Exposição Em jogo reúne oito jovens artistas da UFPel

No dia 10 de janeiro inaugurou na Fundação Ecarta, na rua João Pessoa, 943, a exposição “Em Jogo”. A mostra reúne trabalhos de oito jovens artistas da Universidade Federal de Pelotas: André Winn, Carolina Moraes Marchese, Erika Romaniuk, Karen Campos, Luana Alt, Morgana Ávila, Thiago Reis, Vini Albernaz. A exposição faz parte do projeto de extensão Lúdico Cotidiano, do Centro de Artes da UFPel.

As obras em escultura, gravura, desenho, fotografia e objeto tem como ponto em comum a ludicidade, em um jogo entre a inocência infantil e a força do trabalho, da matéria e do tema. Segundo a artista plástica e doutora em Artes Visuais Adriane Hernandez, curadora da mostra, isso pode ser percebido de dois modos distintos, mas que desembocam em uma similaridade essencial. “O primeiro aponta para a vontade de jogar (brincar): com as formas, as linhas do desenho, as cores e com a inversão dos sentidos comuns, presentes no cotidiano das pessoas. O outro modo traz a energia do trabalho (produção), contida na tenacidade, com a tentativa de equilíbrio, de reconstrução, de eterna perda e eterno reformular. Encontramos aí a ideia do jogo de construção e desconstrução que fazem parte da nossa vida desde a infância, como no puzzle, por exemplo”, analisa.

A artista Erika Romaniuk chama a atenção para o fato de que, apesar de ser uma exposição conjunta de oito artistas, “Em Jogo” não é uma coletiva. “Não nos reunimos para produzir, a exposição não é de criação coletiva, não somos um coletivo, cada trabalho tem uma criação individual desde sua idealização até o final de sua produção. Nossa união se dá com a intenção de apresentar os trabalhos em formato de exposição”, explica.

A curadora, Adriane Hernandez, é artista plástica, professora de Pintura na Universidade Federal de Pelotas e doutora em Artes Visuais na UFRGS. Vem realizando diversos projetos coletivos e atuou como coordenadora da Galeria do Centro de Artes da UFPel. A mostra ficará na Galeria Ecarta até o próximo dia 27. O público poderá visitar sempre de terças a sextas-feiras, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 20h; e domingos, das 10h às 18h. Entrada franca.

Fonte:
Coordenadoria de Comunicação Social
Universidade Federal de Pelotas

Sobre Deco Rodrigues 6126 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.