotas Parque Tecnológico, sendo 23 instaladas nas áreas geridas pelo Parque, sete no coworking, 15 incubadas, 18 pré-incubadas. Entre as incubadoras estão a Conectar, Incubadora de Base Tecnológica da UFPel; CIEMSUL, incubadora de empresas multisetorial da UCPel e SENATEC, destinada às empresas júnior. Ainda, existem 23 instituições parceiras. O Parque oferece espaço coworking, com área gastronômica para 55 pessoas, auditório para 230 pessoas, duas salas de reunião e capacitações e estacionamento para 65 carros. Ao todo, o Pelotas Parque gera 267 empregos diretos e 638 indiretos.

Facebook
Instagram
LinkedIn

Fonte: Reverso Comunicação Integrada

Sobre Deco Rodrigues 6464 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*