60 anos de Bossa Nova nos 40 anos do Cisne Branco em Porto Alegre

Neste sábado (24), o palco flutuante do Barco Cisne Branco promove um Happy Hour especial com o músico Pedrinho Figueiredo, comemorando os 60 anos da Bossa Nova dentro da programação dos 40 anos do Cisne Branco.

No repertório, clássicos da Bossa Nova com destaque para os inesquecíveis discos de Elisete Cardoso – Canção do Amor Demais – e Chega de Saudade, de João Gilberto, ao som de flauta, sax e piano, embalados pelo Pôr do Sol e as tranquilas águas do Guaíba.

Bossa Nova
O movimento da bossa nova teve início em 1958/1959 quando chegaram nas lojas de brasileiras o disco 78 rotações do cantor João Gilberto com as músicas Chega de Saudade (Tom Jobim e Vinicius de Moraes) e Bim Bom (do próprio cantor). Reconhecido como papa do estilo, João tinha acompanhado ao violão um pouco antes a cantora Elizeth Cardoso em duas faixas do também inaugural Canção do Amor Demais (LP exclusivamente dedicado às canções da iniciante dupla Tom & Vinicius).

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Pedrinho Figueiredo
Natural de Teresópolis/RJ e está radicado em Porto Alegre, o flautista, saxofonista, arranjador, compositor e produtor de 52 anos participou de mais de 400 gravações, em aproximadamente mil músicas. Faz arranjos para Orquestra de Câmara da Ulbra, Ospa, Banda Municipal de Porto Alegre e várias formações pelo Rio Grande do Sul e pelo Brasil. Como membro do grupo de Renato Borghetti, realizou cerca de 400 quatrocentos concertos na Europa e também assina também desenho de som, trilha sonora, mixagem e captação de áudio de vários filmes e documentários.

Cisne Branco
O Cisne Branco foi lançado às águas em 1978, em festiva solenidade inaugural chancelada pela cúpula administrativa do Estado e do Município. Inicialmente licenciado para 200 passageiros e 20 tripulantes teve como seu primeiro local de saída a extinta Doca Turística no bairro Navegantes em Porto Alegre e ali operou até o ano de 1988. Após esta data o barco passou por diversas etapas de reformas, modernização, segurança e funcionalidade. Atualmente o Cisne Branco vem se consolidando como único palco flutuante da cidade e como um verdadeiro ícone do Turismo Náutico e Espaço Cultural Flutuante. Em função de sua reforma com materiais mais modernos e leves teve sua capacidade de passageiros aumentada para 300 passageiros e 20 tripulantes.

Happy Hour – 60 anos de Bossa Nova nos 40 anos do Cisne Branco
Quando? 24 de fevereiro – Sábado
Embarque: Cais do Porto de Porto Alegre – Armazém B3
Fone (51) 3224-5222 ou (51) 997125672
Horários: 18h às 20h (com navegação das 18h30 às 20h)
Ingressos já disponíveis no local – R$ 40,00

Fonte: Amorim Comunicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *