Grande Prêmio Princesa do Sul marca retomada do Jockey Club de Pelotas

O Grande Prêmio Princesa do Sul acontece domingo(10), às 17h, no Hipódromo da Tablada, marcando a retomado do Jockey Club de Pelotas (JCP) como referência no turfe do sul do Estado. “Estamos muito satisfeitos em reerguer este patrimônio da comunidade, que sempre foi uma referência turfística na região”, salienta o presidente da entidade, Carlos Moreira Mazza. As festividades começam no sábado(9), às 14, com uma série de quatro páreos. O destaque do dia é o Grande Prêmio Milha (1.600 metros), prova em homenagem ao Presidente do Jockey Club do Rio Grande do Sul, José Vecchio Filho.

No domingo serão seis páreos, com início às 10h. Durante a tarde a programação prevê o Grande Prêmio Velocidade (1.200 metros), que homenageia o prefeito de Pelotas, Adolfo Fetter Júnior. Na seqüência, às 17h, acontece a mais importante prova clássica do interior do país, o Grande Prêmio Princesa do Sul que contará com a participação de dez animais de diferentes cidades gaúchas. A expectativa da diretoria é que 15 mil pessoas compareçam ao Hipódromo da Tablada para prestigiar os páreos do final de semana. Estão previstas homenagens a figuras que marcaram o turfe ao longo dos 80 anos de existência da entidade, entre elas Antônio Satte Alam, Frederico Carlos Lang Filho e Antônio Carlos Veiras Martins.

Dos 43 hipódromos brasileiros, apenas 18 seguem em funcionamento. O JCP é um dos mais antigos do país. Fundado em 22 de junho de 1930, faz parte do Patrimônio Histórico e Cultural da cidade de Pelotas. Ocupando 28 hectares em local privilegiado da zona norte da cidade, o Hipódromo da Tablada é destacado por seu valor histórico. Durante o ano de 2010 a entidade teve sua Carta Patente cassada pelo Ministério da Agricultura, mas após uma ação conjunta entre diretoria e empresários locais, o Jockey Club de Pelotas conseguiu reabrir suas portas e retomar as atividades.
 
Fonte: Gabriela Mazza
Jornalista – MtB: 9838
SATOLEP PRESS

Sobre Deco Rodrigues 6376 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.