Resposta de Bia Araújo à Fetter Júnior

Segue caencontro_vigilia-culturalrta que será publicada amanhã (quinta, dia 05 de novembro) no jornal Diario Popular em resposta a forma pouco respeitosa que o prefeito Fetter Jr, em entrevista no domingo ao jornal tratou a Vigilia Cultural.
Conversa mole? Ou seria pra boi dormir?
Bia Araújo responde:

“O prefeito Fetter acha pobre a discussão sobre cultura e atribui a mim a criação da Vigília Cultural, movimento legítimo e plural que defende a Cultura, pleiteando – inicialmente – a manutenção da Secult da forma como foi concebida, a realização da III Conferência de Cultura, conquista do movimento brilhantemente conduzido pelo vereador Eduardo Leite, além da criação do Sistema Municipal de Incentivo a Cultura, que integra o Plano deste Governo e está disponível no site da Prefeitura.
Fui, sim, secretária de cultura do prefeito Bernardo e, após seu afastamento, tentei, sem sucesso, dar continuidade à implementação do Pró-Cultura. Se tivesse contado com a vontade do atual prefeito, todos sabem que a Pelotas de hoje teria mais do que restaurações financiadas pelo Governo Federal.
A Vigília Cultural não possui donos. Possui motivações! Está aí para quem quiser ver. Quem não quer ver, que feche os olhos. Quem não quer ouvir, deve tapar os ouvidos. A Vigília seguirá e as vozes se farão ouvir pelos que acreditam na cultura como a base para a transformação social.

Esta é a platéia da Vigília!”

Beatriz Araujo – Produtora Cultural

Texto extraído do Blog de Caio Lopes – Produtor Cultural
Resposta da produtora cultural Bia Araujo ao prefeito Fetter Jr

Nota da Redação: Os artigos sempre são de responsabilidade do autor, por isso são assinados e não refletem, necessariamente, a linha ou pensamento do e-Cult, nem dos profissionais que nele trabalham. Os artigos são escritos justamente para abrir discussões sobre temas importantes.

Sobre Deco Rodrigues 6231 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.