Capital recebe a exposição “Pele: Envelope do Corpo” de Rosane Morais

Série “Memórias”, uma parceria do Sistema Fecomércio-RS/Sesc com a Galeria Chico Lisboa, estará aberta à visitação dia 9 de janeiro.

Exposção Pele Envelope do Corpo da artista Rosane de Morais
Exposição Pele Envelope do Corpo da artista Rosane de Morais

Rosane Morais traça uma relação entre elementos que já se tornaram inerentes à sua obra, evocando suas próprias memórias e aprofundando sua percepção de linha do tempo e da vida por meio de bastidores, os mesmos que já se encontravam presentes na sua infância, utilizados por sua mãe. Trabalhando imagens e lembranças, ela tenta materializar a correlação entre linhas, agulhas, caixinhas, tule, flores, marcas, sinais, cicatrizes e referências, demonstrando com sutileza sua íntima semelhança: transitoriedade, ciclos, mudanças e efemeridade.

As obras da artista Rosane de Morais poderão ser conferidas em Porto Alegre a partir de 9 de janeiro, com a exposição “Pele: Envelope do Corpo”, uma parceria do Sistema Fecomércio-RS/Sesc com a Galeria Chico Lisboa. A série “Memórias”, que compõe a mostra, poderá ser conferida no Café do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665), até 20 de fevereiro, de segunda a sexta, das 8h às 20h, e aos finais de semana, uma hora antes dos espetáculos. A entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas no telefone (51) 3284-2070, no site www.sesc-rs.com.br/centro e na página www.facebook.com/sescportoalegre.

Exposição “Pele: Envelope do Corpo” – Série Memórias
Artista Rosane Morais
Período: 9 de janeiro a 20 de fevereiro
Horários: segunda a sexta, das 8h às 20h, e aos finais de semana, uma hora antes dos espetáculos
Local: Café do Sesc Centro (Av. Alberto Bins, 665)
Entrada franca

Sobre o Arte Sesc
Cultura por toda parte – Criado pelo Sistema Fecomércio-RS em 2007, o programa reúne todas as atividades culturais desenvolvidas pelo Sesc no Rio Grande do Sul, entre teatro, música, artes plásticas, literatura e cinema. Além de promover uma intensa troca de experiências e ampliar o acesso à produção artística, o Arte Sesc busca ser reconhecido como promotor de ações culturais no Estado, sendo elas não só apresentações artísticas, mas também de caráter formativo e educacional, orientadas por três eixos: transversalidade, diversidade e acessibilidade.

Fonte: Pumaira Coronel – Usina de Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *