Festival de Cinema Acessível no Cine UFPel em Pelotas

saneamento_basico_o-filme3Hoje terça-feira (21), às 17h, a sala de cinema digital da Universidade Federal de Pelotas (Cine UFPel) receberá o Festival de Cinema Acessível. Trata-se de uma sessão especial com tecnologia assistiva (filme com legenda explicativa, janelas de Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS – e audiodescrição).

Na ocasião, o filme exibido será “Saneamento Básico”, de Jorge Furtado. Após, haverá debate sobre acessibilidade.

Programação
Continuando com a programação da semana no Cine UFPel, na quinta-feira (23), haverá as reprises do curta “O Corpo” e do longa “Para Minha Amada Morta”. Na sexta-feira (24), estreiam o curta “Recife Frio” e o longa “Cidade Cinza”.

Veja mais detalhes sobre os filmes da semana:

Terça-feira, 21/06
17h
Festival de Cinema Acessível
Sessão especial com tecnologia assistiva (filme com legenda explicativa, janelas de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e audiodescrição).
Longa – Saneamento Básico, O Filme
Dir.: Jorge Furtado
(RS, Fic, 2007, 112min)
Sinopse: Os moradores de Linha Cristal, uma pequena vila de descendentes de colonos italianos localizada na serra gaúcha, reúnem-se para tomar providências a respeito da construção de uma fossa para o tratamento do esgoto. Eles elegem uma comissão, que é responsável por fazer o pedido junto à subprefeitura. A secretária da prefeitura reconhece a necessidade da obra, mas informa que não terá verba para realizá-la até o final do ano. Entretanto, a prefeitura dispõe de quase R$ 10 mil para a produção de um vídeo. Este dinheiro foi dado pelo governo federal e, se não for usado, será devolvido em breve. Surge então a ideia de usar a quantia para realizar a obra e rodar um vídeo sobre a própria obra, que teria o apoio da prefeitura. Porém a retirada da quantia depende da apresentação de um roteiro e de um projeto do vídeo, além de haver a exigência que ele seja de ficção. Desta forma os moradores se reúnem para elaborar um filme, que seria estrelado por um mostro que vive nas obras de construção de uma fossa.
CLASSIFICAÇÃO LIVRE
Haverá debate sobre acessibilidade logo após a exibição.
Quinta-feira, 23/06
19h
REPRISE
Curta – O Corpo
Dir.: Lucas Cassales
(RS, Fic, 2014, 15min)
Sinopse: Um menino encontra um corpo na mata. Todos os olhares se voltam para o corpo.
Longa – Para minha amada morta
Dir.: Aly Muritiba
(PR, Fic, 2015, 113min)
Sinopse: Após a morte de sua mulher, Ana, Fernando se torna um homem calado e introspectivo, que cuida sozinho do filho Daniel. Todas as noites, enquanto o menino dorme, ele recorda o seu amor arrumando as coisas de Ana. Um dia, encontra uma fita VHS e, ao assisti-la, descobre que a esposa foi infiel. Fernando, então, decide ir à procura do homem que arruinou a imagem que ele tinha de sua amada morta.
CLASSIFICAÇÃO 14 ANOS

Sexta-feira, 24/06
19h
ESTREIA
Curta – Recife Frio
Dir.: Kleber Mendonça Filho
(PE, Fic, 2009, 24min)
Sinopse: A cidade brasileira de Recife, que já foi tropical, agora é fria, chuvosa e triste, depois de passar por uma desconhecida mudança climática.

Longa – Cidade Cinza
Dir.: Marcelo Mesquita e Guilherme Valiengo
(SP, Doc, 2013, 80min)
Sinpose: Em 2008 a prefeitura de São Paulo resolveu iniciar uma política de limpeza urbana, na qual os muros da cidade seriam pintados com a cor cinza de forma a apagar as intervenções neles realizadas. Artistas como OsGemeos, Nunca e Nina, que tiveram importantes obras destruídas pela iniciativa, se juntam para repintar um muro de 700 metros.
CLASSIFICAÇÃO LIVRE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *