Fashion Revolution Week 2017 será realizado no Pelotas Parque Tecnológico

0
645

Mantenedores

Pelotas é considerada um dos pólos de moda da região Sul do Rio Grande do Sul, tendo o dever de questionar: Quem fez minhas roupas? A resposta ou ao menos a reflexão sobre o assunto é a proposta do Fashion Revolution Week 2017 que acontece nos dias 26, 27 e 29 de abril.

O movimento mundial Fashion Revolution, que iniciou em 2013, após o desabamento do edifício de confecções de moda Rana Plaza, em Bangladesh, que deixou 1.133 mortos e 2.500 feridos.

A ideia de aderir ao movimento e criar o evento em Pelotas surgiu dentro do Curso de Design de Moda do IF-Sul (campus CaVG), através das professoras Frantieska Schneid e Camila Oliveira, ganhando força com a parceria de Aline Ebert (Brechó Nina Garimpa).

10-motivos-para-ver-the-true-cost-EAB-capaSerão três dias de atividades em lugares diferentes da cidade. No dia 26, quarta, às 19h30, o Cine UFPel (R. Lôbo da Costa, 447) exibirá o documentário  “The True Cost“, que pensa as roupas que usamos e as pessoas que as fabricam.

Já na quinta, 27, um coquetel de lançamento (Lá Cósmica Vegan), do evento acontecerá no Brechó Nina Garimpa (Rua Gonçalves Chaves, 322), e inauguração de uma arara grátis fixa do espaço: “traga um desapego que você ama e leve outro”.

O evento principal será no sábado (29), das 14 às 20h, no Parque Tecnológico de Pelotas, trará diversidade de atrações para quem ama moda, mas também para quem busca usá-la de forma mais consciente. Uma exposição ocupará o saguão principal, com brechós selecionados e marcas autorais da cidade. Já numa ampla sala lateral, estará participando também a Feira do Rolo Pelotas, focada em desapegos pessoais.

Às 15h, está marcada a Oficina “DIY Chocker” com Mania de Usar, além do lançamento da exposição “A mulher do fim do mundo” – projeto Recicla Moda (IF-Sul + SANEP).

Às 16h, acontece a palestra “Slow Fashion – consumo consciente ou greenwashing?“, com Carolina Souza, doutoranda da Universidade de Lisboa.

A mesa redonda “Por uma moda mais sustentável” está marcada para às 17h, com participação de pessoas que fazem e refletem sobre moda sustentável na cidade de Pelotas, com a mediação da professora Ms. Frantieska Schneid (Design de Moda/IF-Sul).

Além das atividades descritas acima, o evento contará com espaço de divulgação dos cursos de Design de Moda (IF-Sul e UCPel), food trucks, customizações, espaço photo booth e para encerrar pocket show com Garcez + Zilla Sonoro.

fashionpelotasO evento já conta com centenas de confirmados e interessados pelo link https://www.facebook.com/events/1540888382591133 Todos estão convidados a apoiar o movimento nas redes sociais usando as hashtags #fashionrevolution #quemfezminhasroupas #fashionrevolutionpelotas

O evento (link) já conta com centenas de confirmados e interessados. Todos estão convidados a apoiar o movimento nas redes sociais usando as hashtags #fashionrevolution #quemfezminhasroupas #fashionrevolutionpelotas

Fashion Revolution Week 2017 – Pelotas
Programação:

Cine Sustentabilidade: Documentário “The true cost”
Quando? 26 de abril, quarta-feira
Horário? 19h30min
Onde? Cine UFPel (Rua: Lobo da Costa, 447)
Entrada Franca
Sinopse:
 Através do mundo da moda, o documentário pensa sobre as roupas que usamos e as pessoas que as fabricam. Em meio a realidade industrial, o preço das roupas estão diminuindo há décadas, enquanto que os custos ambientais e humanos só aumentam. Qual o impacto dessa indústria da moda? Quem realmente para o preço pelas nossas roupas?
Fashion Revolution Week – Pelotas
Quando? 29 de abril, sábado
15h Oficina “DIY Chocker”
15h Lançamento da Exposição “A mulher do fim do mundo”
16h Palestra “Slow Fashion” com Carol Souza
17h Mesa Redonda “Por uma moda mais sustentável”
18h Pocket Show com Garcez + Zilla Sonoro
Onde? Pelotas Parque Tecnológico (Av. Domingos de Almeida, 1785 – Areal)

Entrada Franca

Fashion Revolution Week 2017
Entre os dias 24 e 30 de abril de 2017 será celebrada a Fashion Revolution Week em mais de 90 países . No Brasil, teremos eventos em diversos estados e ações realizadas pelos estudantes de moda.

Fashion Revolution Day

Movimento criado por um conselho global de líderes da indústria da moda sustentável que se uniram depois do desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh no dia 24 de abril de 2013 que deixou 1.133 mortos e 2.500 feridos. A campanha surgiu com o objetivo de aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto em todas as fases do processo de produção e consumo, mostrando ao mundo que a mudança é possível através da celebração dos envolvidos na criação de um futuro mais sustentável e criar conexões exigindo transparência.

A moda é uma força a ser considerada. Ela inspira, provoca, conduz e cativa. O Fashion Revolution quer ajudar a tornar a moda uma força para o bem.“O Fashion Revolution Day promete ser uma das poucas campanhas verdadeiramente globais a surgir neste século”, diz Lola Young, criadora do Grupo Parlamentar de Todos os Partidos sobre Ética e Sustentabilidade na Moda no Reino Unido.

A co-fundadora do movimento, Orsola de Castro, completa: “Nós queremos que você pergunte: ‘Quem Fez Minhas Roupas?’. Essa ação irá incentivar as pessoas a imaginarem o “fio condutor” do vestuário, passando pelo costureiro até chegar no agricultor que cultivou o algodão que dá origem aos tecidos. Esperamos que o Fashion Revolution Day inicie um processo de descoberta, aumentando a conscientização sobre o fato de que a compra é apenas o último passo de uma longa jornada que envolve centenas de pessoas, realçando a força de trabalho invisível por trás das roupas que vestimos”.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA