A SbørniaKøntrAtracka no Theatro Guarany em Pelotas

0
585

Mantenedores

Hique Gomez retoma personagem Kraunus, de “Tangos & Tragédias” em espetáculo com Simone Rasslan.

Durante 30 anos o espetáculo Tangos e Tragédias, criado por Hique Gomez e Nico Nicolaiewsky, circulou pelos palcos do Brasil e alguns festivais internacionais. Pelotas sempre recebeu a dupla com casa lotada fazendo jus a homenagem do Camarim 1, do Theatro Guarany.

Dia 29 de setembro, o Theatro Guarany recebe Hique Gomez na nova fase da Saga Sborniana, “A SbørniaKøntrAtracka”, onde volta a interpretar a personagem Kraunus Sang, ao lado da atriz e pianista Simone Rasslan, no último espetáculo em solo brasileiro antes da tour por Portugal.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Simone Rasslan é pianista de formação e se escolou na performance de comédia quando fez parte do espetáculo Rádio Esmeralda, dirigido por Hique Gomez, que ficou em cartaz por nove anos com sua parceira Adriana Marques que também nos deixou em 2008. Simone lançou seu trabalho Xaxados e Perdidos e ganhou 4 Prêmios Açorianos, e rendeu elogios dos mais importantes artistas brasileiros, como Egberto Gismonti.
Na Sbørnia Simone Rasslan encarna NABIHA, pianista famosa formada pela Libertók Musik Universitik da Sbørnia.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Para quem não é familiarizado com o imaginário sborniano, os personagens Kraunus Sang & Maestro Pletskaya são dois artistas que fugiram da Sbørnia, país mundialmente famoso por ser uma ilha flutuante e por abrigar a Grande Lixeira Cultural – Recykla Gran Rechebuchin. Até que Pletskaya simplesmente resolveu voltar para sua querida pátria natal, a Sbørnia ( Ocasião da passagem de Nico Nicolaiewsky ).

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Em “A Sbørnia KøntraAtracka ”, Kraunus inicia uma nova etapa da Saga Sbørniana, Hique Gomez aprofunda arecuperando alguns hits de Tangos e Tragédias como Aquarela da Sbornia e Ana Cristina. Também no roteiro novas canções no estilo de humor e crítica, características da sua pátria, a Sbørnia. A interatividade com o publico continua sendo um dos pontos altos do espetáculo.

“A Sbørnia KøntraAtracka ”, estreou desde junho de 2016. Já lotaram 14 sessões no Theatro São Pedro. Todas as temporadas tem sido de muito sucesso de público e crítica, além de ter sido muito bem recebido pelo publico de São Paulo, no Auditório Ibirapuera, em Florianópolis e Curitiba.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

O espetáculo conta com projeções, dentre elas, trechos do longa metragem de animação “Até que a Sbørnia nos Separe” de Otto Guerra, mostrando mais dos costumes e tradições da Sbørnia, como o Machado Boll, esporte popular da ilha. O filme de 2014 ganhou prêmios de Melhor filme pelo júri popular no 42º Festival de Cinema de Gramado, na 27ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo e percorreu o mundo selecionado para os melhores festivais de animação do planeta.

Novas canções, a interação com a platéia e o final apoteótico levando o publico para fora do teatro mostra uma nova/velha perspectiva do projeto dos Sbørnianos.

A SbørniaKøntrAtracka em Pelotas
Onde? Theatro Guarany
Quando? 29 de setembro (sexta-feira) às 21h
Classificação indicativa: livre
Duração: 90 minutos (aproximadamente)

Ingressos:
Platéia Baixa – R$120,00 Meia R$ 60,00 (Idosos e estudantes com identificação) R$ 100,00 (ingresso solidário: 1kg de alimento não perecível)
Platéia Central – R$ 100,00 Meia R$ 50,00 R$ 90,00 (ingresso solidário)
Platéia Alta – R$ 80,00 Meia R$ 40,00 R$ 70,00 (ingresso Solidário)
Camarotes 1ª ordem – R$ 60,00 Meia R$ 30,00
Camarotes 2ª ordem – R$ 50,00 Meia 25,00
No dia – bilheteria do Theatro à partir das 09h
Vendas antecipadas – Quebra Mar – Calçadão – XV de Novembro, 569 e no site www.minhaentrada.com.br

Hique Gomez: Violino, banjo, percussão e voz
Simone Rasslan: voz, acordeom, escaleta e teclados
Heloiza Averbuck: Iluminação
Rique Barbo: Projeção
Edu Coelho: Som
Marco Fronckowiak: Cenografia
Direção Geral: Hique Gomez

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA