Exposição “A tarde é minha manhã” de Vivian Herzog na Casa Paralela em Pelotas

No dia 11 de julho as 19 horas acontece, na Casa Paralela, abertura da exposição A tarde é minha manhã, de Vivian Herzog.

Vivian Herzog apresenta na Casa Paralela, a partir de 15 de julho, um grupo de pinturas e desenhos em pequenos e médios formatos. Várias pinturas novas, realizadas especialmente para esta exposição, e desenho inéditos, nunca mostrados em Pelotas.

Os desenhos em tecido que Vivian traz para a mostra A tarde é minha manhã foram apresentados na sua banca de Mestrado em Artes Visuais, realizada na UFRGS. Apesar de ser possível diferenciar a pintura do desenho de Vivian, a sua pesquisa apresenta constantes contaminações entre estas duas linguagens, já que o que mais importa para a artista é o modo como os materiais se comportam quando depositados em superfícies. Tecidos atuam como reservatórios que abrigam gestos, borrões, escrituras, linhas, manchas, marcas, camadas pictóricas. Tintas e lápis produzem imagens enquanto relatam uma experiência aliada à memória das vivências cotidianas da artista. O regime diurno da imagem é salientado pelo título, que propõe, em um jogo de inversão, uma temporalidade cíclica na qual só o dia tem lugar, afinal é ele que com sua luz propicia a visão pela qual observamos os movimentos orgânicos da natureza, uma das motivações da artista.

Vivian Herzog é artista plástica, mestre em artes visuais pela UFRGS e professora no Centro de Artes da UFPEL. Visitação: De 15/07 a 11/08, de terças à sextas, das 14 h às 19 h.

O quê: Exposição A tarde é minha manhã, de Vivian Herzog
Onde: Casa Paralela / Rua Uruguai, 1577 – Pelotas/RS
Quando: Abertura: 11/07 às 19 horas
Visitação: a partir de 15/07 a 11/08, de terça a sexta, das 14 às 19 h
www.casaparalela.com.br
www.facebook.com/CasaParalela

Sobre Deco Rodrigues 6436 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.