Cinema: Quatro sessões gratuitas nestas semana em Pelotas

A sala de cinema digital da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) terá quatro apresentações com entrada franca durante esta semana, de terça a sexta-feira, as sessões começam às 19h. O Cine UFPel fica na rua Lobo da Costa, 447.

Veja mais detalhes sobre os filmes:

Terça, 24, 19h
ESTREIA
Curta: O quebra cabeça de Sara
Dir.:Allan Ribeiro
Longa: Ninguém está olhando
Dir.: Julia Solomonoff
(Argentina, Ficção, 2017, 1h40) – 14 anos
Sinopse: Nico, um ator de 30 anos, tomou uma decisão que pode mudar sua vida para sempre: após romper o relacionamento que tinha com seu produtor de maneira abrupta, decidiu abandonar sua carreira promissora na Argentina para começar do zero em Nova York. O problema é que, em meio aos problemas em sua nova realidade, um fantasma do passado insiste em reaparecer.

Quarta, 25, 19h
Sessão SESC
Longa: Casa Grande
Dir.: Felipe Barbosa
(Brasil, Ficção, 2014, 1h58) – 14 anos
Sinopse: Um retrato atual da mudança social brasileira a partir de uma família burguesa falida, onde o preconceito social prevalece.

Quinta, 26, 19h
Fashion Revolution Pelotas – 2ª edição
Sessão com Debate
Longa: River Blue
Dir.: David McIlvride e Roger Williams
(Canadá, Documentário, 2016, 1h35) – Livre
Sinopse: Uma viagem ao redor do mundo por via fluvial, o documentário mostra toda poluição dos rios causada pelo processo de tingimento de tecidos, lavanderias de jeans e curtumes de couros.

Sexta, 27, 19h
ESTREIA
Curta: Minha única terra é na lua
Dir.: Sérgio Silva
Longa: Muito Romântico
Dir.: Gustavo Jahn e Melissa Dullius
(Brasil, Ficção/Experimental, 2017, 1h12) – 16 anos
Sinopse: Melissa e Gustavo estão buscando uma nova vida em Berlim. Eles entram em um cargueiro, atravessam o Oceano Atlântico e encontram uma casa no novo país. O local se torna centro do universo dos dois e, enquanto o tempo passa, eles continuam fazendo filmes, amizades e músicas, até que ambos ficam perdidos no meio do caminho. Enquanto o mundo dos dois começam a desmoronar, um portal cósmico aparece na casa deles, conectando passado, presente e futuro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *