Academia Rio-Grandense de Letras divulga vencedores do Prêmio ARL 2020

Arte: Giovani Urio

Os vencedores da quarta edição do concurso literário da Academia Rio-Grandense de Letras foram revelados na noite de segunda-feira, 14 de dezembro, em cerimônia virtual pelo Facebook.

São eles:

TROFÉU DYONÉLIO MACHADO (Tese ou dissertação)
As ironias de Dyonélio Machado em “O Louco do Cati” – Jonas Kunzler Moreira Dornelles – UFRGS

TROFÉU CARLOS URBIM (Livro infantil)
Tarraveta – Daniel Cassol e Carla Pilla – Edição do autor

TROFÉU ALCEU WAMOSY (Poesia)
Apenas por nós choramos – Anna Mariano – Penalux

TROFÉU ALCIDES MAYA (Romance)
Doze lições – Daniela Kern – Class

TROFÉU SIMÕES LOPES NETO (Narrativa curta)
Prosa pequena – Amílcar Bettega – Zouk

TROFÉU APOLINÁRIO PORTO ALEGRE (Crônica)
Navegador de barco de papel – Jorge Finatto – Edição do autor

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Tabajara Ruas foi escolhido como escritor do ano, distinção já conferida, em edições anteriores, a Luís Fernando Verissimo, Armindo Trevisan e Maria Carpi. A homenagem é decidida em duas etapas: três acadêmicos indicam três nomes, o escolhido é selecionado pelos integrantes da ARL via voto secreto.

No encerramento, o presidente da ARL, Rafael Bán Jacobsen, destacou, entre os projetos da instituição, a Biblioteca da Academia Rio-Grandense de Letras.

Fonte: Vitor Diel – literaturars.com.br

Sobre Deco Rodrigues 6535 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*