6ª edição do Sesc Circo tem ações de incentivo e valorização da palhaçaria feminina

Curta Palhaças Marmotta - Lia Motta - Foto de Corália Elias

A santa, a frágil, a comportada: enquanto aos homens sempre foi permitido se manifestar através do riso e da comicidade, às mulheres foram impostos padrões de comportamento calmo e sério. Este contexto social foi acompanhado pela palhaçaria, onde as mulheres só ingressaram bem mais tarde do que os homens e, ainda hoje, lutam para ocupar seus espaços.

Para promover o debate sobre o assunto e reforçar a presença da mulher no circo e em ambientes que destacam a comédia, a 6ª edição do Sesc Circo realiza uma série de ações de valorização à palhaçaria feminina.

Neste ano em formato virtual, com atrações transmitidas pelo YouTube e Instagram do Sesc/RS e pelo Zoom, o evento ocorre de 2 a 6 de dezembro, com realização do Sistema Fecomércio-RS/Sesc e da Prefeitura de Santa Maria e patrocínio da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan).

Como primeiro movimento destas atividades, já está disponível no site do evento, que pode ser acessado em www.sesc-rs.com.br/sesccirco, o manifesto Escuta as palhaças. Com depoimentos de artistas mulheres de várias partes do Brasil, a página traz reflexões sobre o espaço de afirmação e construção de uma comicidade que contemple questões de representação, gênero e identidade.

Residência Artística Comicidade Criatividade e Poetica Femina – Lu Lopes – Foto de Zarella Neto

Abrindo a programação do evento, Lu Lopes (SP), que interpreta a Palhaça Rubra, ministra a residência artística Comicidade, Criatividade e Poética Feminina, de 24 a 26 de novembro e de 03 a 05 de dezembro. Os encontros, que tiveram inscrições prévias, são voltados para mulheres a partir dos 18 anos e oferecem suporte para artistas amadores e profissionais interessadas em investigar a própria fonte criativa e o processo de criação de obras autorais.

Nos dias 3 e 4 de dezembro, as ações se intensificam por meio do projeto Curta Palhaças, que apresentará vídeos com performances de mulheres que representam a palhaçaria feminina no País. O conteúdo será disponibilizado no Instagram do Sesc/RS, às 19h e às 21h, estrelando as palhaças Rarley Davidson (Odelta Simonetti, RS), Marmotta (Lia Motta, GO), Generosa (Ana Fuchs, RS) e Magnólia Marguerite (Lu Prestes, RS).

Também no dia 4, o Conversas em Rede terá o bate-papo Palhaçaria Feminina, Palhaçaria Negra, Gênero e Diversidade, a partir das 15h, via Zoom. Com mediação de Maria Andrea Soares (Unilab) e Raquel Guerra (UFSM) e as convidadas Ana Luíza Bellacosta (DF), Antônia Vilarinho (DF), Daiani Severo Brum (RS), Priscila Genara Padilha (SC), Silvana Silvia (RS), a conversa propõe apresentar perspectivas não hegemônicas sobre a pesquisa e os processos de criação em torno da palhaçaria e comicidade.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.sesc-rs.com.br/sesccirco/conversasemrede.

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

A coordenadora de Artes Cênicas e Visuais do Sesc/RS, Jane Schoninger, explica que a escolha por destacar o assunto veio de uma preocupação em promover reflexões sobre a questão de gênero e proporcionar um espaço para que essas profissionais possam estabelecer novas redes, compartilhar pesquisas e apresentar seus trabalhos, além de mostrar ao público referências femininas na arte circense.

“A palhaçaria feminina tem pouco mais de 30 anos. Antes, para serem palhaças, as mulheres precisavam interpretar o palhaço. O humor, sem construção sob o ponto de vista do feminino, só representa toda a carga, muitas vezes preconceituosa com a mulher, provocando risos e risos, sem sabermos do que se ria. Esse movimento traz, para além de ‘resultado’ de obras artísticas, questões sobre o espaço da mulher no campo do trabalho de artes, da construção de humor livre de preconceitos sob um determinado gênero e direito de identidade”, explica.

Sobre o Sesc Circo – O Sesc Circo preconiza os fazeres circenses contemporâneos, a valorização de talentos locais de Santa Maria, bem como a integração com grupos do Estado e do País, valorizando os aspectos sociais, econômicos e culturais que circundam a arte do circo. O evento vem se consolidando como um grande encontro dos fazeres do circo, proporcionando momentos de bate-papo entre artistas e incentivo à produção, e representa a essência do Sesc/RS no sentido da promoção do bem-estar das comunidades com momentos de lazer, cultura e entretenimento.

