Rodrigo dMart entre os vencedores do Prêmio Minuano de Literatura 2020

Natural de Pelotas e atualmente morando na capital gaúcha, Rodrigo dMart venceu o Prêmio Minuano de Literatura, na categoria de ilustração, com seu terceiro livro, o infanto-juvenil “Zeca Bum Chaminé Não é Vulcão”.

O Instituto Estadual do Livro (IEL), instituição da Secretaria de Estado da Cultura (Sedac), divulgou as obras vendedoras do Prêmio Minuano de Literatura de 2020.

O anúncio dos vencedores desta edição, que teve como patrono o escritor Sergio Faraco, ocorreu no último dia 6 de novembro, como parte da programação da 66ª Feira do Livro de Porto Alegre. Para assistir a premiação, clique aqui.

O livro ZECA BUM – CHAMINÉ NÃO É VULCÃO é o terceiro livro do escritor, músico e jornalista RODRIGO DMART e apresenta um conto sobre a realização de sonhos. A história trata de uma busca da concretização das crenças, apesar de que todos digam que sejam impossíveis.

Com o apoio de ilustração, fotografia, design, manipulação digital e reutilização de materiais reciclados, ZECA BUM – CHAMINÉ NÃO É VULCÃO conta uma fábula sobre a importância de se cultivar as aspirações e os desejos – superando obstáculos e aprimorando conhecimentos – até encontrar a oportunidade certa para alcançar os objetivos. Acreditar em si mesmo e dar asas à imaginação.

Um dos conceitos principais da narrativa do livro é a reciclagem, utilizada de forma artística por RODRIGO DMART. A arte gráfica do livro propõe uma experiência de cunho social e educativo, utilizando reciclagem de materiais junto com desenhos, fotografias, textos e manipulações digitais.

Foto: Renata Stoduto

Natural de Pelotas (RS), Rodrigo dMart é músico, jornalista e escritor. Pós-graduado em Desenvolvimento de Jogos Digitais (PUC-RS), atualmente cursa o mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (IFRS).

É jornalista na ASCOM da Secretaria de Agricultura do RS e consultor de projetos na Imagina Conteúdo Criativo. Na música, criou a banda Doidivanas, projeto de fusão do rock com os regionalismos gaúcho e latino-americano. Com o grupo, lançou cinco álbuns, entre 1998 e 2017, sendo o mais recente “Próximos Distantes”. Em 2019, prepara seu trabalho musical AND.

Foi coordenador de Música e Artes Cênicas da Secretaria de Cultura de Pelotas. É autor da graphic novel “Um Outro Pastoreio”, em parceira com o ilustrador Indio San. Entre 2010 e 2013, realizou o projeto “O Último Homem na Lua” – com livro ilustrado, exposição de mídias digitais e ação educativa – ao lado do artista plástico Antônio Augusto Bueno e curadoria de Laura Castilhos, projeto financiado pelo Fumproarte, de Porto Alegre.

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Prêmio Minuano de Literatura

Fruto de parceria entre o IEL e o Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), o Prêmio Minuano de Literatura busca reconhecer e ressaltar a produção literária do Rio Grande do Sul. Seu objetivo é contribuir com a divulgação das obras, além de incentivar a leitura e a produção escrita.

O Instituto Estadual do Livro (IEL) divulgou na noite dessa sexta-feira (6/11) as obras vencedoras da edição 2020 do Prêmio Minuano de Literatura. O anúncio foi realizado por meio de vídeo compartilhado nos canais oficiais do IEL na internet e integrou a programação da 66ª Feira do Livro de Porto Alegre, que este ano acontece totalmente on-line.

A premiação é uma parceria entre o IEL e o Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e tem como objetivo ressaltar e reconhecer a produção literária gaúcha, contribuindo para sua divulgação e para o incentivo à leitura e à produção escrita. Em sua 3ª edição, o prêmio avaliou obras de autores nascidos ou radicados no Rio Grande do Sul e/ou de editoras sediadas no Estado.

Homenagem

Em 2020, a divulgação dos resultados foi acompanhada de uma homenagem ao patrono do prêmio, o escritor Sergio Faraco. A trajetória e as obras do autor foram exaltadas por outras personalidades da cultura.

Confira as obras vencedoras por categoria:

CRÔNICA: “O homem infelizmente tem que acabar”, de Clara Corleone, Editora Zouk
ILUSTRAÇÃO: “Zeca Bum – Chaminé não é vulcão”, de Rodrigo dMart, Ilustrações de Rodrigo dMart, Editora Imagina Conteúdo Criativo
JUVENIL: “Enfim, capivaras”, de Luisa Geisler, Editora Schwarcz S.a
INFANTIL: “Turma da Goiaba”, de Anderson LadoBeco, Editora AVEC
CONTO: “Prosa Pequena”, de Amilcar Bettega, Editora Zouk
FICÇÃO: ROMANCE/NOVELA: “Controle”, de Natalia Borges Polesso, Editora Schwarcz S.a
POESIA: “Fabulário”, de Ana Santos, Editora Confraria do Vento
ESPECIAL: “O novo conservadorismo brasileiro”, de Marina Basso Lacerda, Editora Zouk

Para assistir a premiação, clique aqui.

Clique aqui e torne-se um apoiador e-cult

Sobre Deco Rodrigues 6492 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*