Com dois novos clipes, rapper Pok Sombra vive fase de paz consigo mesmo

Foto: Maicon Almeida

O rapper pelotense Pok Sombra lançou na última segunda-feira (07) o clipe de “Versos Apócrifos”. O vídeo, que foi contemplado pelo edital da Aspeur/Feevale, conta com direção de Maicon Almeida do Sala de Arte.

Foto Divulgação

Este é segundo lançamento de Pok Sombra desde o começo da pandemia. No início de agosto, ele havia lançado a música “Coisas Fúteis”, que também veio acompanhada de um clipe e conta com a participação de Rafaella Oliveira.

“Quem acompanhou meu último lançamento vai entender que fomos do céu ao inferno muito rápido”, comentou o rapper ao lançar o som novo. Isso porque “Coisas Fúteis” trata de coisas comuns de sua rotina como a “sensação de paz ao dar um rolê pelo super”, enquanto Versos Apócrifos vem carregada de críticas sociais.

Sobre o mais recente lançamento, Luis Sergio Jaekel, o Pok Sombra, conta que a música já existia há mais ou menos um ano e estava guardada. O edital possibilitou a realização de um clipe que foi produzido de acordo com as medidas recomendadas de prevenção ao COVID-19. Confira:

Com instrumental do próprio Pok Sombra, “Versos Apócrifos” foi mixada e masterizada em Portugal, por Gançalo Peixoto da GP Mastering. Segundo o pelotense, o tempo de espera parece ter deixado a letra “mais atual ainda pelo fato de estarem aparecendo cada vez mais as falcatruas do governo”.

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Coisas Fúteis

Embora lançado antes, o single “Coisas Fúteis” é o que melhor expressa a nova fase do rapper, uma fase mais família. Pai desde o começo do ano, Pok Sombra atualmente busca conciliar a música com os afazeres domésticos. Com um home studio montado recentemente, ele já vinha se acostumando em trabalhar em casa antes mesmo da pandemia.

A letra do som trata deste novo momento como mostram os versos: “tente participar da sua vida e não só ver ela passar na sua frente […] dê o seu melhor, mas também se respeite”. O single faz parte de um trabalho mais longo que o rapper vem preparando. Nesse novo ritmo, o “Breve Estadia” sairá no formato de EP ou álbum, conforme as coisas se encaminharem.

O instrumental de “Coisas Fúteis” é assinado por Md Beats, com guitarras de Gui Brod, e mixagem e masterização de 808Luke. Já o clipe, um filme que também mostra um pouco de seu cotidiano, conta com imagens captadas por Erionto Júnior e Vinícius Conrad. Confira:

Pok Sombra atua na cena do rap pelotense há mais de 10 anos. Já produziu e fez parcerias com diversos rappers da cidade como Zudizilla, Guido CNR e Fill. Em 2016, lançou o disco “Cartão Postal” com o curitibano Dario Beats. Dos trabalhos mais recentes, destaca-se o projeto Gennesis, em parceria com Matheus Brum e Pepzi, lançado no começo deste ano.

Ouça Pok Sombra: myurls.co/poksombra

Acompanhe no intagram: instagram.com/poks.ideia

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Sobre Cassio Lilge 144 Artigos
Jornalista, estudante de História, obcecado por música. Conhece menos atalhos em seu computador que a sua gata.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*