“O Circo sem Lona” Fazendo Música no Museu da Baronesa

Um espetáculo que mescla muitos elementos. Assim será a apresentação intitulada “Circo Sem Lona”, dentro do Projeto Fazendo Música no Museu, que será apresentado no dia 22, às 16h, no Salão Dona Sinhá, no Museu da Baronesa.

Alex Cruz e sua troupe formam uma banda de palhaços que executam as canções do grupo, enquanto atores apresentam, simultaneamente, esquetes teatrais e se utilizam de elementos circences em sua composição cênica. Idealizado pelo músico pelotense Alex Cruz, o “Circo Sem Lona”, traz ao público a música, o teatro e a dança num mesmo momento, por meio de uma linguagem caricata e coloquial, utilizando o lúdico para abordar temas e situações do nosso cotidiano, “cantando” histórias, onde cada um dos integrantes representa um personagem carregando figurino e personalidade própria, com identificação de alguma região ou cultura diferente, simbolizando a diversidade do grande circo que são nossos dias.

“O Grande Circo Sem Lona dos nossos dias, nada mais é do que o retrato caricato do nosso cotidiano. A partir do momento em que abrimos os olhos pela manhã e saltamos da cama, somos os palhaços deste grande circo, somos os mágicos, acrobatas e bailarinas, somos o que quisermos ou ousarmos ser”, explica o idealizador. Cruz conta ainda que o projeto não foi desenvolvido para um público específico, alcançando assim, desde a criança até os idosos, e o objetivo é fazer com que a fantasia, a magia, os sonhos adormecidos pela correria do dia a dia, despertem os sentidos e as emoções do público.

A troupe é composta pelo próprio Alex Cruz (voz, violão e poesia), que interpreta o “Cantador de Histórias”; Fabrício Cruz (percussão e voz) como o “Sambista Malandro”; Morgan Mahira, (dança, voz e percussão) interpretando “A Fada”; Rafael Cardozo (percussão e dança) interpretando o personagem “O Gaudério”; Pablo Robira (ator, poesia), o “Maluco Sonhador”; Marcelo Crochemore (contrabaixo e voz) no papel de “O Alquimista Ventríloquo”; Jaqueline Lopes (atriz e voz), como a “Boneca de Pano” e Douglas Santos (ator e malabarista) interpretando “O Palhaço Malabarista”.

O espetáculo tem entrada franca, porém as senhas que dão acesso ao local da apresentação serão distribuídas a partir do dia 20/10, na administração do Museu da Baronesa, localizado na avenida Domingos José de Almeida, 1.490.

Redator: Sandra Lima
Fonte: pelotas.com.br
Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *