Encerramento do Festival Satolep Circus 2011 e Lançamento do Corredor Cultural Brasil-Uruguay

Desde o dia 06/05, Pelotas está fervendo por conta da segunda edição do Festival Satolep Circus. Nomes como Marcelo Camelo,Canastra Suja, Apanhador Só, Freak BrotherzVade Retro reverberaram suas melodias, guitarras e baterias nos palcos da terra do doce. Do Galpão do Rock ao Theatro Guarany, foram duas semanas de shows, trocas culturais e debates, entre artistas, agentes culturais e movimentação. O Festival se encerra nessa quarta-feira, 18/05, sendo  palco para o lançamento de um projeto ousado, idealizado por artistas e agentes culturais que querem, mais do que nunca, encurtar  a distância entre duas capitais culturais da Sudamérica, o Projeto Corredor Cultural Brasil-Uruguay

A distância entre Pelotas e Montevideo beira aos 500 km Porém a arte, e a música, vêm aproximando essas fronteiras. Para quem ata e desata esse mapa melódico, o momento é de redescoberta e integração. Atualmente, artistas como Vitor Ramil, Jorge Drexler, Richard Serraria e Sebastian Jantos realizam esse tipo de troca por articulação própria, e assim tem sido com os músicos em geral.Pelotas já se inseriu nesse contexto e também tem realizado alguns intercâmbios com o país vizinho, principalmente através de festivais. Também sabemos que as cidades de fronteira realizam esta troca naturalmente, como parte de sua cultura local.

O projeto Corredor Cultural Brasil-Uruguay tem o objetivo de fazer com que mais cidades e músicos participem deste processo de forma organizada. Ao invés dos artistas cruzarem os céus entre Porto Alegre-Montevideo, irão realizar turnês pelas cidades que atravessam o caminho até as capitais. Para que tal objetivo aconteça será necessário unir público, agentes/gestores culturais e artistas.

Com base nessa experiência de troca, a produtora cultural Satolep Circus, em colaboração com Maria Fernanda Passos e Coletivo Outro Sul, irá realizar nessa quarta-feira, 18/05, o lançamento do Projeto Corredor Cultural Pelotas – Montevideo, integrando – e finalizando –  a programação do Festival Satolep Circus 2011. Três bandas dividirão o palco do João Gilberto para uma noite de trocas, riffs e festividades: A uruguaia La Triple Nelson, a santamariense Rinoceronte e a jaguaro-pelotense Divergência.

La triple Nelson:
A La Triple Nelson é uma consagrada banda uruguaia,  formada em 1998 e com três discos lançados. Os hermanos  vêm a Pelotas pela primeira vez para apresentar o blues/rock e trazem consigo, a experiência de já terem tocado na América Latina e Europa. Liderados pelo cantante e guitarrista Christian Cary, já dividiram palco com alguns dos grandes nomes da música latino americana, como Ruben Rada, Jaime Roos e Fernando Cabrera. O trabalho da La Triple Nelson pode ser conferido no site latriplenelson.com.uy

Rinoceronte:
A Rinoceronte é um ‘rockpowertrio’ criado em novembro de 2007, em Santa Maria/RS que com um som vigoroso, letras em português e performances quentes e coesas, vem conquistando espaço, participando de alguns dos principais festivais nacionais de música independente, como Goiânia Noise (GO), Calango (MT), Bananada (GO), Demosul (PR), Macondo Circus (RS), Grito Rock (RS) (SC), Gig Rock (RS)e Morrostock (RS), cumprindo agenda permanente e conquistando/chocando um público cada vez maior.

Em 2009 a banda lançou o EP auto intitulado RINOCERONTE, em parceria com a Marquise 51, Alvo distribuidora, Circuito Fora do Eixo e Compacto Rec. Em maio de 2010 engatou sua primeira Tour Fora do Eixo, com mais de 15 show passando por Goiás, Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo,onde apresentou seu trabalho autoral em lugares como Bolshoi Pub (Goiânia), SESC (São Carlos/SP), USP (São Paulo/SP), UFSCAR (São Carlos/SP), Vila Dionísio (Ribeirão Preto e S. J. do Rio Preto/SP), Virada Cultural (São Paulo/SP) no palco independente da Abrafin, entre outros,além de alguns programas de rádio, impulsionada pela parceria com o Macondo Coletivo de Santa Maria, ponto de Coordenação Regional Sul do Circuito Fora do Eixo.

Na mesma viagem, gravou no Estúdio Rocklab de Goiânia/GO, seu 1º cd completo, com co-produção da banda, de Gustavo Vazquez e de Luis Maldonalle e lançamento previsto para novembro pela Monstro Discos. Em agosto teve seu primeiro clipe oficial da música ‘Anda no Ar’, incluído na programação da MTV Brasil.

Essa é a segunda vez que a Rino vem tocar em Pelotas. Eles estiveram aqui no Grito Rock Pelotas 2011.

Divergência:
A banda preprara o lançamento do seu primeiro disco e vem ao palco do João Gilberto para apresentar as canções que vão compor esse trabalho. A Divergência é uma das grandes parceiras da Satolep Circus e do Coletivo Outro Sul, sendo peça importante nos eventos produzidos aqui na cidade de Pelotas com seu rock and roll com pegada Britpop e letras existencialistas.

Serviço: Encerramento do Festival Satolep Circus 2011 e lançamento do Projeto Corredor Cultural Brasil-Uruguay
Data: 18/05/2011
Local: João Gilberto Bar e Champanharia
Ingresso: R$10 (R$5 para idosos e estudantes)

Alex Vaz
Canastra SujaColetivo Outro SulSatolep Circus
(53) 8446 8872 – 3305 7032

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *