Theatro Sete de Abril: Técnicos buscarão estratégia para executar restauro em etapas

Foto: Rafa Marin
O secretário de Cultura de Pelotas, Ulisses Nornberg, recorda que os projetos para restauração do Theatro Sete de Abril, que vem sendo desenvolvidos pela equipe do escritório técnico do Programa Monumenta, em conformidade com as exigências do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), estão em fase de conclusão. “Tratam-se de vários projetos autônomos, um específico para o telhado, outro para a estrutura de alvenaria, outro para a parte elétrica, outro para as questões cênicas… A equipe toda está empenhada nos projetos e, assim que estiver tudo concluído, faremos uma avaliação minuciosa e criteriosa para estudar a viabilidade de executá-lo em etapas. Ainda não sabemos se isso será viável, mas nossa intenção é buscar uma estratégia de execução de modo a viabilizar o uso do teatro entre uma etapa e outra”, ponderou o secretário de Cultura, Ulisses Nornberg. 

Após avaliação das condições da estrutura do prédio histórico, tombado pelo Iphan, decidiu-se, por exemplo, pela substituição da estrutura em madeira da cobertura do prédio, por outra metálica, a fim de melhorar sua durabilidade e oferecer mais segurança.
“Ninguém quer ver um Theatro como o Sete de Abril fechado durante um marco tão importante para o Município como é a comemoração dos seus 200 anos. Nós, da Prefeitura, com certeza, não queremos. Mas a realização deste desejo dependerá de uma avaliação técnica que só teremos condições de fazer depois que todos os projetos estiverem concluídos”, salientou Nornberg. 

O mais tradicional espaço cênico de Pelotas, Theatro Sete de Abril foi interditado há um ano e três meses, após laudo técnico ter constatado que apresentava sérios problemas estruturais.

Fonte: pelotas.com.br
Foto: Rafa Marin

Sobre Deco Rodrigues 6340 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*