Relógio do Mercado Central – Fotolegenda no Cultiveler.com

Foto: Márcia Lisboa
Foto: Márcia Lisboa

O relógio do Mercado central marcava as horas de um tempo indefinido. Tudo à volta era sossego, ao menos na realidade da indefinida hora. O tempo tem uma poética que o caracteriza. Para entendê-la temos de discernir que gênero de horas normatiza nosso dia-a-dia. As horas dos ponteiros visíveis ou invisíveis? A resposta necessita reflexão. Comecemos este sábado (27) pensando nisso. Mudaremos o mundo. Não… Mas por certo algo dentro de nós mudará.

Fonte: cultiveler.com

Sobre Deco Rodrigues 6229 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*