6º Sesc Circo – On-line 
Data: de 02 a 06 de dezembro
Informações: www.sesc-rs.com.br/sesccirco
Transmissões: YouTube (www.youtube.com/user/sescrs) e Instagram (www.instagram.com/sescrs) do Sesc/RS e plataforma Zoom

Atividades sobre palhaçaria feminina:

Residência Artística Comicidade Criatividade e Poetica Femina – Palhaça Rubra – Foto de GalOppido

24 a 26/11 e 03 a 05/12
18h30 – Residência Artística Comicidade, criatividade e poética feminina

Palhaça Rubra (SP)
Sinopse: A Residência tem como objetivo a pesquisa e o levantamento de conteúdos internos espontâneos e simpáticos para a criação de obras artísticas autorais, com nosso coração feminino, cômico e poético. Obras que possam ser engajadas nas redes sociais, sejam elas amadoras ou profissionais: poemas, composições musicais, pílulas de vídeos (1 a 3 minutos).
Como assistir: Atividade via Zoom
Inscrições: gratuitas pelo site https://www.sesc-rs.com.br/sesccirco/residenciaartistica/
Público-alvo: Mulheres de todas as áreas
Classificação etária: 18 anos

03/12 (Quinta-feira)

Curta Palhaças Rarley Davidson – Odelta Simonetti – Foto de Neli Alvanoz

19h – Curta Palhaças: Palhaça Rarley Davidson 
Odelta Simonetti (RS)
Performance: Rango n’Roll
Sinopse: A palhaça Rarley Davidson é uma espécie de anti-heroína, uma construção avessa à imagem de palhaça que habita o senso comum e sua busca é por saber quem ela é e onde é seu lugar neste mundo. Tudo com uma boa dose de humor.
Como assistir: Instagram do Sesc/RS (www.instagram.com/sescrs)
Classificação etária: Livre

Curta Palhaças Marmotta – Lia Motta – Foto de Corália Elias

21h – Curta Palhaças: Palhaça Marmotta
Lia Motta (GO)
Performance: Na Conexão
Sinopse: A performance traz Lia Motta com sua Marmotta, apresentando suas experiências nesse formato possível. Humor, técnicas e palhaçaria feminina.
Como assistir: Instagram do Sesc/RS (www.instagram.com/sescrs)
Classificação etária: Livre

04/12 (Sexta-feira) 

Conversas em Rede – Palhaçaria Feminina – Ana Luíza Bellacosta – Foto de Divulgação

15h – Conversas em Rede – Palhaçaria Feminina, palhaçaria negra, gênero e diversidade
Sinopse: Essa conversa propõe apresentar perspectivas não hegemônicas sobre a pesquisa e os processos de criação em torno da palhaçaria e comicidade. Nesse contexto, as convidadas trazem ao debate suas reflexões em torno de temas como Palhaçaria Feminina, Palhaçaria Negra, Palhaçaria Disruptiva, Palhaçaria LGBT+, entre outros temas que entrecruzam os olhares e trabalhos das artistas e pesquisadoras convidadas.
Mediação: Maria Andrea Soares (UNILAB) e Raquel Guerra (UFSM)
Convidadas: Ana Luíza Bellacosta (DF), Antônia Vilarinho (DF), Daiani Severo Brum (RS), Priscila Genara Padilha (SC), Silvana Silvia (RS)
Como assistir: Plataforma Zoom
Inscrições: gratuitas pelo site https://www.sesc-rs.com.br/sesccirco/conversasemrede/
Público-alvo: artistas, produtores, interessados na linguagem
Classificação etária: Livre

Curta Palhaças Generosa – Ana Fuchs – Foto de Raquel Guerra

19h – Curta Palhaças: Palhaça Generosa
Ana Fuchs (RS)
Performance: Duo
Sinopse: Mesmo em meio a pandemia e em isolamento a palhaça nunca está sozinha, sempre tem alguém para brincar como ela, nem que ela precise inventar! Quem virá acompanhar a palhaça Generosa? Vem junto espiar e brincar com os seres animados que habitam a vida da palhaça!
Como assistir: Instagram do Sesc/RS (www.instagram.com/sescrs)
Classificação etária: Livre

Curta Palhaças Magnólia Marguerite – Lu Prestes – Foto de Divulgação

21h – Curta Palhaças: Palhaça Magnólia Marguerite
Lu Prestes (RS)
Performance: Oráculo Mágico do Amor Próprio
Sinopse: A performance O Oráculo Mágico do Amor Próprio foi criado a partir de 60 frases de pessoas que responderam nas redes sociais a pergunta: amar a si é?  E nesse vídeo Magnólia Marguerite irá disponibilizar, de um jeito muito peculiar, três cartas para que o público escolha a mensagem que ele precisa ouvir no momento.
Como assistir: Instagram do Sesc/RS (www.instagram.com/sescrs)
Classificação etária: Livre

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Fonte: Natacha Gomes – Moglia Comunicação Empresarial

Sobre Deco Rodrigues 6560 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*