Festival Manuel Padeiro divulga trabalhos premiados

O Festival Manuel Padeiro de Cinema e Animação, a partir desta segunda edição, se consolidou definitivamente no Município como importante instrumento de fomento à sétima arte, bem como incluiu, Pelotas na relação dos grandes festivais de cinema do País.

87724c5a7aa3f1d4fa9d1df039d9c339O Festival teve início na última quarta-feira (1º), no Parque da Baronesa, estendendo-se até sábado (04), quando ocorreu a premiação dos melhores trabalhos nas dependências do auditório D. Antônio Záttera, da Universidade Católica de Pelotas. A cerimônia, comandada pela coordenadora do Curso de Cinema e Animação da UFPel, contou com a apresentação de esquetes do Palhaço Bolaxa, interpretado pelo ator Lóri Nélson.

Os grandes vencedores da noite foram “O som do tempo” (CE), documentário de Petrus Cariry, e “Darluz” (SP), curta-metragem universitário de Leandro Goddinho, que levaram, respectivamente, cinco e quatro dos prêmios. Além destes, também foram premiados os curtas “Enciclopédia” (RS), “Garoto-Barba” (PR), “I killed a man” (SP), “Menina da Chuva” (RJ) e “Vida Boa” (SP). Os vencedores das categorias principais levaram para casa, além da estatueta Manuel Padeiro, o prêmio de R$ 2.500,00 e as subcategorias concederam aos premiados uma quantia de R$ 1.050,00.

Por categorias, a premiação ficou assim definida:

Melhor Trilha Sonora: O Som do Tempo (CE), de Petrus Cariry;
Melhor Direção de Arte: Garoto-Barba (PR), de Christofer Faust;
Melhor Fotografia: O Som do Tempo (CE), de Petrus Cariry;
Melhor Atriz: Mawusi Tulani, por Darluz (SP);
Melhor Ator: Eduardo Sandagorda, por Enciclopédia (RS);
Melhor Montagem: O Som do Tempo (CE), de Petrus Cariry;
Melhor Roteiro: Darluz (SP), de Leandro Goddinho;
Melhor Direção: O Som do Tempo (CE), de Petrus Cariry;
Melhor Vídeo Universitário: Darluz (SP), de Leandro Goddinho;
Melhor Videoclipe: I killed a man (SP), de Baga Defente;
Melhor Filme de Animação: Menina da Chuva (RJ), de Rosária Moreira;
Melhor Documentário: O Som do Tempo (CE), de Petrus Cariry;
Prêmio da Crítica da Ass. de Críticos de Cinema do RS – ACCIRS: Darluz (SP), de Leandro Goddinho;
Prêmio Melhor Filme pelo Júri Popular: Enciclopédia (RS), de Bruno Barreto;
Melhor Filme de Ficção: Vida Boa (SP), de Marcelo Presotto;
Menção honrosa: à vinheta animada que relaciona uma cena clássica do filme Rei Leão (Disney) com a logomarca do Manuel Padeiro, de Márcio Vetromila (aluno IAD-UFPel).

A 2ª edição do Festival Manuel Padeiro foi uma realização da Gaia Cultura e Arte e do Curso de Cinema e Animação da UFPel, com apoio da Secretaria Municipal da Cultura (Secult) – Prefeitura Municipal de Pelotas, ACCIRS Sanep – UFPel, UCPel, Prometal, Oficina de Gente, Theatro Sete de Abril, Fundacine, IECINE, Ibracim, Cineclube Zero3, MALG e SaMALG. O evento contou com o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura e patrocínio master de Girando Sol.

Fonte: pelotas.com.br

____________________________________________________________________
!- e-Cult Pelotas/RS Você também pode participar! Veja como é fácil.

Sobre Deco Rodrigues 6221 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.