Confirmada a programação do Festival Internacional Sesc de Música em Pelotas

Evento será realizado entre os dias 18 e 29 de janeiro de 2016.

A programação do 6º Festival Internacional Sesc de Música, que acontece entre os dias 18 e 29 de janeiro, em Pelotas, está confirmada. Serão 12 dias de intensa programação musical com uma série de concertos e apresentações gratuitos em diversos locais da cidade, além dos cursos ministrados por professores de 13 nacionalidades. O evento tem como objetivo incentivar o desenvolvimento da produção musical, fomentar o intercâmbio e o desfrute de bens culturais.

Foto: Camila Hein
Foto: Camila Hein

Já consolidado no cenário cultural de Pelotas, o Festival de Música conta, nesta edição, com 50 espetáculos, entre recitais e concertos, e 21 cursos de música, que ocupam casarios antigos, teatros, igrejas, ruas e parques. São mais de 450 profissionais da música, entre professores, alunos, músicos e técnicos, que participam de cursos, trocas de experiências e espetáculos artísticos. Um intercâmbio de culturas e aprendizado, representado por mais de 17 países.

Entre os destaques estão o concerto de abertura com a Orquestra de Câmara da Ulbra acompanhada do músico solista Carmelo de Los Santos e a execução da obra “A História do Soldado”, de Stravinsky, com o músico Hique Gomez. Também pela primeira vez estará no Festival a Orquestra Sinfônica de Carazinho – OSINCA, interpretando “As Quatro Estações”, de Vivaldi, com a participação do violinista italiano Emmanuele Baldini.

Importantes músicos internacionais compõem o elenco dos Recitais que acontecerão diariamente na Bibliotheca Pública Pelotense, como os alemães Wally Hasen (Flauta), Chistoph Hartmann (Oboé) e Andrej Zust (Trompa) e os americanos Anthony Plog (Trompete) e Peter Ellefson (Trombone Tenor).

As classes estão divididas em Música de Concerto: violino, viola, violoncelo, contrabaixo, flauta, oboé, clarinete, fagote, trompa, trompete, trombone, trombone baixo, tuba, harpa, percussão, violão clássico, piano, canto lírico e composição. A seleção dos 260 participantes aconteceu em setembro, onde mais de 850 candidatos se inscreveram. O Festival conta com apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas, das Universidades Federal e Católica, Faculdade Senac, Unisinos, Instituto Goethe, Aliança Francesa – Consulado Geral da França, Ospa, Fundação Piratini – TVE, Bibliotheca Pública Pelotense, Empresa Embaixador, Café 35 e Biri Refrigerantes.

Confira abaixo a programação completa. Mais informações sobre o evento podem ser obtidas no site www.sesc-rs.com.br/festival.

INGRESSOS – Para conferir as apresentações que ocorrem no Theatro Guarany é necessária a retirada de ingressos antecipadamente, a partir de 14 de janeiro. Sugere-se a doação de 1kg de alimento não-perecível, que serão direcionados a entidades sociais por meio do Programa Mesa Brasil Sesc. Os ingressos serão distribuídos no Theatro Guarany (Rua Lobo da Costa, 489), de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h30.

As entradas são limitadas e cada pessoa poderá retirar um par de ingressos por apresentação, conforme o cronograma: Dias 14, 15, 16, 17 e 18/01 – retirada de ingressos para espetáculos de 18 e 19/01; Dias 18, 19 e 20, 21, e 22/01 – retirada de ingressos para espetáculos de 20 e 24/01; Dias 23, 24 e 25/01 – retirada de ingressos para espetáculos de 25 e 26/01; e Dias 25, 26, e 27/01 – retirada de ingressos na bilheteria do Theatro Guarany para os espetáculos de 27 e 28/01.

Sobre o Sesc/RS – O Sistema Fecomércio-RS, através do Sesc, promove o bem-estar social de trabalhadores do comércio de bens e serviços e de toda a comunidade. Presente nos 497 municípios gaúchos, o Sesc/RS realiza atividades sistemáticas em áreas como a saúde, esporte, lazer, cultura, cidadania, turismo e educação. Atualmente, a estrutura da Instituição conta com 43 Unidades Operacionais e 23 Balcões Sesc/Senac. Saiba mais em www.sesc-rs.com.br.

