RS: Sonora Brasil Sesc tem intensa programação musical no segundo semestre de 2014

Foto: Laureano Bittencourt

Com o tema “Tambores e Batuques”, projeto leva apresentações a oito cidades do Estado.

A 17ª edição do Sonora Brasil Sesc traz ao Rio Grande do Sul uma série de espetáculos musicais neste segundo semestre de 2014, os quais têm como tema “Tambores e Batuques”, apresentando manifestações da tradição oral presentes em comunidades quilombolas. São quatro circuitos musicais que circularão em oito cidades do Estado – Canoas, Novo Hamburgo, Montenegro, Camaquã, Pelotas, Alegrete, Santa Rosa, Passo Fundo, totalizando 32 apresentações entre julho e novembro.

Também pela primeira vez, o Sesc promove no Rio Grande do Sul a Mostra Sonora Brasil, programada para acontecer entre 22 e 25 de agosto, no Teatro Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665), em Porto Alegre. A semana terá programação intensa com quatro shows das bandas Alabê Ôni (RS), Raízes do Samba de Tocos (BA), Raízes do Bolão (AP), Samba de Cacete de Vacaria (PA), além de oficina musical com a Alabê Ôni (RS).

Foto: Laureano Bittencourt

O primeiro circuito inicia no dia 25 de julho, com a apresentação do grupo gaúcho Alabê Ôni, em Canoas. O grupo é formado por quatro músicos pesquisadores que se dedicam à recuperação da história do tambor de sopapo — o Grande Tambor, e traz ao palco do Sonora Brasil repertório de maçambiques, quicumbis, alujás e candombes, manifestações da cultura negra gaúcha ligadas à tradição religiosa. A sequência de apresentações do conjunto encerra no dia 02 de agosto, em Passo Fundo.

No dia 25 de agosto, será a vez da banda Raízes do Bolão, do Amapá, iniciar a série de apresentações, que passam pelas demais cidades até o dia 02 de setembro. O grupo utiliza os tambores de marabaixo fabricados pelo Mestre Pedro Bolão, e também apresenta os batuques (bandaias) tocados em tambores cavados em tronco de árvore e em pandeirões que remetem a influências da cultura moura. O marabaixo é muito valorizado pela população do Estado e reconhecido em sua identidade local.

O grupo baiano Raízes do Samba de Tocos inaugura o terceiro circuito no dia 30 de setembro. Formado principalmente por camponeses que vivem na região da antiga fazenda de Tocos, município de Antônio Cardoso, no interior da Bahia, o grupo representa a tradição do samba de roda da Bahia. As apresentações seguem até o dia 8 de outubro.

Samba de Cacete de Vacaria, do Pará, será a última banda a integrar as apresentações do Sonora Brasil Sesc 2014 no Estado, sendo sua estreia no dia 7 de novembro. O grupo musical é formado por tamboureiros e cantadeiras/sambadeiras e seus cânticos são acompanhados por dois “tambouros” e mais um percussionista que toca os cacetes. O quarto ciclo encerra no dia 15 de novembro.

Em sua 17ª edição, o Sonora Brasil apresenta Tambores e Batuques, Edino Krieger e as Bienais de Música Brasileira Contemporânea, temas que circulam pelo país desde 2013. No ano passado, o tema “Tambores e Batuques” circulou pelos estados das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, enquanto Edino Krieger e as Bienais de Música Brasileira Contemporânea seguiram pelos estados das regiões Sul e Sudeste. Em 2014, os grupos trocam de circuito, permitindo que os temas circulem por todo o país.

Somente em 2013, foram realizados 450 concertos, em 128 cidades, a maioria distante dos grandes centros urbanos. O Sonora Brasil promove a diversidade da música brasileira e propicia, para os músicos, a circulação de seu trabalho para além de sua região de origem e colocando-os em contato com outros grupos musicais.

PROGRAMAÇÃO SONORA BRASIL 2014 – RS

Mostra Sonora Brasil – Porto Alegre
Local / Endereço: Teatro Sesc Centro – Av. Alberto Bins, 665

22/08/14 – Alabê Ôni (RS) – (apresentação) – 19h
23/08/14 – Alabê Oni (RS) – (oficina) – 14 as 18h
23/08/14 – Raízes do Samba de Tocos (BA) – (apresentação) – 19h
24/08/14 – Raízes do Bolão (AP) – (apresentação) – 19h
25/08/14 – Samba de Cacete da Vacaria (PA) – (apresentação) – 19h

CIRCUITO 1 – ALABÊ ÔNI (RS)
Sinopse: O grupo gaúcho é formado por quatro músicos pesquisadores que se dedicam à recuperação da história do tambor de sopapo — o Grande Tambor, e traz ao palco do Sonora Brasil repertório de maçambiques, quicumbis, alujás e candombes, manifestações da cultura negra gaúcha ligadas à tradição religiosa. O grupo, formado especialmente para o projeto Sonora Brasil, é integrado pelos músicos Richard Serraria, Mimmo Ferreira, Pingo Borel e Kako Xavier.

25/07/14 – Canoas
26/07/14 – Novo Hamburgo
27/07/14 – Montenegro
28/07/14 – Camaquã
29/07/14 – Pelotas
31/07/14 – Alegrete
01/08/14 – Santa Rosa
02/08/14 – Passo Fundo

CIRCUITO 2 – RAÍZES DO BOLÃO (AP)
Sinopse: O grupo Raízes do Bolão vive no quilombo do Curiaú, área rural da cidade de Macapá, onde mantém a tradição de cantar os ladrões (cânticos) que falam de situações diversas do cotidiano e de temas religiosos. O grupo utiliza os tambores de marabaixo fabricados pelo Mestre Pedro Bolão, e também apresenta os batuques (bandaias) tocados em tambores cavados em tronco de árvore e em pandeirões que remetem a influências da cultura moura. Integram o grupo os tocadores e cantadeiras Mestre Pedro, Diego Santos, Manoel dos Santos, José Antônio, Ismael da Silva, Esmeraldina dos Santos, Davina dos Santos e Siula da Fonseca.

25/08/14 – Canoas
26/08/14 – Novo Hamburgo
27/08/14 – Montenegro
28/08/14 – Camaquã
29/08/14 – Pelotas
31/08/14 – Alegrete
01/09/14 – Santa Rosa
02/09/14 – Passo Fundo

CIRCUITO 3 – RAÍZES DO SAMBA DE TOCOS (BA)
Sinopse: O grupo é formado principalmente por camponeses que vivem na região da antiga fazenda de Tocos, município de Antônio Cardoso, no interior da Bahia. Além do Mestre Satu, integram o grupo Roque da Viola, Antônio Luiz, Antônio Almeida, Francisco Coelho, Carleoni das Virgens, Antônia Neri e Edilma Neri, tocadores e cantadeiras/sambadeiras que cantam acompanhados com tambores de oca de pau, pandeiros, triângulo, cacumbu e viola.

30/09/14 – Canoas
01/10/14 – Novo Hamburgo
02/10/14 – Montenegro
03/10/14 – Camaquã
04/10/14 – Pelotas
06/10/14 – Alegrete
07/10/14 – Santa Rosa
08/10/14 – Passo Fundo

CIRCUITO 4 – SAMBA DE CACETE DA VACARIA (PA)
Sinopse: O grupo é formado por tamboureiros e cantadeiras/sambadeiras e seus cânticos são acompanhados por dois “tambouros” e mais um percussionista que toca os cacetes. Tem a liderança do Mestre Benedito Moia e conta também com a participação de Ângela Meireles, Maria de Jesus, Manoel Maria, Maria das Graças, Marineu Cruz, Raimundo Moia e Nair dos Prazeres.

07/11/14 – Canoas
08/11/14 – Novo Hamburgo
09/11/14 – Montenegro
10/11/14 – Camaquã
11/11/14 – Pelotas
13/11/14 – Alegrete
14/11/14 – Santa Rosa
15/11/14 – Passo Fundo

Fonte: Thaís Salvagni – Usina de Notícias

Sobre Deco Rodrigues 6222 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.