“Mandinho” de Leandro Maia – download gratuito

Divulgação:

Mandinho, título deste projeto, é uma expressão típica da cidade de Pelotas, no interior do Rio Grande do Sul. É uma referência carinhosa à primeira infância, um termo representativo das variantes linguísticas da metade sul do estado, mais especificamente na fronteira com o Uruguai.

Ao radicar-se em Pelotas, o compositor Leandro Maia frequentemente ouvia: “E o mandinho, cadê?” – pergunta dos pelotenses sobre Gonçalo, seu filho pequeno. “Está bem, obrigado”, respondia e logo ouvia um “Merece”, substituindo o “de nada”. “Mandinho”, “merece”, “quando meu filho começar a falar, vai ser assim” – pensava Leandro ao andar pelas ruas de Pelotas com Gonçalo na cacunda. É desta relação de pai e filho que surgiu este trabalho.

O álbum tem 12 canções e conta, ainda, com cinco faixas bônus em formato de karaokê, ou playback. Com mixagem e masterização caprichada de Luiz Ribeiro (que trabalha com artistas como Ivan Lins e Hermínio Bello De Carvalho), a arte do disco foi realizada com as ilustrações de Rodrigo Núñez (professor do Instituto de Artes da UFRGS) e com o design gráfico da artista visual Regina Veiga.

A versão Aplicativo Mobile Mandinho 1.0 foi desenvolvida por Alexsandro Teixeira e já está disponível para iPhone (podendo ser baixado em iPads) e em breve para Android. Todas as canções receberam versão karaokê, além de maior interatividade de conteúdo. O trabalho tem distribuição física e virtual pela Tratore.

O disco Mandinho tem financiamento do Procultura – Programa de Apoio àCultura da Prefeitura Municipal de Pelotas.

PRESENTE DE PÁSCOA PARA AS CRIANÇAS: até o domingo 31 de março, a música Samba da Páscoa está disponível para download gratuito na página https://soundcloud.com/mandinho/samba-da-pascoa e no sitewww.mandinho.com.br (com versão karaokê)

Em Samba da Páscoa, canção composta na época em que Leandro era professor de Educação Infantil, a mensagem de paz e diversidade cultural é visitada com o ritmo brasileiro, lembrando que os portugueses chegaram ao Brasil justamente nesta época após a quaresma, “um mês e pouco após o carnaval”. A história é contada com o luxuoso piano de André Mehmari, com ares de Ary Barroso, em meio à percussão de escola de samba de Mimmo Ferreira e Edu Pacheco. Um verdadeiro samba-exaltação sobre o tema, desenvolvido como se fosse um enredo de passarela.

Confira a letra da faixa 2 de Mandinho:

SAMBA DA PÁSCOA (Leandro Maia) – BR-N40-12- 00002

Tem novidade que todo o ano se repete
Um mês e pouco após o carnaval
É coisa muito antiga, mas tem gente que esquece
O motivo desta data especial

O povo hebreu atravessou
A pé o antigo Egito sim senhor
Moisés com seu cajado especial
Movido a vento cruzou todo o litoral

Coelhinho da Páscoa, pra mim, o que trazes?
Só quero que o mundo faça as pazes
Coelhinho da Páscoa, o que trazes pra mim?
Só quero que essa briga tenha fim

É tempo de colher marcela
depois da plantação
No norte, primavera
Aqui não é mais verão

Dia do índio, Tiradentes, coisa e tal
Pindorama, paraíso, novidade tropical
Foi quando “Terra à vista” a Caravela de Cabral
Apelidou de Monte Pascoal

Na sexta-feira: peixe
Na quinta-feira: peixe
No sábado: marmelo não é
Varinha de Condão

Na sexta-feira: peixe
Na quinta-feira: peixe
Domingo tem churrasco
De carneiro no galpão

Coelhinho da Páscoa, pra mim, o que trazes?
Só quero que o mundo faça as pazes
Coelhinho da Páscoa, o que trazes pra mim?
Só quero que essa briga tenha fim

André Mehmari – piano
Edu Pacheco – repinique, caixa e tamborins
Mimmo Ferreira – surdo e tamborins
Leandro Maia – voz e violão

Informações:
contato@leandromaia.com.br
www.leandromaia.com.br

Sobre Deco Rodrigues 6290 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.