SOBRE O 6º FESTIVAL INTERNACIONAL SESC DE MÚSICA
O QUE É? O Festival Internacional Sesc de Música é um dos maiores da área na América Latina e tem o objetivo de incentivar o desenvolvimento da produção musical e fomentar o intercâmbio e o desfrute de bens culturais.
QUANDO? De 18 a 29 de janeiro de 2016, em Pelotas.
COMO? Durante o Festival, no turno da manhã, acontecem as classes (cursos); no período da tarde, os ensaios e recitais e à noite, as apresentações, todas com entrada franca para a comunidade.
INGRESSOS?
Para conferir as apresentações que ocorrem no Theatro Guarany é necessária a retirada de ingressos antecipadamente, a partir de 14 de janeiro. Sugere-se a doação de 1kg de alimento não-perecível, que serão direcionados a entidades sociais por meio do Programa Mesa Brasil Sesc. Os ingressos serão distribuídos no Theatro Guarany (Rua Lobo da Costa, 489), de segunda à sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h30 às 18h30.

As entradas são limitadas e cada pessoa poderá retirar um par de ingressos por apresentação, conforme o cronograma: abaixo:

– 14, 15, 16, 17 e 18/01: retirada de ingressos para espetáculos de 18 e 19/01;
– 18, 19 e 20, 21, e 22/01: retirada de ingressos para espetáculos de 20 e 24/01;
– 23, 24 e 25/01: retirada de ingressos para espetáculos de 25 e 26/01;
– 25, 26, e 27/01: retirada de ingressos na bilheteria do Theatro Guarany para espetáculos de 27 e 28/01
Obs: a distribuição será feita enquanto houver ingressos.

DADOS GERAIS
– 21 cursos de música
– 17 países representados entre profissionais da música entre professores, alunos, músicos e técnicos
– 450 profissionais da música entre professores, alunos, músicos e técnicos
– A realização do Festival é do Sistema Fecomércio-RS/Sesc e tem o apoio institucional da Prefeitura Municipal de Pelotas, das Universidades Federal e Católica, Faculdade Senac, Unisinos, Instituto Goethe, Aliança Francesa – Consulado Geral da França, Ospa, Fundação Piratini – TVE, Bibliotheca Pública Pelotense, Empresa Embaixador, Café 35 e Biri Refrigerantes.

PROGRAMAÇÃO

18/01 (Segunda-feira)
17h30 – Cortejo Musical | Quinteto Porto Alegre – Músicos do Festival – Theatro Guarany
20h30 – Orquestra da Ulbra | Solista Carmelo de Los Santos | Regente Tiago Flores – Theatro Guarany

19/01 (Terça-feira)
19h – Festival na Comunidade | Quinteto Porto Alegre – Shopping Pelotas
19h – Música de Câmara | Recital Professores – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – A História do Soldado | Stravinsky – Ator/Narrador Hique Gomez – Regente Evandro Matté – Theatro Guarany

20/01 (Quarta-feira)
18h – Festival na Comunidade | Quinteto Porto Alegre – Colônia Z-3
20h – Festival na Comunidade | Quinteto Porto Alegre – Laranjal (Estação Verão Sesc)
19h – Música de Câmara | Recital Professores – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Expresso 25 À La Carte | Regente Pablo Trindade – Theatro Guarany

21/01 (Quinta-feira)
16h – Festival na Comunidade | Classe de Eufônios – CRAS São Gonçalo
19h – Festival na Comunidade | Quinteto Porto Alegre – Paróquia Amor Divino (Colônia Santo Antônio)
13h – Música de Câmara | Recital Alunos – Bibliotheca Pública Pelotense
19h – Música de Câmara | Recital Professores – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Orquestra Sinfônica de Carazinho | OSINCA | Solista Emmanuele Baldini (ITA) – Regente Fernando Cordella – Catedral de Pelotas

22/01 (Sexta-feira)
11h e 17h – Ópera Rigolleto (espetáculo circense) – Calçadão
11h – Festival na Comunidade | Classe de Saxofones – Expresso Embaixador
19h – Festival na Comunidade | Classe Violões – Paróquia Santo Antônio (Laranjal)
13h – Recital de Alunos – Bibliotheca Pública Pelotense
19h – Música de Câmara | Recital Professores – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Banda Sinfônica do Festival – Regente Marcelo Jardim | Solista Heinz Schwebel – Catedral de Pelotas

