Eu, Tu e Ela – Série “You Me Her” retrata o poliamor na Netflix

0
12659

Mantenedores

Provavelmente não veremos You Me Her ganhando um Globo de Ouro, mas a série convence como entretenimento de qualidade assim como retratação de um relacionamento poliafetivo.

16864907_1302903859795031_8654338771728680720_nA primeira temporada de “Eu, tu e ela”, como é divulgada no Brasil, vem conquistado um numero considerável de fãs, mesmo sem o brilhante aparato publicitário comum nas séries queridinhas da Netflix, como Santa Clarita Diet, Narcos e House of Cards.

You Me Her se intitula como a primeira “comédia polirromântica” da televisão, bom, alguém deveria apresentar a eles a série brasileira Aline (2008) ou até mesmo a também brasileira Armação Ilimitada (1985).

Entretenimento
A série funciona muito bem, contando com uma excelente química entre os protagonistas, ótimos personagens coadjuvantes, e mesmo que alguns espectadores comparem a série como uma “comédia romântica de sessão da tarde”, You Me Her é recheada de diálogos precisos, preciosos e carregados de humor inteligente.

Relacionamento Poliafetivo
Os elementos estão ali, as curiosidades, os conflitos internos, os amigos para desabafar e que dão opiniões, até mesmo quando não foram solicitados. Estão presentes também os julgamentos e hipocrisias da sociedade.

O casal morno e em crise no inicio da série, Emma e Jack Trakarsky (Rachel Blanchard e Greg Poehler) ganham vida e recuperam o sexapil depois que começam a se relacionar com a nova amiga Izzy Silva (Priscilla Faia). Nem sempre juntos, os três vão aprendendo a lidar com os medos e incertezas que o futuro reserva.

A fan page oficial de You Me Her já conta com mais de 26.900 curtidas, no Brasil a fan page não oficial de Eu, tu e ela possui mais de 3.200 curtidores.

Os dez episódios da 1ª temporada de “Eu, tu e ela” estão no Netflix Brasil e a 2ª temporada da série já foi lançada nos Estados Unidos, com a promessa de estar disponível para os brasileiros ainda neste mês de março. O canal Audience da DirecTV (subsidiária da AT&T) já anunciou a encomenda da terceira temporada.

Referencias da matéria:

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Aline (2008)
Rodeada por seus amores, Otto (Bernardo Marinho) e Pedro (Pedro Neschling), Aline (Maria Flor) é quem comanda o seriado. A primeira temporada da série mostrou o cotidiano de Aline e dos dois namorados. Entre os assuntos abordados nos episódios estavam as crises femininas de Aline, a falta de dinheiro, a procura de emprego pelos rapazes e os relacionamentos dos três com os seus respectivos pais.

Foto Divulgação
Foto Divulgação

Armação Ilimitada (1985)
Armação Ilimitada foi um marco de criatividade e ousadia ao usar a linguagem acelerada dos videoclipes e múltiplas referências à cultura pop. Ainda no primeiro ano de exibição (1985), Armação Ilimitada ganhou o prêmio Ondas de melhor série para televisão, concedido pela Sociedade Espanhola de Rádio e Televisão, em Barcelona. O prêmio era considerado o “Oscar” europeu da televisão.

Leia também:
Armação Ilimita – Poliamor na TV aberta dos anos 80
Romance: livro sobre caso de Poliamor no brasil
Globo abre espaço para o Poliamor em Malhação 2016

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA