Grito Rock Pelotas 2013

Pelotas se prepara para a celebração da edição do maior festival do mundo. Além da cidade, mais 40 cidades realizam o Grito Rock no região Sul.

O Grito Rock Mundo 2013 reúne neste ano, em Pelotas, bandas da cidade, de outras partes do estado e uma atração internacional, direto da Argentina durante 5 dias de muita música, cênicas, artes visuais, sustentabilidade entre outras intervenções.

Em Pelotas o evento entra na sua 4° edição e é realizado pela Casa Fora do Eixo Pelotas, de 20 a 24 de fevereiro. A ideia deste ano é ocupar os espaços públicos da cidade, levando um pouco do Grito para cada canto público que a comunidade pelotense no seu dia a dia toma para si como um local habitável e familiar.

Em 2013, o Festival Grito Rock alcança 300 cidades de 30 países diferentes. Além dos latinos, outros países da Europa, Oceania, África, integram-se ao evento. Produzido desde 2005, o Grito foi criado como uma alternativa ao carnaval tradicional e nesse ano acontece entre o período de 1º de fevereiro a 03 de março. Estima-se a criação de aproximadamente 3 mil vagas para bandas de todo o país e turnês de pequeno, médio e grande portes, que devem ligar diversas regiões brasileiras. A produção envolve cerca de 9 mil pessoas trabalhando direta e indiretamente, sendo divididos entre empregos formais e informais, autônomos, voluntários e colaboradores da produção.

O projeto foi idealizado pelo coletivo Espaço Cubo no ano de 2003 em Cuiabá (MT). Com a criação do Fora do Eixo, em 2005, o projeto se ampliou de forma conceitual e geográfica, envolvendo produtores de todo o país. Na última edição, em 2012, foram 205 cidades realizadoras e envolvendo a participação direta de, aproximadamente, 700 produtores culturais de 15 países.

O Grito Rock Pelotas começou a ser pensado em dezembro de 2012, e desde então, recebeu inúmeros parceiros. Através de uma reunião aberta no mês de janeiro, a Casa Fora do Eixo Pelotas, antigo Sotaque Coletivo, separou cada pessoa dentro das campanhas que fazem parte da composição do GR Mundo. A equipe nacional de produção do Festival sugere a cada ano algumas campanhas de integração das edições que servem também de auxílio na produção dos eventos em cada uma das cidades.

O objetivo das campanhas é compartilhar tecnologias e ideias que facilitam ou potencializam as edições locais do festival. São campanhas que, por exemplo, apresentam novas formas de sistematizar e organizar informações; sugerem integração artística com as artes visuais, teatro, entre outras linguagens; que indicam opções de divulgação, ou as que propõem opções para tornar o projeto sustentável, como a campanha de “Hospedagem solidária” ou “Capte seu Grito”, que auxilia na busca de patrocinadores para o festival.

Acompanhe mais sobre o restante das campanhas aqui. A cada dia, a programação do Grito Rock busca não apenas integrar cenas independentes e importantes da cidade, como também, busca integrar outros grupos que não sejam apenas na música, com tenda de economia solidária, sessão de filmes para crianças, sustentabilidade e o incentivo cultural para com o público da cidade, fazendo com que assim a cidade venha junto para ocupar os espaços por onde o grito irá passar.

Quarta, dia 20, o Grito Rock tem início na Casa Fora do Eixo Pelotas, com o show da Banda Antique, com Daniel Balhego e Felipi Rotta, às 20h. A noite começa de fato às 18h, com o Camelô 2.0, distribuição de cd’s, camisetas e livros que circulam pelo Brasil inteiro, de artistas de várias partes do país, compreendendo um comércio justo e solidário. A casa irá receber também uma exibição de filme e uma esquete de teatro.

Dia 21, a programação começa às 9h:30min com a Oficina sobre “Cidades Criativas”, ministrada pelo coletivo Artcidade Criativa. No final da tarde da mesma quinta feira, ao lado do Secult, a programação começa às 18h com uma esquete de teatro, mais o Camelô 2.0 e apresentações musicais. Às 19h:15min tem She Hoos Go, de Pelotas, mais a atração internacional vindo direto de Buenos aires, Argentina, Petit Mort, que se apresenta às 20h:15min. Logo após a apresentação, teremos o Campacto.cine, dose de um novo pensar na distribuição audiovisual, com exibições gratuitas de FIilmes independentes.. Lembrando também que todos os shows terão transmissões online.

Dia 22, sexta, a Casa Fora do Eixo Pelotas abre novamente suas portas, agora com a PósTv sobre Gestão de Carreira com a banda Topsyturvy de São Paulo às 15h. Às 18h o encontro é no Mercosul (antiga Brahma) com atração musical das bandas Pilhas (Butiá/RS), a própria Topsyturvy e a Vetitum (Pelotas/RS). Durante os shows estará acontecendo esquete de teatro, estimulando a diversidade e a integração das artes cênicas à programação dos festivais e a campanha Expo.Grito no local, incentivando o encontro de artistas locais para intervenções urbanas na cidade.

No sábado, 23, vamos deslocar todos os equipamentos para a Praça Dom Antônio Zattera pouco antes das 16h e às 17h a banda Convés Imaginário de Pelotas, já começa a tocar. Seguida de Saturno de José (Esteio/RS) às 18h, Suburban Stereotype (Pelotas/RS) às 19h, Freak Brothers (Pelotas/RS) às 20h, Dr. Hank (Porto Alegre/RS) às 21h e Zudizilla Luz (Pelotas/RS) às 22h. Contará também com esquetes de teatro e campanhas como o grito verde, que propõe a discussão de práticas e valores socioambientais, construindo um evento comprometido com as preocupações globais em relação ao Meio Ambiente, e o grita gurizada, que inclui crianças e adolescentes nos festivais, através de esportes, literatura, cinema, gincanas entre outros. E mais transmissão dos shows pela PósTV, tenda de literatura, camelô 2.0 e a exibição do Compacto.Cine.

O encerramento, no domingo, dia 24, será na Casa Fora do Eixo Pelotas com a quinta edição do Sofá na Rua, fazendo a R. Tamandaré entre XV e Andrade Neves ser fechada e ocupada por um sofá no meio da rua, com expositores ao redor e uma ou mais bandas se apresentando. Para o festival, receberemos as bandas Vade Retrô (Pelotas/RS) e The Sorry Shop (Rio Grande/RS) mais artistas da Expo.Grito, esquetes de teatro, Compacto.Cine, Grito Verde, Gurizada, tenda de literatura, camelô 2.0 e as transmissões dos shows ao vivo pela PósTV.

Serviço
Grito Rock Pelotas 2013
20 a 24 de fevereiro de 2013
Entrada Gratuita
Evento: http://on.fb.me/VS6KeY

Endereços

Casa Fora do Eixo Pelotas: R. almirante tamandaré, 608 – porto (entre xv de novembro e andrade neves)

DCE UFPel: R. Gonçalves Chaves, 660, (esquina r. Sete de Setembro)

Em frente a Secult: R. Lobo da Costa – Centro (entre R. Félix da Cunha e R. Gonçalves Chaves)

Mercosul Cultural (antiga Brahma): R. Benjamin Constant – Porto (entre R. José do Patrocínio e R. Dr. João Pessoa)

Praça Dom Antônio Zattera: Av. Bento Gonçalves (entre R. Andrade Neves, Padre Anchieta e Dr. Amarante)

Sobre Deco Rodrigues 6329 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.