Entidades sobrenaturais invadem o catálogo da Darkflix nesta semana

Se você curte o gênero assombração, então se joga nos lançamentos desta semana da plataforma da Darkflix.

Mas não se preocupe, também temos a aventura com um toque sci-fi de “Repo Man – A Onda Punk” do cineasta Alex Cox e o policial slasher “Maniac Cop – O Exterminador” com a participação do memorável ator Robert Z’Dar. Confira a grade da programação e comece a maratona!

CONTOS DO ALÉM (Tales from the Crypt), 1972, Lançamento 05/10

Em “Contos do Além”, inspirados nas HQs da E.C Comics, somos apresentados a cinco contos vividos pelos personagens do filme: um grupo de turistas que decide visitar uma antiga cripta. Apesar dos avisos sobre os perigos do local, eles se perdem. Passamos então a acompanhar os vislumbres que cada um terá sobre sua própria vida e seu futuro próximo. No episódio “All Through the House” uma mulher assassina seu marido na véspera de Natal e terá que lidar com as consequências do que podemos chamar de “Carma. Em “Reflection of Death” um homem abandona a família para ficar com a amante, mas um grave acidente pode acabar com a alegria do novo casal. No terceiro conto, “Poetic Justice”, um perverso jovem faz com que seus vizinhos se voltem contra um pobre e bondoso velhinho, interpretado pelo maravilhoso Peter Cushing. Em “Wish You Were Here” um casal que perdeu a sua fortuna descobre um objeto que lhes concede três desejos, mas os pedidos não são atendidos da forma esperada. Já no último episódio, “Blind Alleys” o responsável por um lar para cegos trata os seus pacientes com crueldade até que eles decidem dar o troco. “Contos do Além” é uma obra com toques mórbidos, repleta de ironia e com a dose certa de sangue. Vale a pena conferir.

DO ÁLEM (From Beyond), 1986, Lançamento 06/10

“Do Além”, obra do renomado Stuart Gordon (diretor de “Reanimator – A Hora dos Mortos-Vivos”), é um dos melhores filmes do cineasta. A história se baseia no conto homônimo do autor H.P. Lovecraft, publicado em 1934. Na versão cinematográfica, acompanhamos o Dr. Edward Pretorius, um cientista louco e incontrolável, que cria uma máquina capaz de estimular o sexto sentido através da glândula pineal. A experiência abre uma espécie de portal que permite que criaturas bizarras de outra dimensão ataquem o cientista e seu assistente. A partir desse momento a trama de desenrola com inúmeros monstros, mutações, gosmas e um toque de erotismo. O elenco é composto em sua maioria pelos atores que participaram da obra anterior do diretor: “Reanimator”. Todos os elementos do longa – excelente adaptação, ótimas atuações e efeitos especiais primorosos – garantiram ao filme o status de “clássico do terror”, adorado pelos fãs do gênero.

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

REPO MAN – A ONDA PUNK (Repo Man), 1984, Lançamento 07/10

O longa icônico “Repo Man – A Onda Punk”, roteirizado e dirigido por Alex Cox, apresenta um retrato alienado sobre as contradições de nossa realidade através de críticas sociais amargas. O protagonista Otto, vivido pelo então jovem Emilio Estevez, é um punk rebelde que acabou de largar o emprego. Uma agência de reintegração de posse oferece a ele uma vaga como aprendiz de Repo Man: função de repossuir carros financiados que não foram pagos. Logo, ele se vê no mundo paranoico destes agentes e em uma rede de intrigas que envolve recuperar um Chevy Malibu 64, roubado por um cientista que escondeu algo valioso no porta-malas. O primeiro longa na carreira de Cox compensou o baixo orçamento com ideias originais e irreverentes. Se você ainda não assistiu, vale a penar conferir.

MANIAC COP – O EXTERMINADOR (Maniac Cop), 1988, Lançamento 08/10

Em “Maniac Cop – O Exterminador”, um homem de força descomunal fardado como policial, deixa um rastro de assassinatos brutais pelas ruas de Nova York. O detetive Frank McCrae passa a liderar as investigações das mortes e desconfia que um de seus colegas possa ser o criminoso. As suspeitas recaem sobre o policial Jack Forrest, vivido pelo notório Bruce Campbell de “Evil Dead”. Forrest não apresenta um álibi e é preso, porém o detetive acredita que tudo seja uma armação e continua a busca pelo assassino. “Maniac Cop” é um policial slasher que mantém um bom ritmo com ótimas atuações, destaque para Robert Z’Dar que interpreta o antagonista. A recepção positiva do público rendeu ao filme mais duas sequências: “Maniac Cop 2 – O Vingador” e “Maniac Cop 3 – O Distintivo do Silencio”.

MEU NOME É BRUCE (My Name is Bruce), 2007, Lançamento 09/10

Em “Meu Nome é Bruce”, o ator Bruce Campbell interpreta ele mesmo em uma história de terror regada a muito humor. Enquanto segue sua carreira após o sucesso da trilogia “Uma Noite Alucinante”, um morador de uma pequena cidade do Oregon pede ajuda ao artista para resolver uma situação assombrosa. Acreditando que vai participar das filmagens de um filme, Bruce aceita a proposta. Logo ele se dá conta de que os residentes do local acreditam que ele é “Ash”, o famoso personagem de seus longas, o único capaz de enfrentar uma entidade demoníaca que vem atacando a região. Uma obra imperdível par os fãs de Campbell e de “Uma Noite Alucinante”.

O CANAL (The Canal), 2014, Lançamento 10/10

O casal David e Alice vivem com seu filho de cinco anos em uma antiga casa próxima ao Canal. David trabalha como editor e arquivista de filmes antigos com sua amiga Claire. Certo dia, ela lhe entrega um pacote de negativos de 1902, curioso, David percebe que se trata de imagens de um crime horrível que ocorreu na sua atual residência. Ao mesmo tempo, o casal enfrenta problemas conjugais e tudo piora quando Alice desaparece. O arquivista inicia uma busca por respostas enquanto começa a presenciar estranhos acontecimentos em sua casa. Ele precisa proteger o seu filho e lutar por sua sanidade antes que os crimes do passado se repitam. “O Canal” segue a recorrente temática sobre casas assombradas, mas se sobressai entre as obras do gênero lançadas nos últimos anos. Um longa que infelizmente passou despercebido pelo público, mas que merece grande destaque.

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Sobre Deco Rodrigues 6461 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*