Atores gaúchos têm possibilidade de contracenar com o Teatro da Vertigem (SP)

0
225

Mantenedores

O grupo vem ao RS para apresentações de “O Filho”, no 13º Festival Palco Giratório Sesc/POA.

Um dos destaques do 13º Festival Palco Giratório Sesc/POA, que ocorrerá em maio, é a peça “O Filho”, do Teatro da Vertigem (SP). A companhia, nos seus 25 anos de estrada, ganhou notoriedade pela maneira como se apropria de espaços públicos – uma igreja, um presídio e até um rio já se tornaram palco para seus espetáculos. Em Porto Alegre, “O Filho” será encenado no Ginásio do Sesc Protásio Alves (Av. Protásio Alves, 6220), entre os dias 6 e 10 de maio. A companhia Teatro da Vertigem é patrocinada pela Petrobrás.

Foto: Ligia JardimAntes do Festival, de 1 a 5 de maio, atores gaúchos terão a possibilidade de participar de Laboratório Cênico com o Teatro da Vertigem, ministrado por Eliana Monteiro, no qual o grupo selecionará seis atores locais para compor o elenco de apoio em Porto Alegre. As inscrições para o Laboratório ocorrem entre os dias 16 e 26 de abril, pelo e-mail palcogiratoriosesc@sesc-rs.com.br. A organização ressalta que os participantes precisam ter disponibilidade no período de 1 a 4 de maio, das 14h às 18h, para o Laboratório em si, no Studio Stravaganza; e de 5 a 10 de maio, das 17h até o término do espetáculo, para as apresentações no Sesc Protásio Alves.

Sobre o espetáculo
Desde 2010, Kafka e seu universo despertaram o interesse de estudos do Teatro da Vertigem que iniciou com a montagem da obra “O Castelo”. Já em 2015, o olhar do grupo voltou-se novamente para o autor tcheco no espetáculo “O Filho”. Inspirado em “Carta ao Pai”, escrita por Franz Kafka (1883-1924) em 1919, endereçada a seu pai e nunca enviada. Um documento vivo da relação conflituosa entre os dois. Na encenação, o corrosivo acúmulo de raiva e frustração é expandido quando o filho também se torna pai. Mas o espetáculo extrapola a atmosfera opressiva do lar, atualizando as noções de vigilância e punição para além das paredes domésticas e investigando as estruturas essenciais do homem e sua busca desesperada de sentido.

A montagem, que tem classificação etária de 16 anos, tem direção de Eliana Monteiro, dramaturgia de Alexandre Dal Farra e no elenco Mawusi Tulani, Paula Klein e Sergio Pardal. Sobre o Festival Palco Giratório – Maio é o mês do Festival Palco Giratório Sesc/POA. E nesta 13ª edição, o evento contará com mais de 50 espetáculos de teatro, circo, dança, além de exposições de artes visuais, seminários, oficinas, bate-papos e demais ações formativas. O Festival ocorre entre os dias 4 e 26 de maio e a venda de ingressos inicia no dia 18 de abril.

Na próxima quarta-feira, 17 de abril, acontece o lançamento oficial do 13º Festival Palco Giratório Sesc/POA. Em coquetel direcionado a convidados, será apresentada a programação completa desta edição, às 19h30, no Teatro Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665 – 2º andar). A partir do dia 18/04, os ingressos já estarão à venda em todas as Unidades Sesc do Estado e também online em www.sesc-rs.com.br/palcogiratorio. Com o intuito de promover o acesso à Cultura, o evento oferece ingressos com valores a partir de R$ 10, além de atividades gratuitas. O Festival reúne atrações integrantes do Circuito Nacional Palco Giratório, grupos convidados e coletivos locais, assim como montagens em lançamento.

Fonte: Usina de Notícias

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA