Desfile Performance: Puta Dei com a Daspu e convidados em São Paulo

Parte de cima da passarela instalação com técnica de fotografia cianótipo

Passarela-instalação da Kinguio CasaArtStudio cria espaço ativo para o desfile performance da Daspu no Sesc Pompéia na Virada Cultural de São Paulo de 2015.

Na Rua Central do Sesc Pompéia, a Daspu realizará um Desfile com o tema “Puta Dei” numa atmosfera de bordel e uma passarela-instalação que será ativada com performances, dando visibilidade para a luta política das prostitutas, que ainda é extremamente silenciada e invisível. Elke Maravilha, madrinha das prostitutas, abrirá a passarela num lindo ritual profano. Laerte e outros parceiros ocuparão o espaço com ativistas, prostitutas, travestis, transexuais e atores. Lady Incentivo fará trilha ao vivo do desfile.

A passarela-instalação Tecidos Vivos peles em transa será criada pelo coletivo de arte de São Paulo Kinguio CasaArtStudio, pelas artistas Daniela Pinheiro, Patricia Camelatto e Mariana Farcetta. “Tecidos Vivos é um negativo da superfície, que se faz pele, a pele que transita. Para o desfile performance será construída uma superfície em negativo que ocupará o chão com 22m x 3m e parte da parede de 5m x 3 m , espaço para intervenção dos performers para o Puta Dei. O processo de construção da instalação é o que traz a tona a pele superfície e a pele corpo dos performers. Peles em transa e trânsito. Terra e corpo, pele e pele”, comentam as artistas.

O projeto Tecidos Vivos do coletivo de arte Kinguio CasaArtStudio é uma obra em processo, uma instalação transitória que propõe uma vivência por meio da performance. O objeto artístico é construído artesanalmente com costura em tecidos e técnica de fotografia cianótipo. Tecidos Vivos – é a 2° edição do projeto, que foi realizado anteriormente em residência artística na Estação Rural de Arte e Tecnologia Nuvem no Rio de Janeiro

Desde, o ano de 2013 que a Kinguio CasaArtStudio vem desenvolvendo trabalhos interventivos, instalações e registros imagéticos, junto a Daspu. No desfile da Daspu, na Cia do Faroeste, a Kinguio levou a instalação interventiva Type Stove em “Putas Palavras”.

A Daspu para o Puta Dei 2015 apresentará uma coleção em parceria com o estilista Ale Marques e Marcita da À dor amores com elementos e referências das “zonas de promiscuidade”, que rompe com as questões normativas de gênero. “Os gêneros são muitos e nas zonas de promiscuidade eles se reinventam na medida em que traçam novas linhas de passagem à deriva de um lugar “sabido” para o prazer e o sexo, comenta Elaine Bortolanza, coordenadora e produtora da Dapu em São Paulo. As peças para o desfile e a nova coleção de camisetas trarão desenhos de Laerte, inspirados nos corpos sem gênero definido que se reinventam na relação com a cidade.

Desfile Performance: Puta Dei com a Daspu e convidados
Abertura da Virada Cultural SESC Pompéia e Puta Dei: Desfile Performance
Onde: R. Clélia, 93 – Vila Pompeia, São Paulo – SP
Quando: 20 de junho às 21h de 2015

Fotos: Daniela Pinheiro

Sobre a Daspu
Daspu foi criada em 2005 pela prostituta e escritora da autobiografia “Filha, Mãe, Avó e Puta” Gabriela Leite. Ativista e fundadora do movimento de prostitutas no Brasil. Criou a Daspu para dar visibilidade para o movimento e sustentabilidade das ações do Davida, organização fundada na década de 90 também por Gabriela. Com a repercussão nacional e internacional, acabou se tornando um dispositivo cultural que dialoga com as questões relacionadas ao corpo no embate com a sexualidade, gênero, a cidade e a prostituição. Em São Paulo quem está à frente da Daspu é Elaine Bortolanza, que vem atuando em diferentes espaços com questões que permeiam o movimento de prostitutas e suas conexões com as políticas de subjetivação contemporânea.

Sobre o coletivo Kinguio CasaArtStudio
Kinguio é uma CasaArtStudio criada pelas artistas gaúchas Daniela Pinheiro e Patricia Camelatto, no ano de 2011 com sede na cidade de  São Paulo. Com ênfase em  arte contemporânea, poéticas visuais e outras demais expressões artísticas, humanas, ecológicas, clínicas, intergalácticas que passam como linhas fluidas. O coletivo tem como proposta a intervenção transitória, isto é, profissionais de diversas áreas de atuação se fundem e compõem em um trânsito multidimensional processos coletivos de criação com a Kinguio CasaArtStudio.

Sobre Deco Rodrigues 6378 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.