BRAGUAY abre convocatória para residência artística na fronteira

O coletivo BRAGUAY, em parceria com a Muga Cultural, selecionará dois artistas visuais para uma residência na fronteira Santana do Livramento (RS) – Rivera (Uruguai).

Contemplado pelo Fac Artes Visuais da Sedactel RS, o projeto Residência: Braguay busca criar condições de pesquisa para artistas visuais nascidos no Rio Grande do Sul. O projeto tem com o objetivo a realização de residências artísticas, envolvendo artistas gaúchos – a serem selecionados mediante chamamento público de projetos de residência- e artistas fronteiriços, com o intuito de promover atividades com comunidade da fronteira Santana do Livramento e Rivera.

A chamada aberta da Residência BRAGUAY é voltada para artistas gaúchos residentes fora da fronteira Rivera-Livramento. Além de receber um aporte financeiro para custos de transporte, hospedagem e alimentação durante os 10 dias de residência, os dois artistas selecionados contarão com verba para expor resultados de sua pesquisa de residência na galeria do Braguay.

Serão aceitas apenas inscrições individuais, que devem ser feitas pelo site www.braguay.com. Duplas de artistas não serão avaliadas.

Os artistas inscritos devem estar disponíveis para realizar a residência na primeira quinzena de maio de 2018 e na primeira quinzena de junho de 2018, respectivamente.

Este projeto está sendo realizado com recursos do Fundo de Apoio à Cultura (Pró-cultura RS FAC), Lei nº 13.490/10

CRONOGRAMA
– Inscrições: até 7 de abril de 2018 pelo site www.braguay.com
– Taxa de inscrição: gratuita
– Contrapartidas: transporte, alimentação e hospedagem durante 10 dias em Santana do Livramento.
– Verba de R$ 1.000,00 para desenvolver exposição na mini galeria do Braguay.
Mais informações no site www.braguay.com.
Arte Residência Braguay

BRAGUAY
Um coletivo que busca promover, difundir e valorizar a diversidade do território de fronteira. Maria Luisa de Leonardis, Rosario Brochado, Elena Aguerre e Pori Ferrer são os artistas fundadores que, ao longo dos últimos dez anos, buscam contribuir para o desenvolvimento da diversidade cultural na fronteira, realizando pesquisas, oficinas, exposições, mostras e manifestações das mais diversas formas de arte.

O Braguay mostra a riqueza de um espaço de integração real, a fronteira Santana do Livramento (Brasil) e Rivera (Uruguay), onde o encontro de duas culturas fez surgir uma terceira, específica e diferente. O projeto pretende, também, conscientizar a população da faixa de fronteira sobre a riqueza desta convivência pacífica.

Fonte: Julia Assef

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *