Raquel Leão na abertura do Som no Salão 2016 em Porto Alegre

O projeto Som no Salão inicia sua sexta edição com show de Raquel Leão no dia 20 de julho, às 20h, no Salão de Atos da Ufrgs (Av. Paulo Gama, 110), com entrada franca.

Radicada em Porto Alegre desde 2010, Raquel Leão, cantora, compositora, arte educadora e atriz paraense, apresentará uma prévia do lançamento de seu primeiro EP, intitulado Nega, em show com participação de Pramit, João Pedro Cé e Pedrinho Figueiredo.

Foto: Yamini Benites
Foto: Yamini Benites

Raquel Leão apresentará algumas canções inéditas que estarão em seu primeiro EP, financiado pelo Catarse e produzido por André Paz, que tem previsão de lançamento no final do ano. O trabalho é cheio de ritmo, força e mistura, como é a música popular brasileira. O show contará com a participação de Pramit, também cantor e compositor paraense radicado em Porto Alegre desde 2005; João Pedro Cé (guitarra), que irá apresentar uma música inédita, feita em parceria com a cantora, e Pedrinho Figueredo (flauta).

Com influências que vão do norte ao sul, Raquel Leão encontra raízes no Carimbó, no Lundum, na cumbia, nos tambores dos sons do Norte, na força da negritude ancestral somando-se, aos poucos, com trocas e experiências musicais com amigos gaúchos, que hoje já interferem nas suas composições.

O projeto Som no Salão recebe a cada ano cerca de cem inscrições. Já passaram pelo palco músicos como Trem Imperial, Tratak, Bhia Tabert, Fruet& Os Cozinheiros, Caio Martinez, Bandinha Di Da Dó, Funkalister, Marcelo Birck, Gustavo Telles & Os Escolhidos, Quiçá, se Fosse, Bianca Obino, entre outros. Os artistas contemplados ganham todas as condições técnicas de palco e de divulgação para a difusão do trabalho, além de terem seu show gravado pela UFRGS TV, que é parceira do projeto.

Confira a programação do Som no Salão 2016:

20 de julho
Raquel Leão, nascida em Belém do Pará, apresentará canções que tem uma batida sonora forte, bem marcada pela percussão que se faz presente em suas composições; uma música afro amazônica, cheia de ritmo balançado pelo rio.

14 de setembro
Quinteto Canjerana, com composições instrumentais de cunho nativista gaúcho e sonoridade mesclada da música de câmara, apresentando arranjos inovadores da música contemporânea.

9 de novembro
Medula Coletivo de Experimentos Sonoros, com trabalhos artísticos e teóricos que discutem ou se utilizam de sobreposições da música, arte sonora e artes visuais.

30 de novembro
Banda Calote, com músicas que são expressão “brasuca”, cozinhando na mesma panela os ritmos brasileiros, a essência da cultura verde e amarela dividida em cordas, ritmo e sopro, um suingue bem brasileiro.

ABERTURA SOM NO SALÃO 2016
SHOW COM RAQUEL LEÃO
Quando: Quarta-feira (20/7), às 20h
Onde: Salão de Atos da UFRGS (Av. Paulo Gama, 110)
Entrada Franca. Serão aceitas doações de 1kg de alimento

A partir das 19h, o público será recepcionado no saguão do Salão de Atos com uma exposição fotográfica, com imagens de Yamini Benites.

Criado em 2010, o Som no Salão tem possibilitado a aproximação de novas manifestações artísticas musicais com o público de Porto Alegre, a partir de espetáculos que tem como um de seus pilares a formação de plateia, uma vez que os projetos selecionados apresentam uma diversidade de estilos musicais. São trabalhos cuja originalidade, singularidade e qualidade possibilitam uma experiência sonora para além do entretenimento. Desenvolvido e coordenado pela administração do Salão de Atos da Ufrgs, o Som no Salão tem o objetivo de promover o acesso e firmar uma ação cultural para este espaço, que é um dos principais equipamentos culturais de Porto Alegre.

Acompanhe novidades sobre o projeto: www.ufrgs.br/salaodeatos
www.facebook.com/somnosalao
Mais informações: salaodeatos@ufrgs.br | (51) 3308 3058

Fonte: Raphaela Donaduce Flores – Dona Flor Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *