Festival do Peixe na Colônia Z3 em Pelotas

Neste domingo, pelotenses e visitantes poderão aproveitar programação com atrações e farta gastronomia típica.

Neste domingo (20), a partir das 9h, moradores de Pelotas, região e de outras localidades poderão desfrutar de uma programação diferente, que envolverá gastronomia, cultura, arte, lazer, entretenimento, turismo, comércio e outros itens. O Festival do Peixe, na Colônia de Pescadores Z3, reunirá estas opções.

Colônia de Pescadores aguarda o público com diversificadas atrações ¬ Foto: Marcel Ávila/Arquivo

Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), Emater, Associação de Feirantes Pescadores Artesanais de Pelotas e Sindicato dos Pescadores são responsáveis pela agenda de atrações, que inclui culinária típica, passeios de barco, bancas de artesanato e animação musical, entre outros.

O Festival do Peixe será junto à Associação de Feirantes Pescadores Artesanais, a caminho da praia do Junquinho. As receitas do cardápio serão preparadas pelas próprias famílias da Colônia Z3.

Preços populares das refeições e lanches
Pratos
Prato 1 – uma tainha/anchova assada, arroz branco, farofa, salada verde – R$ 20,00
Prato 2 – uma tainha/anchova em posta frita, arros, farofa, salada verde – R$ 20,00
Prato 3 – moqueca de peixe, arroz e salada verde – R$ 20,00
Unidades
Tainha assada – R$ 15,00
Peixe frito (postas) – R$ 3,00
Bolinho de peixe – R$ 1,50
Arroz (porção) – R$ 2,00
Farofa (porção) – R$ 2,00
Filé de peixe – R$ 3,00
Pastéis e outros
Recheio de camarão – R$ 13,00
Recheio de carne – R$ 6,00
Recheio de siri – R$ 10,00
Porção de batata frita (400 gramas) – R$ 8,00
Cafezinho – R$ 2,00

Entre as atividades de lazer, destaca-se passeio de barco na Lagoa – Foto: Janine Tomberg/Arquivo

Atrações do evento
A festividade disponibilizará passeio de barco na Lagoa dos Patos. Uma das curiosidades da programação será a “Oficina de Moqueca”. Moradoras da Z3 darão instruções sobre o preparo do tradicional iguaria, e será distribuído panfleto, elaborado pelas pescadoras Dilce Bittencourt Chagas e Deise Chagas, com duas receitas da culinária com pescado.

A Escola de Ensino Fundamental (Emef) Raphael Brusque fará apresentações artísticas e culturais a partir das 11h. Na estrutura montada para o Festival, haverá bancas de artesanato e produtos típicos, além de exposição de equipamentos e máquinas.

Agroindústria de pescado
A agroindústria de pescado da Z3 encontra-se em obras. Todo o recurso arrecadado no Festival será destinado aos avanços do projeto. O peixe comercializado nas feiras e bancas tem de ser processado em local adequado, específico para manipulação, beneficiamento e acondicionamento. Antigas instalações, fechadas há alguns anos, passam por reforma e adequação às exigências de boas práticas.

Texto: Tânia Magalhães
Fonte: pelotas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *