“Central” de Tatiana Sager com entrada franca no Cine UFPel

0
243

Mantenedores

Nesta sexta-feira (17), o Cine UFPel exibe em parceria exclusiva com a Mostra SESC de Cinema (Etapa Nacional) o documentário “Central”, longa-metragem dirigido pela gaúcha Tatiana Sager e baseado no livro “Falange Gaúcha” de Renato Dornelles.

Após a exibição do filme, haverá bate-papo com a advogada e doutoranda em Filosofia (UFPel) Alianna Cardoso, escritora do livro “Uma análise genealógica do Direito e da pena de prisão a partir da filosofia de Friedrich Nietzsche” (e-book). A sessão inicia às 19h.

O filme retrata um sistema prisional falido e beirando o caos, a partir da realidade do maior presídio do país, que sofre com uma superlotação crônica e cujo controle, a partir do portão das galerias, é exercido pelos próprios presos, na maioria dos casos, líderes de facções criminosas.

Dirigido por Tatiana Sager e codirigido por Renato Dornelles, o filme mergulha nas condições degradantes que levaram essa prisão a ser também considerada a pior do Brasil e definida como “A Masmorra do Século 21” pela CPI do Sistema Carcerário do Congresso Nacional.

Cenas impactantes mostram o interior das galerias, onde o poder é exercido pelos próprios presos, organizados em facções. Imagens inéditas denunciam o uso de drogas e a superlotação, um dos principais obstáculos à ressocialização.

Através de depoimentos de apenados, policiais militares e visitantes, além de análises de autoridades, são caracterizados o cotidiano e a dura realidade do presídio, que já foi alvo de denúncias à Organização dos Estados Americanos (OEA) por violação dos direitos humanos.

O documentário é um forte indicativo para entender a grave e cruel crise do sistema carcerário brasileiro e que tem levado a motins frequentes e, em especial, aos recentes massacres em pelo menos três casas prisionais das regiões Norte e Nordeste. Barril de pólvora que pode gerar novos e mais graves genocídios.

O filme será exibido nesta sexta-feira (17/11) em sessão única às 19h no Cine UFPel (Rua Lobo da Costa, 447, esquina com a Rua Álvaro Chaves). A sessão é gratuita e a classificação indicativa é de 14 anos.
23549936_1692766194126640_2248547292471030058_o

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA