Marcovaldo selecionado em novo Festival

marcoO curta-metragem Marcovaldo foi selecionado para o XIII Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental – XIII FICA.A comissão de seleção recebeu 414 filmes com temática ambiental oriundas de diversas partes do mundo, sendo selecionadas 30 produções – 14 curtas-metragem, 6 médias-metragem, 7 longas-metragem e 3 séries televisivas – provenientes de 7 países: Brasil (com 21 produções), França e República Tcheca (cada país com 2 produções), além de Itália, Holanda, Chile, China e Armênia (cada país com 1 produção).

Da seleção brasileira de filmes e vídeos ambientais, participam 8 estados: Rio de Janeiro (5 produções), São Paulo (4 produções), Goiás (4 produções) Pernambuco (3 produções), Ceará (2 produções), além de Distrito Federal, Rio Grande do Sul e Minas Gerais (1 produção por estado).

O conjunto das obras selecionadas para compor a programação da Mostra Competitiva do XIII FICA apresenta uma abordagem temática variada e em sintonia com a pauta dos mais recentes debates sobre as questões ambientais que preocupam, ameaçam e afetam as sociedades contemporâneas. As produções tratam de conteúdos que vão do reaproveitamento criativo do lixo à exploração econômica predatória dos recursos naturais; passando pela poluição ambiental e suas consequências à saúde; da invasão das indústrias e do concreto a áreas verdes no campo e na cidade à resistência das comunidades; das mudanças climáticas e seus resultados em longo prazo aos conflitos ambientais, sociais e econômicos gerados pelas grandes monoculturas. Tratam também da responsabilidade socioambiental de empresas multinacionais que exploram os trabalhadores e degradam o meio ambiente nas regiões mais pobres do mundo; do consumo exacerbado, do desperdício e das dificuldades sócio-ambientais no manejo dos resíduos. Da miséria escondida em altas taxas de crescimento econômico; fragmentos de urbanidade; da soberania da máquina perante o homem; dos maus tratos contra animais. As políticas públicas voltadas para o meio ambiente: avanços e retrocessos. A questão do ativismo, da militância, das memórias de resistência; dos rituais, das relações entre os mundos natural e sobrenatural; da necessidade de aproximação entre os saberes tradicional e científico e de uma nova postura que conduza ao desenvolvimento sustentável, tornada possível por meio de uma nova abordagem educacional e cultural, pautada pelo respeito à diversidade natural e simbólica.

O Festival ocorrerá de 14 a 19 de junho na cidade de Goiás/GO e Marcovaldo estará representado por um membro da equipe Moviola.

Fonte: moviolafilmes.blogspot.com

Sobre Deco Rodrigues 6223 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.