Pedro Borghetti lança seu primeiro disco no Castelo Simões Lopes em Pelotas

No dia 29 de junho, sábado, o cantor, compositor e multi-instrumentista Pedro Borghetti lança seu primeiro disco, intitulado Linhas de Tempo, às 19h, no projeto Música no Castelo, no Castelo Simões Lopes.

O álbum foi gravado em dois dias de imersão na Barra do Ribeiro, na fazenda de seu pai, Renato Borghetti, e tem produção de Guilherme Ceron (Estúdio Toca do Graxaim) e gravação, mixagem e masterização de Wagner Lagemann (Estúdio Pedra Redonda).

O trabalho propõe a união inédita dos músicos Neuro Júnior, no violão 7 cordas – também parceiro em duas composições do disco – e Lorenzo Flach, na guitarra e processamento de efeitos.

O disco tem 9 músicas e conta com as participações de Federico Wolf (Uruguai), Guilherme Ceron (Pelotas) e Paola Kirst (Rio Grande). Além das parcerias com Neuro Júnior, também estão no disco uma parceria com a uruguaia Macarena Trindade e outra com o músico Rafa Costa.

O cantor, compositor e multi-instrumentista recentemente lançou o clipe de “Valsa pra Purça”, dedicado à sua avó Maria Purcina Dornelles Pereira. A canção que faz parte do seu disco de estreia “Linhas de Tempo”, conta com a participação esplendorosa da cantora Paola Kirst.

Com desejo de mergulhar num processo íntimo de compreensão da passagem do tempo e todas as suas ramificações, Pedro convidou os músicos Lorenzo Flach e Neuro Júnior para auxiliá-lo no desenvolvimento da criação estética do álbum. A guitarra de Lorenzo e o violão 7 cordas do Neuro juntos propõem uma confluência de timbres que dialogam com o bombo leguero e as interpretações autobiográficas de Pedro.

Linhas de Tempo é uma obra íntima, sensível e etérea. O disco convida para uma valsa, relembra e evidencia as relações familiares, lembrando a perda da avó e a presença significativa do pai, enxuga as lágrimas e oferece um colo amigo à irmã. Também vibra as parcerias com os amigos, tão importantes para que o trabalho esteja vivo e, agora, definitivamente no mundo.

Pedro Borghetti explica: “Linhas de Tempo é um disco em que me cerquei de artistas, parceiros e gurus que me motivam e apoiam na caminhada da música autoral. Desde sempre essas pessoas me deram todo o suporte para conseguir concretizar o meu primeiro álbum. A base da nossa amizade é, além de muita admiração e de muita confiança, o que tornou todo o processo do trabalho leve, seja na escolha de repertório, assim como na estética que eu buscava”.

O show de lançamento do Linhas de Tempo em Pelotas contará com participações especiais de grande importância para a construção deste trabalho e da trajetória do artista: Guilherme ceron e Paola Kirst.

Pedro Borghetti lança seu primeiro disco no Castelo Simões Lopes
Quando? Sábado, 29 de junho de 2019
Horário? abertura dos portões: 17h
Horário do Show? 19h
Onde? Castelo Simões Lopes – Av. Brasil, 824 – Fragata, Pelotas – RS

Ingressos no local e antecipados:
Inteiro – R$30,00
Meia-entrada – R$15,00

Ponto de venda físico: Nina Garimpa -Rua Gonçalves Chaves, 322
Venda online: Sympla

Foto: Vinícius Angeli

Pedro Borghetti tem 23 anos, é natural de Porto Alegre e começou a se envolver com a arte desde cedo nos camarins dos pais, brincando com os figurinos, os cases e instrumentos. Inicialmente aderiu aos instrumentos de percussão, como bombo leguero, cajon e o sapateado. Com 8 anos de atuação no grupo de dança de sua mãe, Cadica Cia de Dança, participou de festivais internacionais de folclore em países como Chile, China, Portugal e Rússia. As experiências musicais vividas ao lado de seu pai também fomentaram na inquietação que resultou na produção de suas músicas.

O universo de Pedro sempre foi admirar e pesquisar os ritmos latino-americanos, experimentando-os no corpo, na voz e nos instrumentos com os quais mais se identifica: bombo leguero e violão. Suas composições também possuem forte influência da música flamenca e muita referência da música regional. Pedro sempre compôs, mas foi somente nos últimos três anos que passou a definir o repertório que viria a compor o seu primeiro disco.

Sobre Deco Rodrigues 6078 Artigos
Jornaleiro cultural, pretenso escritor, autor estreante com o romance Três contra Todos.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*