Curso de Turismo apresenta projetos em comemoração aos 10 anos

As atividades em comemoração aos 10 anos do Curso de Tecnologia em Gestão de Turismo da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) já começaram. Durante este ano, vinculados ao cinquentenário da instituição, foram propostas várias ações que estão em execução. Exposições, roteiros e eventos integram a programação, que será realizada ao longo de 2010.

66319042010115244O Projeto de Exposição Turística, que dura o ano todo, iniciou com a exposição “Turismo na Zona Sul”, em março, sob responsabilidade de Iarita Veronez. Este trabalho, além da mostra no Espaço de Convivência da UCPel, também foi apresentado no evento Estação Diário Popular, que ocorreu na tarde de 10 de abril. A próxima atração será a exposição “Gaúcho: do Pampa ao Mar”. Também fazem parte deste projeto as exposições: “Guia de Turismo” e “Homenagens à Pelotas”.

Em sua 2ª edição, a Blitz do Doce promoverá distribuição de doces aos condutores que circularem em frente ao Theatro Sete de Abril. Segundo a coordenadora do curso, Cristina Porciúncula, a iniciativa visa integrar a Feira Nacional do Doce (Fenadoce) com o município. “Queremos demonstrar para a comunidade que o doce é uma referência na cidade, mas sempre deve ser ligado ao patrimônio histórico. Por isso a escolha do local para a distribuição”, explica.

O Projeto Palmilhar Social propõe um passeio pelos principais prédios que circundam a Praça Coronel Pedro Osório. Tem por objetivo levar ao público a história de Pelotas através de sua riqueza arquitetônica presente nos prédios ao redor da praça central. A ideia é esclarecer a verdadeira riqueza do patrimônio cultural histórico, bem como a origem da cidade, para os moradores de Pelotas. O projeto ocorre há cinco anos, graças à renovação feita a cada semestre por alunos que abraçam esta causa.

O Projeto Qualificação Turística e o Projeto Percorrendo Pelotas também participam do quadro de atividades 2010 do Turismo.

Os alunos do curso que integram o Laboratório de Eventos estão motivados para as comemorações e dispostos a divulgar o turismo local. Raimundo Sousa Júnior, aluno do 3º semestre, ressalta a importância que a divulgação dos projetos gera para a progressão do curso. “Reunimos nossos conhecimentos para mostrar à comunidade o potencial turístico de Pelotas, e, assim, proporcionar a estas pessoas melhor conhecimento de sua própria cidade”, destaca. “Acho legal fazer parte do Laboratório de Eventos, pois além de estar aprendendo, conheço coisas novas que até então desconhecia”, diz Schimeny Muller, também aluna do 3º semestre.

Apreciar, valorizar e aprender um pouco mais sobre os pontos turísticos de Pelotas estão entre as prioridades dos projetos. Cristina diz ser importante identificar o quanto o curso se consolidou no mercado. Ao mesmo tempo em que divulgam a graduação, os alunos contribuem para o turismo da região. “O curso é o espelho do trabalho qualificado dos professores, que ao longo destes anos desenvolveram ações tanto para a evolução do curso quanto para a do setor turístico da cidade. Estamos com um novo olhar sobre os projetos que estão sendo retomados. Há participação tanto de formandos quanto de novos alunos”, conclui.

Fonte: ucpel.tche.br

Sobre Deco Rodrigues 6117 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.