Freak Brotherz completa 14 anos de estrada

Há 14 anos a banda Freak Brotherz iniciava sua trajetória como uma das bandas  mais ativas da região sul do estado. Tudo começou em 1998 na casa dos irmãos  Solano e Danilo Ferreira, quando  ambos decidiram  que era  hora de levar a sério  o que os dois mais gostavam de fazer: tocar rock n´roll.

Como sempre o início  foi marcado por inúmeras dificuldades, desde a falta de instrumentos de qualidade, lugares para tocar, e até mesmo uma batalha sonora com o vizinho, que indignado com o alto volume dos ensaios resolveu “competir” com a banda em decibéis acoplando uma corneta a um bambu, colocando a engenhoca sobre a peça de ensaio. Porém o plano não deu certo, a banda passou a afinação para o tom da buzina e seguiu com a barulheira. “Ficou até interessante, parecia um sax” comenta Solano Ferreira, as gargalhadas, 14 anos depois.

Logo no primeiro ano como Freak Brotherz (em 1997 a banda chamava-se Fora de Controle e contava com outra formação) os primeiros bons frutos começaram a aparecer. Além do respeito da galera que lotava os shows organizados pela própria banda, a Freak foi finalista do maior festival de bandas de rock  do Brasil naquele momento, o Skol Rock 98, tocando no mesmo palco de bandas  como  Charlie Brown Jr., Barão Vermelho, Raimundos e as internacionais Hallowen e Iron Maiden. A final do evento fora transmitida pela MTV ao vivo e o baixista Solano Ferreira foi premiado como o melhor baixista entre as bandas concorrentes.

Isso tudo serviu pra dar um grande impulso e a Freak passou a tocar em várias cidades do Rio Grande  do Sul  além de abrir shows  de bandas importantes  do rock gaúcho como Ultramen, Tequila Baby, Da Guedes, Comunidade Nin-Jitsu, Maria do Relento, Acústicos e Valvulados e Engenheiros do Hawai.

Com todo esse tempo de estrada as mudanças de formação acabaram ocorrendo. Da formação original restam apenas os irmãos Ferreira, mas a formação atual já esta junto há um bom tempo e conta com Rodrigo Monteiro na guitarra (na Freak a 6 anos) e Clóvinho Motta (tocando na Freak a 4  anos). Tempo suficiente para conquistar alguns festivais como o 1° Lugar no Festival  Estadual de Música do SESI, quando o baterista Clóvinho  foi premiado  como  o melhor instrumentista do festival; Primeiro Lugar no  Festival  Seiva da Terra em 2009 , em Rio Grande e 3° lugar no festival do jornal Diário gaúcho  em 2008.

Com participação em diversas coletâneas e CDs de festivais, um disco lançado de maneira independente (Dentro da Ideia – 2007); a Freak se encontra em estúdio para gravar seu segundo disco. Três músicas já foram lançadas e podem ser conferidas no site   http://www.myspace.com/bandafreakbrotherz .

E nessa sexta feira a Freak comemora o seu 14° aniversário  junto de  seu público. A Freak estará fazendo um tributo a uma de suas maiores influências, a banda Rage Against the Machine, mas também estará tocando seus clássicos e as músicas novas que farão parte do próximo disco. O show ocorre no Galpão Satolep, que fica na rua José do Patrocínio n°8  e conta também com a presença do Rapper Zudizilla que estará abrindo os trabalhos de uma noite de muita música embaladas pelo Dj Danilo.

Freak Toca Rage + Zudizilla – Aniversário da Freak Brotherz
sexta 23/03 – Pós 23h
Local Gapão Satolep – José do Patrocínio n° 8
Ingressos antecipados Michigan Vestibulares e Mercado Skate Shop a R$ 8,00. Pós 23h no Galpão Satolep a R$ 10,00.
Patrocínio – Body Art Studio Tattoo, Papuera Bar e Estúdio A Vapor

Sobre Deco Rodrigues 6334 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.