23/01 (Sábado)
10h – Ópera Rigolleto (espetáculo circense) – Mercado Público
11h – Festival na Comunidade | Classe de Metais – Mercado Público
13h – Recital de Alunos – Bibliotheca Pública Pelotense
19h – Música de Câmara – Recital Professores – Bibliotheca Pública Pelotense
21h – Arte do Choro e Instrumental Brasileiro | Orquestra Unisinos Anchieta | Regente Evandro Matté – Laranjal (Estação Verão Sesc)

24/01 (Domingo)
17h – Festival na Comunidade – Quinteto Porto Alegre – Museu da Baronesa
18h – Recital da Classe de Piano – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Concerto Orquestra Acadêmica | Regente Gudni Emilson – Theatro Guarany

25/01 (Segunda-feira)
15h – Festival na Comunidade | Quinteto Porto Alegre – Hospital Espírita
18h – Festival na Comunidade | Quinteto Porto Alegre – Igreja São José (Fragata)
13h – Recital de Alunos – Bibliotheca Pública Pelotense
19h – Música de Câmara | Recital Professores – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Núcleos do Festival: Cordas, Violões e Madeiras – Theatro Guarany

26/01 (Terça-feira)
15h – Festival na Comunidade – Classe de Eufônios – Asilo de Mendigos de Pelotas
19h – Festival na Comunidade – Quinteto Porto Alegre – Paróquia Sant’Ana (Colônia Maciel)
13h – Recital de Alunos – Bibliotheca Pública Pelotense
19h – Música de Câmara – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Núcleo do Festival: Canto | Gala Lírico – Theatro Guarany

27/01 (Quarta-feira)
11h – Festival na Comunidade – Classe de Saxofones – Hospital Santa Casa de Misericórdia
13h – Recital de Alunos – Bibliotheca Pública Pelotense
17h30 – Grupo de Metais do Festival – Café Aquário
19h – Música de Câmara | Recital Professores – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Núcleos do Festival: Percussão e Metais – Theatro Guarany

28/01 (Quinta-feira)
12h – Festival na Comunidade – Quinteto Porto Alegre – Calçadão
13h – Recital de Alunos – Bibliotheca Pública Pelotense
19h – Música de Câmara – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Banda Sinfônica Acadêmica | Regente Marcelo Jardim | Solista Andrej Zust – Theatro Guarany

29/01 (Sexta-feira)
13h – Recital de Alunos – Bibliotheca Pública Pelotense
19h – Música de Câmara – Bibliotheca Pública Pelotense
20h30 – Concerto de Encerramento do Festival | Orquestra Acadêmica do Festival – Regente Evandro Matté | Solistas Martin Kuuskmann e Eiko Senda – Mercado Público

SINOPSES DAS ATRAÇÕES:

Orquestra da Ulbra
Criada em 1996, pelo maestro Tiago Flores, é considerada, pela crítica especializada, uma das melhores orquestras de câmara do Brasil. No repertório, obras de música erudita para instrumentos de cordas, abrangendo o período barroco até o contemporâneo. Outras vertentes importantes são a música latino-americana e a música brasileira, sendo motivo de frequente pesquisa e inclusão de novas obras.

A História do Soldado | Stravinsky
O espetáculo terá como convidados, o artista Hique Gomes e os músicos Diego Grendene, Eder Kinappe, Camilo da Rosa Simões, Tiago Linck, José Milton Vieira, Adolfo Almeida e Douglas Gutjahr. A obra é do compositor, pianista e maestro russo Igor Stravinsky, considerado por muitos, um dos compositores mais importantes e influentes do século XX. A História do Soldado é uma obra músico-teatral inspirada num conto popular russo, que faz parte da coleção de Afanassiev (escritor de contos populares russos).

Expresso 25 À La Carte
Sob comando do “chef” e maestro Pablo Trindade, o grupo Vocal Expresso 25 interpreta canções dos mais diversos cantores e compositores da MPB. O público está convidado a escolher e degustar o cardápio da noite, como num jantar, as músicas são oferecidas de acordo com as opções gastronômicas: entrada, prato principal, sobremesa, bebida e guarnições. Diferente pelo seu formato e unindo características tão específicas por conta das canções predominantemente brasileiras, com a referência de algumas obras latinas que embalam o público, o resultado é uma noite agradável e imperdível.

