UFPel oferece cursos de extensão em Flauta Doce

O Programa Doce Flauta de Pelotas, cursos de extensão em Flauta Doce destinados a crianças, jovens e adultos, promovido pelo Conservatório de Música e pelo Instituto de Artes e Design da UFPel, inicia suas atividades em agosto, sob a coordenação da professora Lélia Diniz e com colaboração dos professores Werner Ewald e Marília Stein. O Programa tem como proposta a prática musical coletiva por meio da flauta doce através de diferentes repertórios. O público-alvo abrange a comunidade de Pelotas e outras cidades e também alunos da UFPel.

O Programa oferece cursos de:

– Flauta Doce (para crianças de 7 a 14 de idade)
quarta-feira, das 10h30 às 11h30, e quinta-feira, das 14h às 15h.
N. de vagas: 5 em cada horário.

– Musicalização de Jovens e Adultos Através da Flauta Doce (para alunos a partir de 15 anos de idade)
terça-feira, das 18h às 18h50 e das 18h50 às 19h40.
N. de vagas: 5 em cada horário.

– Prática Instrumental em Conjunto (para jovens e adultos, com ou sem conhecimentos musicais prévios em flauta doce)
quarta-feira, das 18h às 19h40.
Vagas: 30.

Matrículas e mais informações:

Para os cursos de Musicalização de Jovens e Adultos e Prática Instrumental em Conjunto:
de 16 a 20 de agosto, das 8h30 às 13h30, no Conservatório de Música da UFPel, Rua Felix da Cunha, 651. Fone 3222.2562.

Para o curso de Flauta Doce:
de 16 a 20 de agosto, das 8h30 às 14h, no Instituto de Artes e Design da UFPel, Rua Alberto Rosa, 62. Fone 3284.5514.
Material necessário: Uma flauta doce soprano modelo barroco.

Início das aulas: dia 31 de agosto – nos mesmos locais das matrículas.
Taxa de matrícula e mensalidades: R$ 10.00

O Programa Doce Flauta de Pelotas está sendo proposto por um coletivo de professores de Música da UFPel como um espaço de diálogos musicais entre professores, alunos de Música e membros da comunidade pelotense. O objetivo é difundir a prática musical através deste instrumento entre pessoas de diferentes idades e níveis de conhecimento musical da região de Pelotas, através de Cursos de Flauta Doce e da Prática Instrumental em Conjunto.

Nestas ações, pretende-se também instrumentalizar os alunos de graduação em Música interessados em aprender Flauta Doce para possíveis atuações na execução e no ensino desse instrumento, ampliando, assim, o espaço de atuação dos mesmos. Com duração de um semestre, podendo ser ampliado, o projeto visa, em síntese, à divulgação e formação na Flauta Doce na região de Pelotas e na UFPel, com base na prática instrumental em conjunto, privilegiando a musicalização, pesquisa, interpretação e criação musical sobre repertório para Flauta Doce, original e arranjado.

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social
Universidade Federal de Pelotas

Sobre Deco Rodrigues 6228 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.