Paola Kirst e Pedro Borghetti são as atrações do projeto Janela Musical deste sábado (23)

Foto Divulgação

Composições próprias e releituras de artistas próximos estarão no repertório escolhido por Paola Kirst para mais uma edição do projeto Janela Musical, da FURG, que ocorre às 20h30 deste sábado, 23, na página da FURG no Facebook.

A cantora fará sua apresentação acompanhada do músico Pedro Borghetti no violão. “Nós podemos e buscamos fortalecer a cena musical independente, por isso escolhemos músicas minhas, do disco ‘Costuras que Me Bordam Marcas na Pele’ , do Pedro, que estão no trabalho ‘Linhas de Tempo’, além de músicas que compomos juntos na quarentena e, também, de amigos como José Luis Frigério, o Zoje”, salienta a cantora.

Nascida e criada na periferia do extremo sul do Brasil, Paola Kirst é cantora, compositora e performer com formação em Artes Visuais e experiência em dança e teatro. Com seu olhar sensível e experimental, usa as melodias cantadas, as palavras das canções e o corpo na performance e na dança como instrumentos de expressão poética. Há quatro anos se apresenta com a banda KIAI Grupo, músicos que, assim como ela, são naturais da cidade do Rio Grande – Dionisio Souza no baixo, Lucas Fê na bateria e Marcelo Vaz no piano. A artista também se apresenta com outra formação, acompanhada por Tamiris Duarte no baixo, Pedro Borghetti no bombo leguero e Neuro Júnior no violão sete cordas.

No final de 2018, Paola Kirst lançou seu primeiro disco, “Costuras que me Bordam Marcas na Pele”, integralmente produzido por Wagner Lagemann no Estúdio da Pedra Redonda em Porto Alegre e lançado pelo selo Escápula Records. O disco recebeu o prêmio Revelação do Ano no Açorianos de Música, um dos maiores prêmios de música no Rio Grande do Sul. Desde o lançamento, Paola vem realizando o espetáculo “Costuras”, onde apresenta canções do disco voltadas para a acessibilidade em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Com “Abandonada”, sua canção em parceria com o violonista sete cordas Neuro Júnior, recebeu o prêmio de melhor intérprete no 32° Festival Moenda da Canção (Santo Antônio da Patrulha/RS) ainda no ano de 2018.

No momento, a artista se prepara para gravar um novo álbum que será lançado em 2020. Paola Kirst também atua como colaboradora do Estúdio da Pedra Redonda, espaço de fruição poética organizado por um coletivo de artistas do audiovisual e das produções culturais. Com o coletivo, produziu shows e oficinas de artistas como Lenna Bahule (Moçambique), Fede Wolf (URU), Ney Conceição (PA), María Paula Rodriguez (ARG) e assina a produção musical do álbum da cantora Jordana Henriques intitulado “Transparências”.

Janela Musical

A Universidade Federal do Rio Grande (FURG), por meio da Secretaria de Comunicação (Secom) e da Pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proexc), promove um encontro cultural, aos sábados, intitulado Janela Musical.

A atividade oferece alternativas artísticas e culturais que podem ser apreciadas a distância por meio da internet. A iniciativa também busca valorizar e difundir o trabalho de músicos da região sul.

Sobre Deco Rodrigues 6290 Artigos
Jornaleiro/Produtor cultural, social mídia, gestor de conteúdo web, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*