Orquestra Sinfônica de Carazinho | OSINCA
Fundada em 2006 pela Fundação Cultural de Carazinho – FUCCAR – com o apoio da Prefeitura Municipal de Carazinho e empresas parceiras, tem assumido hoje um importante papel na história da cultura do município e região. Tem como maestro titular e diretor artístico Fernando Turconi Cordella. Seus integrantes encantam as plateias, que prestigiam suas atividades. A orquestra apresentará As Quatro Estações de Vivaldi.

Ópera Rigolleto (Espetáculo de Rua/Circo)
Inspirada no clássico de Guiseppe Verdi, a diva Flamboia Bundalinda e seu condiscípulo Gambito Pernafina apresentam a bela e triste história do bobo da corte Ricoletto, misturando as catástrofes do clown às da tragédia descrita na Obra original L’Inopinée Cia. É formada por Roberta Casa Nova e Bertrand Landhaouser, que desenvolvem um humor próprio, oscilando entre a ridícula ingenuidade do clown e a sutileza corrosiva do bufão, com atenção ao trabalho corporal.

Banda Sinfônica Acadêmica
A Banda Sinfônica Acadêmica é estruturada com alunos bolsistas e faz a preparação do repertório durante o Festival. Contempla as famílias de madeiras, metais e percussão do Festival. O solista será o trompetista Heinz Schwebel, professor da Universidade Federal da Bahia. No programa obras de Hudson Nogueira, Alfred Reed e Satoshi Yugisawa.

Arte do Choro e Instrumental Brasileiro
A orquestra celebrará a Arte do Choro e Instrumental Brasileiro com os irmãos Dunia Elias, no piano; e Artur Elias Carneiro, na flauta; juntamente com Elias Barboza, João Vicente, Fábio Azevedo e Douglas Gutjahr. Neste programa, sob a regência e direção artística de Evandro Matté, músicas de Pixinguinha, Radamés Gnatalli, Marcelo Nadrus, Abel Ferreira além de composições de Dunia com arranjos de Artur Elias e Pedro Figueiredo.

Concerto Orquestra Acadêmica
A Orquestra Acadêmica é formada pelos alunos bolsistas do Festival. O concerto conta com a participação especial do regente Gudni Emilson, da Islândia; e da solista Wally Hasen (Flauta), da Alemanha. O programa contará com o Concerto para Flauta e Orquestra de Jacques Ibert e a Quinta Sinfonia de P. Tchaikovsky.

Núcleos do Festival: Cordas, Violões e Madeiras
O espetáculo apresenta a família das cordas (violino, violoncelo, viola, contrabaixo e violão) e a família das madeiras (flauta, oboé, clarinete e fagote). Coordenado pelos professores das respectivas famílias de instrumento, conta com a formação de grupos de Câmara e programa de diferentes períodos da história da música.

Núcleo do Festival: Canto | Gala Lírico
O concerto Gala Lírico é coordenado pelos professores de canto e apresenta os alunos do Festival acompanhados de piano. O programa conta com arias, duos e formações distintas do repertório operístico e de Câmara para o canto.

Núcleos do Festival: Percussão e Metais
O espetáculo apresenta a família dos metais (trompa, trompete, trombone e tuba) e a ampla família da percussão. Coordenado pelos professores das respectivas famílias de instrumento, conta com a formação de grupos de câmara e programa do barroco ao contemporâneo.

Banda Sinfônica Acadêmica
A Banda Sinfônica Acadêmica é estruturada com alunos bolsistas e faz a preparação do repertório durante o Festival. Contempla as famílias de madeiras, metais e percussão do Festival. O solista será o trompista Andrej Zust, trompista da Filarmônica de Berlin. No programa obras de Robert Sheldon, Stephen Melillo e Yusuke Fukuda.

Concerto de Encerramento do Festival

Orquestra Acadêmica do Festival
O concerto de encerramento conta com a participação da Orquestra Acadêmica do Festival, formada por alunos do Festival e com a participação dos solistas Martin Kuuskmann (Fagote) e Eiko Senda (Canto). O programa conta com obras de Ravel, Kõrvits, Mozart, entre outros.

Uma resposta para “Confirmada a programação do Festival Internacional Sesc de Música em Pelotas”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *