Mato Cerrado e Oficina Beatnik fazem noite Rock ‘n’ Roll em Pelotas

Em clima de uma quase despedida, duas das bandas que mais fizeram barulho no rock pelotense nos últimos anos se apresentam nesta sexta-feira (29).

O evento, que ocorre a partir das 19h no estúdio Bokada, contará ainda com um pocket show de um novo projeto musical que envolve integrantes de ambas bandas.

Mato Cerrado – Foto: Eduardo Machado

Formada em Pelotas em 2010, a Mato Cerrado se estabilizou como um trio, com Yuri Marimon (Guitarra e Voz), Wysrah Moraes (Baixo e Voz) e Felipe Nobre (Bateria). Com esta formação, o trio lançou um EP, um álbum e realizou uma série de shows por Pelotas e região. No começo do ano passado, Nobre mudou-se para fora do estado, impossibilitando sua permanência na banda. Para seu lugar, o baterista recrutado foi Stefano Rosa, também integrante do duo Célula Soul e outros projetos.

Oficina – Foto: Felipe Yurgel

Com uma história um pouco mais recente, mas não menos intensa, a Oficina Beatnik teve início das atividades em junho de 2017. Tudo começou após Eduardo Machado comparar uma bateria e começar a ensaiar com o guitarrista Yuri Barbosa e o já citado Wysrah Moraes no baixo e voz. Desde o início com a pretensão de circular por outras cidades, o trio já fez algumas turnês pelos estados vizinhos. Recentemente, eles lançaram uma série documental contando a rotina da estrada, bares e casas de shows por onde passaram na primeira tour. Dividida em capítulos, Indiadanapolis pode ser conferida no canal do YouTube da banda ou na fanpage.

As duas bandas, no entanto, devem dar uma pausa em suas atividades neste ano. Isso porque Wysrah Moraes, que faz parte de ambas, e Eduardo Machado, batera da Oficina, vão se mudar para São Paulo. A mudança tem a ver com as perspectivas de alçar novos vôos na carreira musical. Os dois já ensaiam juntos em um novo projeto, em formato de duo. A primeira apresentação em público será justamente nessa sexta, em um pocket show.

Sobre a mudança, Eduardo lamenta o fato de Pelotas não possuir mais espaços e oportunidades para quem faz música, mas ao mesmo tempo comemora a possibilidade de buscar novas experiências. “Estamos muito empolgados, muito afim de pegar a estrada de novo. Estamos numa pegada muito boa de ensaios e composições”.

Antes de partirem, a Oficina Beatnik ainda tem programado um show no Galpão, no dia 6 de abril. O trio também deve lançar algumas músicas novas já gravadas. O primeiro EP, autointitulado, foi lançado no meio do ano passado, e pode ser ouvido no soundcloud da banda.

Pelo lado da Mato Cerrado, Yuri fala em aproveitar o momento em que os três estão juntos. “Estamos planejando entrar em estúdio no fim de semana para gravar um EP, com três sons que ainda não foram gravados e estão pedindo passagem”, comenta.

Mato Cerrado + Oficina Beatnik – [Bokada sessions]
Quando? 29 de março de 2019, sexta-feira
Horário? 19h
Onde? Estúdio Bokada – Rua Alberto Pasqualini, 840
Ingresso? R$ 10,00 (no próprio evento)
Evento Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *